ITABUNA: TCM MULTA CAPITÃO AZEVEDO POR CONVÊNIO COM CDL

Nesta semana o pleno do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), julgou a Prestação de Contas de Recursos Repassados pela Prefeitura ITABUNA à Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL, exercício de 2010.

O relator foi o Conselheiro Raimundo Moreira, e o pleno considerou irregular a prestação de contas, aplicando multa ao então prefeito Capitão Azevedo (PTB), no valor de R$3.000,00 (três mil reais). Já a CDL terá que fazer o ressarcimento aos cofres públicos municipais do montante de R$27.336,12 (vinte e sete mil, trezentos e trinta e seis reais, doze centavos).

Polícia Investiga Morte de Canadense em Ilheús

A polícia investiga a morte de uma mulher canadense em Ilhéus. O corpo da canadense Ramona Dawe foi encontrado com marca de asfixia na cabana da qual era dona, no São Miguel, zona norte do município, no final da tarde desta quinta-feira (11).

 

As circunstâncias da morte serão investigadas. Quando chegaram ao local, policiais militares encontraram o corpo jogado ao chão e com marcas de esganadura. O criminoso usou um pano para sufocar a vítima. O Samu 192 constatou a morte de Ramona.

MULHER É PRESA COM MAIS DE 8 QUILOS DE COCAÍNA E MACONHA EM COARACI

Uma mulher foi presa com mais de oito quilos de drogas, na noite desta quinta-feira (11), no bairro Joia do Almada, em Coaraci, no sul da Bahia. Lucicleia Sena dos Santos estava com 2 quilos e 245 gramas de cocaína e 6 quilos e 88 gramas de maconha, segundo a Polícia Militar.

Os policiais civis e militares também apreenderam com Lucicleia R$ 665,00 e duas balanças de precisão. Na operação da qual também participou a Cipe Cacaueira, companhia especializada da PM, ainda foi apreendido bloco com anotações da movimentação financeira do tráfico.

De acordo com a PM, a prisão de Lucicleia ocorreu após denúncia anônima de que “grande quantidade de droga” estaria chegando na cidade. Uma operação foi montada para a apreensão das drogas e a prisão ocorreu por volta das 21h desta quinta. A mulher foi autuada em flagrante na Delegacia de Polícia Civil em Coaraci.

Prefeitura de Itacaré realiza programa “Quinta sem Mosquito”

A Secretaria de Saúde de Itacaré já está realizando mais uma etapa do Programa “Quinta Sem Mosquito” nos mais diversos bairros de Itacaré, com o objetivo de combater os focos do mosquito da dengue e conscientizar as comunidades sobre a importância de ajudar para evitar a doença. As ações de combate à dengue serão realizadas semanalmente nos bairros e em diversas comunidades, todas as quintas-feiras. A proposta desse trabalho é orientar os moradores sobre os sintomas da dengue e as ações que devem ser adotadas pela própria comunidade para eliminar os potenciais criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

E nesta quinta-feira foi realizado o trabalho no bairro Santo Antônio (Bairro Novo). Além dos agentes atuando na área, distribuindo materiais informativos e recolhendo objetos focos da dengue, também foi feita uma palestra na unidade de saúde do Santo Antônio abordando o que é a dengue, sinais e sintomas e como prevenir, solicitando o apoio da população para que cada um faça sua parte.

Na próxima quinta-feira, dia 18, o trabalho de combate à dengue será realizado no bairro da Passagem e no dia 26 de abril será a vez do Centro. As ações de combate ao mosquito da dengue continuam no mês de maio, no dia 02, com o trabalho na Vila Marambaia. Já no dia 09 a equipe da Secretaria Municipal de Saúde vai estar no Alagado e no dia 16 no distrito de Taboquinhas. No dia 23 de maio será a vez das ações de prevenção no Pé da Pancada, Rua de Palha e em Água Fria e no dia 30 será desenvolvido o trabalho na comunidade da Ribeirinha.

O secretário municipal de Saúde, Ricardo Lins, explica que os mutirões são importantes não somente como forma de conscientização da comunidade, como também para atacar esses potenciais criadouros nesse período do ano com alta incidência de chuvas, onde historicamente há maior incidência de dengue. “Estamos intensificando os trabalhos e envolvendo a população para evitar a transmissão da doença”, afirmou.

