Líder do PSDB quer levar mensagem natalina de Dilma à Justiça

Deputado Carlos Sampaio (PSDB) (Foto: Divulgação)
Deputado Carlos Sampaio (PSDB) (Foto: Divulgação)

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio (SP), anunciou que representará contra Dilma Rousseff na Justiça Eleitoral via Procuradoria-Geral da República. Ele a acusa de usar a máquina governamental com propósitos eleitorais ao enviar mensagem natalina aos servidores públicos federais.

De acordo com Sampaio a iniciativa de Dilma caracteriza “abuso de poder”. “Nenhum outro candidato teria acesso aos endereços de todos os funcionários públicos federais para poder enviar correspondências natalinas similares”, disse, em nota.  E acrescentou: “…a ação ilegal configurou, na realidade, promoção pessoal visando angariar votos para sua candidatura em 2014. E tudo isso foi feito, ao que tudo indica, com dinheiro público.”

Mensagens enviadas por Dilma pelo Twitter (Imagem: Reprodução)
Mensagens enviadas por Dilma pelo Twitter (Imagem: Reprodução)

A presidente escreveu no último dia 23 em seu twitter a seguinte mensagem:”É com carinho e reconhecimento que me dirijo aos servidores federais depois de um ano de trabalho árduo, e também de muitas conquistas. As vozes dos que foram às ruas querem melhores serviços públicos, mais médicos, mais educação, mais transporte de qualidade, mais segurança. Cabe a todos nós, servidores públicos, responder essas vozes”.

Os comentários estão fechados.