Polícia Rodoviária Federal prende detetive português em Ilhéus

Detetive foi preso por esquemas fraudulentos (Imagem: Reprodução)
Detetive foi preso por esquemas fraudulentos (Imagem: Reprodução)

Um detetive português foi preso em Ilhéus na tarde desta terça-feira (19) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Manuel Luiz Vieira Xugre, 52 anos, é suspeito de estar envolvido em um esquema fraudulento de receptação de dados pessoais sigilosos de cidadãos. O português teria acesso a números de RG, CPF e declaração de imposto de renda de forma ilegal e os venderia no mercado clandestino.

Segundo a PRF, Manuel é foragido da Justiça de Goiás. O esquema do qual ele é suspeito de participar foi denunciado por um programa televisivo em agosto deste ano. Na reportagem, ele aparece negociando dados sigilosos. Ele já havia sido preso uma vez pela Polícia Federal.

A investigação iniciada pelo Ministério Público identificou a quadrilha apontada como responsável por quebrar sigilo das informações pessoais de um juiz que fiscalizava os principais presídios do Rio Grande do Sul. O suspeitos acessaram as informações de acesso exclusivo da polícia e da Justiça.

A Polícia Federal expediu mandado de prisão contra Xufre por receptação há cerca de 13 dias. Ele foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal em Ilhéus e já havia sido preso uma vez.

Os comentários estão fechados.