E a comunidade pode ser um grande agente nesse combate à dengue. Para isso é preciso que não deixe água parada, destruindo os locais onde o mosquito nasce e se desenvolve, evita sua procriação, deixe sempre bem tampados e lave com bucha e sabão as paredes internas de caixas d’água, poços, cacimbas, tambores de água ou tonéis, cisternas, jarras e filtros, além de não deixar acumular água em pratos de vasos de plantas e xaxins, colocando areia fina até a borda do pratinho. As plantas que possam acumular água devem ser tratadas com água sanitária na proporção de uma colher de sopa para um litro de água, regando no mínimo, duas vezes por semana.

A comunidade também está sendo orientada para que não junte vasilhas e utensílios que possam acumular água (tampinha de garrafa, casca de ovo, latinha, saquinho plástico de cigarro, embalagem plástica e de vidro, copo descartável etc.) e guarde garrafas vazias de cabeça para baixo. Também é preciso que mantenha o quintal limpo, recolhendo o lixo e detritos em volta das casas, limpando os latões e mantendo as lixeiras tampadas. Não jogue lixo em terrenos baldios, construções e praças. Chame a limpeza urbana quando necessário. Retire sempre a água acumulada da bandeja externa da geladeira e lave com água e sabão. Lave e troque a água dos bebedouros de aves e animais no mínimo uma vez por semana, dentre várias outras ações, além de limpar frequentemente as calhas e a laje das casas, coloque areia nos cacos de vidro no muro que possam acumular água.

Prefeitura de Itabuna disponibiliza novo espaço para vendedoras de lanches do Hblem

O Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Jorge Vasconcelos, recebeu na manhã desta quarta-feira (10) o grupo de vendedoras que trabalham com barracas de lanches na entrada do Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães (Hblem), na tentativa de realocá-las para um local adequado onde elas possam comercializar seus produtos. O Secretário explica que a medida se justifica pelo fato de que a Prefeitura de Itabuna está trabalhando em todo município promovendo o reordenamento dos espaços públicos e como tal, também na área do entorno do Hblem.

De acordo com o Secretário, a necessidade de retirada das barracas e de um imóvel que está sendo construído de forma irregular, se dá por conta da ausência de propriedade do terreno (apresentação de escritura) e consequentemente do alvará de funcionamento dos pequenos comércios. “Existe o agravante de que todas as barracas foram construídas desrespeitando a legislação que determina uma distância de três metros da calçada”, completou. Preocupado com a situação das vendedoras, o Secretário informa que estão sendo disponibilizados seis boxes, com toda estrutura necessária no Shopping Popular – na avenida Inácio Tosta Filho, centro da cidade -, para que elas possam trabalhar já a partir de hoje (11).

Jornalista/Paulo Leonardo

 

Ex: Prefeito Vane diz que Shopping Popular é Seguro

Na manhã desta quinta-feira o ex-prefeito de Itabuna, Vane do Renascer (PRB), esteve na rádio Interativa, e foi entrevistado pelo radialista Oziel Aragão.
Na oportunidade, Vane falou que não será candidato a prefeito: “ não tenho pretensão de ser candidato a prefeito, inclusive estou entregando o comando do partido PRB”, declarou Vane.


Questionado sobre o Shopping Popular, que ele começou a construir em 2014, e em 2016 começou apresentar problemas, uma parte da laje caiu, foi interditado, e no final do seu mandato ele entregou a população. Porém, o atual prefeito Fernando Gomes, sem partido, acionou o MP e a obra foi interditada e poderá ser demolida:
“A obra do shopping popular é segura, ocorreu um erro em uma parede, mas a base é muito segura, pode colocar mais andares, temos laudos que provam isso”, declarou Vane.
Vale lembrar que um perito designado pela justiça apresentou um laudo pela demolição do imóvel.

