Para ACM Neto, críticas por desistência chegaram ao “limite do tolerável”

Passadas quase três semanas do anúncio de que não vai disputar o governo do Estado, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), já deixou claro ao seu grupo político que é hora de “virar a página” e que não vai mais aceitar calado críticas vindas de aliados. Nos primeiros dias após informar sua decisão, o prefeito evitou entrar em atrito com integrantes da base e não reagiu a declarações públicas de aliados que se disseram “decepcionados” com ele, como os deputados federais Elmar Nascimento (DEM) e Jutahy Jr (PSDB). Agora, no entanto, o democrata considera que o momento das lamentações já passou. E embora não tenha direcionado o recado a ninguém, Neto já fez chegar aos ouvidos dos críticos que as queixas chegaram ao limite do “tolerável”. Informações do Bahia.ba.

Os comentários estão fechados.