Maternidade da Mãe Pobre vai entrar em greve

De acordo com o diretor José Leopoldo, a maternidade Ester Gomes deve entrar em greve a partir da próxima quinta-feita (20). Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi), João Evangelista, os funcionários da maternidade ainda não receberam maio, o que motivou a paralisação.

Também por atraso de salários, os 100 funcionários da Fundação Hospitalar de Camacan, no sul da Bahia, cruzaram os braços. A direção do hospital alega que está sem receber há dois meses da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).

Desde a última sexta (14), os funcionários do Hospital Psiquiátrico São Judas encontram-se em greve. Alegam atraso de salário de maio. Quanto ao São Judas, a Sesab já informou que os pagamentos estão ocorrendo dentro do período definido em contrato. (com informações do Pimenta)

Continua aberto buraco feito pela Emasa no Zizo

Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Há mais de 15 dias a Emasa abriu um buraco no bairro do Zizo para fazer alguns reparos, mas até agora o buraco não foi fechado e ameaça ceder o asfalto. Ônibus e caminhões não podem subir a rua pelo risco apresentado. Os moradores do bairro reclamam pela falta de assistência e responsabilidade da empresa que abriu a cratera para realizar serviços e deixou do mesmo jeito. Com as chuvas o buraco pode se alargar, deixando a rua em risco.

Reforma da cobertura da Feira do São Caetano termina esta semana

A última etapa da reforma da cobertura da Feira do São Caetano será concluída até o fim desta semana. A obra, que foi dividida em quatro etapas para que não houvesse prejuízos aos comerciantes, foi concluída em tempo recorde, superando as expectativas da prefeitura e recebeu elogios de feirantes, já que o prazo de conclusão inicialmente previsto era de 60 dias.

Os operários encarregados dos serviços de recuperação da estrutura estão finalizando a retirada das chapas e do material usado para substituição das terças metálicas, parte dos beirais e das tesouras metálicas da última parte da cobertura. Logo após será feita a pintura de toda a estrutura metálica completando tudo.

O encarregado Sandro Vieira disse que transcorreu dentro da normalidade do início ao fim. “Graças a Deus não tivemos nenhum acidente”, comemorou. Sandro garantiu que o uso de equipamentos de proteção individual e de segurança obrigatórios como capacete, cinto de segurança e luvas por todos os envolvidos no serviço garantiram o êxito.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, engenheiro Marcos Monteiro, agradeceu o apoio e a compreensão dos comerciantes, pois sem isso haveria demora na recuperação da estrutura de cobertura da Feira. “São trabalhadores honestos merecem o respeito à atenção do Município”, explicou. O secretário reiterou a preocupação do prefeito Claudevane Leite com a segurança dos operários, comerciantes e usuários durante a realização dos serviços.

Dona Judite Sales, comerciante há mais de oito anos na Feira do São Caetano, se disse satisfeita com o fim dos serviços de reforma da estrutura metálica. Para ela, havia riscos de desabamentos que preocupavam não só os comerciantes, mas também os freqüentadores. Já Ronaldo Bispo que atua a 20 anos comercializando seus produtos no local confirmou que a situação era crítica, principalmente pelo estado de abandono em que a Feira se encontrava.

Hospital de Base recadastra funcionários

Entre os dias 10 e 20 de julho, a Fundação de Assistência à Saúde de Itabuna (Fasi) realizará o recadastramento de todos os funcionários concursados ou contratados da instituição. A diretoria convoca, além dos servidores em exercício, aqueles profissionais que estão afastados por licença médica, licença sem vencimentos ou trabalhando em outras Secretarias. O recadastramento obrigatório será realizado em horário comercial no Hospital de Base.

A diretoria Administrativa e Financeira informa que será necessário apresentar cópia da carteira de identidade (RG), CPF, comprovante de residência, certidão de nascimento dos filhos menores de 18 anos, certidão de casamento, ultimo contracheque e sendo concursado, o decreto de nomeação e termo de posse. Afora isso, será necessário identificar o órgão no qual trabalha, informando unidade e local, tipo de vínculo, data de admissão, jornada de trabalho e atividades desenvolvidas.

Segundo o presidente da Fasi, Paulo Bicalho, o recadastramento é um procedimento comum que já aconteceu em outros setores da administração municipal. “É importante, pois com a informatização termos um alinhamento desses dados para possíveis avaliações e localização dos servidores, visto que houve realocação de alguns para outros setores” explicou.