Polícia Federal Investiga Esquema Criminoso em Tarifas de Pedágio nas Rodovias Federais

A Polícia Federal, com o apoio do Tribunal de Contas da União, deflagrou na manhã de hoje (11/04) a Operação INFINITA HIGHWAY, com o objetivo de desarticular um esquema criminoso voltado ao superfaturamento das tarifas de pedágio nas rodovias federais nos Estados de Goiás, Bahia e Espírito Santo.
As ações da PF, integradas e simultâneas em 3 estados e no Distrito Federal, envolvem cerca de 85 policiais federais e cumprem 16 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, empresas e residências dos investigados.


Conforme apurado durante as investigações, empresas concessionárias contratavam a emissão de laudos fraudulentos que atestavam a qualidade das rodovias, evitando assim a aplicação de multas e outras penalidades pela Agência Nacional de Transporte Terrestre – ANTT, responsável pela fiscalização da prestação do serviço.
Também se identificou que, com a anuência da ANTT, uma das concessionárias envolvidas aumentou indevidamente o valor cobrado a título de pedágio, sob a falsa alegação de elevação dos custos de manutenção de rodovias, baseando-se, para isso, em orçamentos fictícios, emitidos por empresas que não existiam.
Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal da Bahia, do Espírito Santo e de Goiás, e têm por objetivo localizar e apreender provas complementares dos crimes praticados.

Homem mata menina de 16 anos com mais de 20 facadas na Bahia após mãe da vítima negar relacionamento com ele

Uma adolescente de 16 anos foi morta dentro da casa onde morava, após ser esfaqueada mais de 20 vezes pelo ex-padastro de 56 anos, na zona rural de Campo Formoso, norte da Bahia, na segunda-feira (10). Conforme Edilzo Santana, delegado responsável pelo caso, após o crime, o homem cometeu suicídio.

 

Ainda segundo o delegado, Charles Gomes Maia estava separado da mãe da adolescente e tentou uma reconciliação. Durante uma conversa com a ex, em uma das ruas da povoado, os dois acabaram discutindo. Momentos depois, Charles foi até a casa da ex e matou Ana Julia Maia Correia.

Aluno do colégio Marista é suspenso após postar imagens de ataque em Columbine

Um estudante do colégio particular Marista no bairro de Patamares, em Salvador, foi suspenso da instituição depois de ter postado nas redes sociais, na segunda-feira (8), uma imagem do ataque de Columbine, que aconteceu em uma escola nos EUA em 1999.

Segundo pais de alunos, o estudante de 15 anos comentou que estaria na hora de “repetir Susano”, e os colegas levaram a situação até a coordenação, que decidiu investigar o caso. Foram revistados itens e redes sociais do aluno, e encontrado, nas redes sociais, uma imagem do ataque de Columbine (1999).

De acordo com a nota oficial enviada ao Varela Notícias, o colégio acionou o Ministério Público, Conselho Tutelar e Delegacia do Adolescente. A Polícia Militar informou que o patrulhamento foi reforçado na região do colégio, como uma medida preventiva.

Chocolate Festival em Festival em São Paulo terá Expositores de 40 Marcas do Sul da Bahia

O chocolate de origem do Sul da Bahia, produzido com algumas das melhores amêndoas do mundo, chega a São Paulo com a realização do Chocolat Festival São Paulo, que acontece entre os dias 12 e 14 de abril, no pavilhão da Bienal do Ibirapuera. O evento, que tem o apoio do Governo do Estado, reunirá 72 expositores, entre eles 40 marcas do chocolate da Região Cacaueira, no Sul do Estado.

Entre as marcas, chocolates produzidos pela agricultura familiar, a exemplo do Bahia Cacau, que tem investimentos do Bahia Produtiva, programa que incentiva a qualificação, aumento da produtividade, capacitação de mão de obra e comercialização.
Além da exposição e venda de chocolates, o festival terá uma ampla programação com experiências sensoriais, uma série de atividades culturais, exposição A História do Chocolate, cursos e palestras como ChocoDay, Cozinha Show, Espaço Kids e Fórum do Cacau, com chocolatiers e palestrantes do Brasil e do Exterior.
De acordo com o coordenador do Chocolat Festival São Paulo, Marco Lessa, “o desafio é muito grande e nossa expectativa é de que o evento abra espaço para o chocolate de origem do Sul da Bahia no maior mercado consumidor do país”.
“O evento vai alinhar duas áreas importantes, a produção de cacau e chocolate e o turismo. A Bahia precisa acelerar o processo de expansão e consolidação do polo chocolateiro, com profissionalização do setor e um trabalho permanente de promoção no Brasil e no Exterior”, disse.

