Prefeita de cidade do México é assassinada horas depois de assumir o cargo

A prefeita de Temixco, município do estado de Morelo), Gilsela Mota, foi assassinada horas após assumir o cargo, informaram hoje (3) autoridades mexicanas. Gisele Mota, de 33 anos, foi morta a tiros por quatro homens que foram até a casa dela neste sábado (2) pela manhã. Os motivos para o crime ainda não estão claros. As autoridades do México acreditam que grupos criminosos ligados ao narcotráfico sejam os responsáveis. Eleita em uma chapa de centro-esquerda, Gisela Mota havia prometido “limpar” a cidade industrial dos problemas com organizações desse tipo. (Informações: Correio)

Os comentários estão fechados.