O dirigente destaca que o procedimento é importante não só para a instituição, mas para os próprios funcionários também, visto que as informações servirão de instrumento para a gestão dos recursos humanos. O presidente da Fasi assegurou que para evitar filas, os servidores podem pegar o formulário no Setor Pessoal no prazo estipulado, para responder e apresentar posteriormente com fotocópia de toda a documentação.

Forró integra turma da melhor idade aos festejos juninos

A turma da terceira idade assistida pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras – I) da Secretaria da Assistência Social de Itabuna participou de um arrasta-pé promovido nesta terça-feira (18) pela coordenação da unidade no Jardim Grapiúna. No “Arraiá do Cras” não faltaram comidas típicas como bolo, canjica, milho e amendoim cozido, sucos de frutas e o tradicional forró pé-de-serra.

A animação musical foi comanda pelo DJ Naldinho que também puxou a quadrilha junina com mais de 100 participantes caracterizados de caipira. “Essa festa está melhor do que eu esperava. Eu adoro o São João”, disse a bem animada Maria Luiza Batista, 79 anos, residente no bairro Pedro Jerônimo. A sua parceira de na dança Valdice Celestino Batista, 66 anos, também era só animação. “Eu não perderia por nada”, brincou.

O DJ Naldinho, voluntário do Cras, ressaltou a importância do evento principalmente para os idosos e parabenizou a iniciativa da prefeitura em proporcionar alegria e diversão para a turma da terceira idade. “É fundamental que os idosos convivam no meio social, sejam incluidos, participem de uma festa tão animada como o São João, sintam-se integrados e reconhecidos como cidadãos”, disse.

Convidado para o forró do idoso, o coordenador da Unidade de Psiquiatria do Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, Edvaldo Santos, também destacou a importância dessa integração, já que esse tipo de atividade lúdica, além de prazerosa, funciona como uma terapia. “Eventos dessa natureza estimulam o convivo em grupo, diverte, motiva e ajuda o ego destas pessoas que na maioria das vezes vivem sozinhas”, assinalou.

A diretora do Departamento de Proteção Social Básica, Luciana Seara, reforça a opinião de Edvaldo Santos e afirma que um momento festivo e alegre como o proporcionado pelo forró ajuda a devolver a dignidade de pessoas muitas vezes maltratadas pela vida ou pela própria família. “Não é o fato de estarem na terceira idade que deixaram de fazer parte do contexto social”, enfatiza.

Segundo a coordenadora do Cras – I, Cíntia Sisnane Célia Souza, a unidade atende adolescentes, gestantes, crianças e idosos que participam dos diversos programas nas áreas sociais, da saúde e da educação mantidos pela Prefeitura. O grupo também participa de atividades físicas, oficinas pedagógicas e de palestras ministradas por profissionais de diversas áreas.

Esgoto estourado prejudica moradores do Monte Cristo

Um residente da rua E, no bairro Monte Cristo, fez uma denúncia ao Blog do Tom. Segundo o morador, a rede de esgoto que passa nesta rua está estourada na porta de sua casa desde dezembro do ano passado, precisando construir uma passarela por cima do esgoto para poder entrar na residência. Indignado, o senhor chegou a abrir oito chamados na Emasa, chegando a ir ao escritório central. A empresa já enviou equipes ao local por diversas vezes, mas até o momento nada foi resolvido. No último dia 3 de junho, este morador entrou com uma queixa no ministério público, mas ainda não foi atendido. O mal cheiro no local é insuportável e o esgoto atrai insetos e roedores, prejudicando a saúde de moradores. Fica aqui um apelo para que a Emasa e autoridades possam dar um jeito nessa situação. As fotos foram enviadas pelo morador.

Moradora de rua é espancada após possível tentativa de estupro

Rosivaldo e Edna Pereira- Moradores de rua em Itabuna.
Rosivaldo e Edna Pereira- Moradores de rua em Itabuna.

A moradora de rua, Edna Pereira Alves, 46 anos, foi encontrada completamente nua, pela auxiliar de enfermagem, Vera Lúcia Pinheiro, nas proximidades da Ponte Velha, ao lado do prédio da Receita Federal. Segundo relatos da auxiliar, a mulher foi jogada como se fosse um “cachorro” na calçada, aparentava ter sido estuprada e espancada, com sangramentos no ouvido, boca e órgãos genitais. Disse ainda, que acionou uma viatura da polícia e os serviços do SAMU.

Edna relata que sofreu uma tentativa de estupro, mas, que após uma pedrada, caiu desacordada e não tem lembrança do que possa ter acontecido. Uma moradora comprou o medicamento para que a mesma possa usar, na tentativa de melhorar as fortes dores que ainda sente na boca.