Donos de Barracas de Lanches Acusam Prefeitura de Itabuna de Persequição

Donos de barracas de lanches construídas numa área próxima ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, na Avenida Fernando Gomes, no bairro Nossa Senhora das Graças, acusam o prefeito de Itabuna de determinar a derrubada dos estabelecimentos por perseguição política. Na manhã desta terça-feira (9), fiscais da Vigilância Sanitária, agentes da Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio-Ambiente (Sema) e guardas civis municipais tentaram fazer a retirada dos comerciantes.

A Prefeitura de Itabuna também acionou a Polícia Militar para ajudar na retirada dos pequenos comerciantes, que fizeram uma barreira humana em frente às barracas e não deixaram que as máquinas fizessem a derrubada. Os donos das barracas de lanches alegam trabalhar há anos no local e que receberam a doação dos terrenos do proprietário. Eles apresentaram a escritura.

SINAPRO-Bahia Impugna Edital da Licitação de Publicidade da Prefeitura de Itabuna

O Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia) impugnou, nesta segunda-feira (8), o edital da licitação da Prefeitura de Itabuna para contratar agência de propaganda. A entidade apontou diversas ilegalidades no documento e deu prazo para que o município fizesse as correções no edital e informasse às agências que participam da licitação, o que não ocorreu, segundo o delegado regional do Sinapro-Bahia, Rui Carvalho.

A área jurídica da Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro) listou todos os pontos do edital que não estavam de acordo com a lei. A Prefeitura, após comunicado entregue pessoalmente, recebeu prazo de dez dias para que fizesse as correções necessárias, porém, afirma Rui, o edital não foi modificado. “A gente tentou, de todas as maneiras, o diálogo. Eles é que insistiram nisso [no erro]”, afirma Rui, observando que o Sinapro-Bahia foi acionado por agências que tiveram acesso ao edital.

UESC Promove Debates Constitucionais em Encontro Acadêmico

O evento “II Debates Constitucionais da UESC” trata-se de encontro acadêmico ABERTO AO PÚBLICO EM GERAL, sendo produto de extensão do Observatório Constitucional do Departamento de Ciências Jurídicas (DCJUR) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), presidido pelo Prof. Me. Pedro Germano dos Anjos, e objetivam conferir ao público-alvo abordagens diferenciadas dos fenômenos jurídicos vivenciados atualmente no País, para constituir reflexões acadêmicas mais engajadas, sem reverberar no entanto em aspectos puramente ideológicos ou políticos.

 

A segunda edição conta com apoio do DCJUR-UESC e da OAB-BA-Subseção Ilhéus, e refere-se às relações, atuais e passadas, entre Direitos Humanos e Constitucionalismo, refletindo-se sobre o decisionismo contemporâneo do STF.

Bandidos tentam arrombar agência bancária e policia impede ação

A Polícia Militar frustrou a ação criminosa de uma quadrilha que tentou explodir caixas eletrônicos na Agência do Bradesco localizada na Rua 19 de Novembro, no bairro Baianão, Porto Seguro. Os cinco criminosos, que estavam em um Fiat Toro branco, foram surpreendidos por uma guarnição da PM que fazia rondas na localidade, houve um intenso tiroteio.

No confronto os criminosos abandonaram os explosivos que já estavam instalados em 02 caixas eletrônicos da agência e fugiram no veiculo, logo em seguida entraram numa mata a pé. Durante a abordagem ao veículos os policiais constataram que o mesmo foi roubado no dia 01/04 no município de Eunápolis. A cor original vinho havia sido modificada. Ninguém ficou ferido.

O Comando do 8º BPM revelou que os criminosos residem na Cidade e que buscas estão acontecendo em todo o município com o objetivo de captura-los. Policiais Militares do esquadrão anti bomba da PM estão se deslocando para cidade com objetivo de desarmar os artefatos explosivos. A área permanece isolada.