Multas de trânsito poderão ser pagas com cartão de débito e crédito

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) autorizou os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) a aceitarem o pagamento de multas de trânsito por meio de cartões de débito à vista ou crédito parcelado. O objetivo da decisão é reduzir a inadimplência dos pagamentos das multas de trânsito e outros débitos relativos ao veículo junto aos órgãos de trânsito.

A resolução foi publicada no Diário Oficial da União, desta quarta-feira (18), mas a medida será implementada de acordo com o órgão de trânsito de cada estado.

Na Bahia, o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) já disponibilizava para os correntistas do Banco do Brasil, que opera os serviços bancários do Governo do Estado, o uso do cartão para o pagamento do licenciamento do veículo, incluindo multas do exercício, ou o parcelamento em até 10 mensalidades.

Com a publicação da nova resolução do Contran, o Detran-BA vai elaborar as normas complementares para credenciar as empresas que irão oferecer o serviço, com o objetivo de alcançar os correntistas de todos os bancos.

“Essa era uma bandeira da Bahia que acertadamente o Contran decidiu colocar em prática, adequando os Detrans aos métodos de pagamento mais usados pela sociedade. Vamos oferecer comodidade ao cidadão e reduzir a inadimplência”, afirmou o diretor-geral do Detran-BA, Lúcio Gomes.

Os comentários estão fechados.