A moradora de rua vive com seu companheiro, Rosivaldo de 43 anos, tem profissão de tratorista, mas, encontra-se desempregado e entregue a bebida. O morador que já teve passagem pelo Centro de Recuperação Renascer, do atual Prefeito, Claudevane Leite, conta sua história revoltado com as oportunidades que não existe em Itabuna.

É vergonhoso fazer parte de uma cidade onde não existem políticas públicas, onde as pessoas são submetidas a miséria, descaso público e malditas promessas que jamais serão cumpridas.

Texto: Branca Magalhães

 

Sigla da Ufesba será definida por enquete

A sigla oficial da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba) ainda não foi definida. Mesmo com a aprovação da criação da universidade, ainda há divergências na identificação da sigla.

A comissão de implantação da universidade sul-baiana, que desde o início defende o uso da sigla Ufsba (sem a letra E), decidiu promover uma enquete na página oficial da instituição. Por lá, a sigla Ufesba, como foi aprovada no Congresso Nacional e sancionada pela presidente Dilma Rousseff não é opção. Figuram apenas Ufsba e UFSB. A argumentação é de que a definição Ufesba assemelha-se à de um projeto de criação da Universidade Federal do Extremo-Sul da Bahia.

Para participar da enquete, basta acessar esse link: http://www.ufsba.ufba.br/content/sigla-para-universidade-federal-sul-da-bahia

Secretarias de Saúde discutirão transição para comando único

O Conselho Estadual dos Secretários Municipais da Saúde da Bahia e a Secretaria Municipal da Saúde promovem uma reunião com as secretarias da Saúde da microrregião de Itabuna nesta quarta-feira (19), para tratar da transição da microrregião para a implantação do comando único da Saúde na cidade.

Itabuna perdeu o comando único da Saúde, ou Gestão Plena como também é chamado, há cinco anos, quando o Conselho Municipal da Saúde apontou má gestão financeira dos recursos e pediu transferência da gestão para o Estado.

Desde o início da atual administração a rede municipal de saúde vem sendo preparada para receber de volta o comando único, já tendo  recebido parecer favorável do Ministério da Saúde e da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Na avaliação desses órgãos, o Município de Itabuna apresenta todos os requisitos para gerir a Saúde novamente. A administração aguarda agora a reestruturação do Conselho Municipal de Saúde para que este analise e decida sobre a volta da Gestão Plena.

Problema com rua do Sarinha será resolvido

Transitar pela rua Bom Jesus da Lapa em direção ao Colégio CAIC era um tormento para os moradores do bairro Sarinha Alcântara. Após reclamações, a Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) iniciou nesta segunda-feira (17) a construção de uma passarela que interligará os dois lados da rua.

O diretor de Obras da Sedur, Fernando Sales, disse que a passarela terá uma estrutura metálica com laje de cimento armado, com oito metros de comprimento e 1,60 metros de largura, com corrimão para dar mais segurança aos transeuntes. O diretor garantiu que em até 30 dias a passarela já estará à disposição dos moradores.

Morador do bairro há mais de 20 anos Wilde Sena informou que no local os seus vizinhos fizeram uma ponte de tábua, que se deteriorou com as chuvas. Também colocaram dois postes para a travessia que agora serão substituídos pela passarela que começa a ser construída pela Prefeitura.

Os estudantes do colégio CAIC residentes no Sarinha Alcântara, que sentiam enorme dificuldade em transitar, agora tem motivos para comemorar. Segundo a estudante Andréia Moraes vários colegas dela até já caíram dentro do canal principalmente à noite. “Agora, mesmo a noite, poderemos passar sem medo de cair no canal”, observou.

Dados revelam números de homicídios em Ilhéus e Itabuna no ano passado

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública da Bahia (SSP/BA), confirmam o que os moradores perceberam nos bairros periféricos de Itabuna e Ilhéus durante o ano passado: a guerra entre traficantes causou a média de um assassinato a cada 48 horas. Os números da SSP/BA, aos quais o jornal A Região teve acesso na última quinta-feira (13) revelam que 2012 foi o ano mais violento da história. Em Itabuna foram 172 homicídios (doloso) e 179 tentativas na guerra sangrenta entre os criminosos dos raios A e B do Conjunto Penal.
Estão incluídos ainda os casos de roubo seguido de morte. No ano passado, houve aumento de 20 assassinatos em relação a 2011, quando ocorreram 154 mortes provocadas por armas de fogo ou branca. Foram 144 homicídios (doloso) e 10 roubos seguidos de mortes (latrocínio). Em Ilhéus, não houve guerra declarada entre os criminosos, mas a realidade não foi deferente de Itabuna. No município aconteceram 148 assassinatos, contra 106 do ano anterior. No ano passado 14 vítimas de roubo foram executadas depois pelos bandidos. A polícia ilheense contabilizou ainda 90 tentativas de morte. De acordo com a SSP, cerca de 90% das mortes em Itabuna e Ilhéus estão relacionadas com a guerra entre traficantes.

