Prefeito tem mandato cassado por crime político

Foto: Divulgação.

Acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de crime político/administrativo, o prefeito de Jaguarari, Everton Carvalho Rocha (PSDB), teve o mandato cassado em sessão realizada na Câmara de Vereadores da cidade do norte da Bahia. A cassação do gestor foi aprovada por 10 votos a favor e três contra, e a decisão não cabe recurso. Ele já havia sido cassado em uma sessão no mês de fevereiro, mas conseguiu permanecer no cargo por causa de uma liminar. Apesar da decisão da Câmara na quinta-feira, a assessoria de Everton Rocha informou que na segunda-feira (2) ele vai entrar com um pedido de anulação da cassação no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O cargo de prefeito foi assumido pelo vice de Everton, Fabrício Santana D’Agostinho (DEM).

Os comentários estão fechados.