 

Reforma na emergência do HBLEM entra em fase final

Fotos: Gabriel de Oliveira

O “faxinaço” que começou a ser realizado em março no Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães entrou em sua fase final. As mudanças na estrutura física no Hospital de Base já são visíveis, especialmente na Emergência, resultado das reformas que vêm sendo feitas pela direção da Fundação de Assistência à Saúde de Itabuna – FASI. O presidente da Fasi, Paulo Bicalho, destaca que devido à quantidade de reparos a Emergência, na prática, passou por uma mini-reforma, que utilizou os mesmos recursos financeiros recebidos em anos anteriores. “Isso só foi possível com muito trabalho e, o melhor, mantendo a folha de pagamento em dia. Os outros setores do hospital devem seguir a mesma linha”, esclareceu.

Segundo Bicalho, o faxinaço, como passou a ser chamado o trabalho de requalificação física do HBLEM, é parte da readequação da unidade ao padrão de protocolo de emergências. Para tanto, serão realizadas ainda capacitações com a equipe administrativa, enfermeiros e médicos visando adequações funcionais à nova fase do pronto socorro e preparo para melhor receber a população.

As melhorias na Emergência do hospital constam de nivelamento de piso; reparos nas redes elétrica e hidráulica; colocação de azulejos nas paredes; teto de gesso; eliminação de infiltrações; substituição de caixões e portas; limpeza geral dos banheiros, sala de espera e recepção. Também foi feita a recuperação de parte dos equipamentos e mobiliário antigos, alguns serão reaproveitados e outros identificados como sucata.

Próximas etapas

A Prefeitura de Itabuna fez um investimento extra, nesta fase final do faxinaço, para garantir a compra de aparelhos de ar-condicionado, luminárias e computadores. Agora os servidores iniciam a pintura, aplicação das sinalizações interna e externa e a instalação de equipamentos de ar condicionado, ventilação e iluminação.

Na lateral da entrada da emergência será feita uma área para atendimento e gestão de leitos, objetivando atender à regulação já iniciada pela Secretaria de Saúde do Estado (SESAB). Os leitos disponíveis no Hospital de Base serão informados à Sesab, por sistema online, e as ocupações serão por prioridade.

“Já terminamos o trabalho nos setores ambulatorial e de Raio-X e tiramos o material que estava no depósito. Estamos animados e os funcionários motivados para continuar”, diz Paulo Bicalho. Durante o período de melhorias não houve interrupção dos serviços do hospital, a continuidade foi assegurada, mesmo com o faxinaço acontecendo em setores diversos.

Você viu? Cadelinha desaparece em Itabuna

Uma leitora deste singelo blog nos enviou um e mail informando o desaparecimento de uma cadela chamada Raquele. Moradora da rua Bom Jesus, bairro Sarinha Alcântara a dona deste belíssimo animal informou que não o ver desde às 10h da manhã do último sábado (15).

Por gentileza se alguém souber entre em contato com Andréa Viana (73) 3617-5164 / (73) 8801-0521.

Mulher dorme com corpo de marido, após mata-lo a facadas e decepar o pênis dele

Extra
Extra

Acusada confessou crime e disse ter sido motivada por uma crise de ciúmes.

Uma mulher matou o marido a facadas, decepou o pênis dele e dormiu ao lado corpo durante 19 dias em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro.

Luzinete Silva de Paula, de 50 anos foi presa nesta segunda-feira (17) pela 58ª Delegacia de Polícia.

Quando levada para a delegacia a acusada chorou e confessou o crime e disse estar arrependida. Alegou que teve uma crise de ciúmes e, por isso, assassinou Antônio Joaquim de Carvalho, de 78 anos, no dia 28 de maio.

Segundo informações do Portal Extra, os policiais chegaram até Luzinete depois de receberem uma denúncia de vizinhos. Eles sentiram um forte cheiro saindo da residência onde o casal morava. Na cama, eles encontraram o corpo de Antônio, em avançado estado de decomposição. Ao lado, um colchonete onde a acusada dormia.

Segundo policiais da 58ª DP, Luzinete passará por avaliação psicológica. Os agentes disseram ainda que ela já foi presa por roubo, furto e uso de drogas.

DeVarela.