Garotas que ingeriram remédio controlado achando que era doce deixam Hospital

As três meninas com idades entre 6 e 7 anos que foram hospitalizadas após ingerirem comprimidos de remédio controlado achando que eram doces, na cidade de Eunapólis, receberam alta na quinta-feira (18), após três dias de internação.

Medicação foi encontrada pelas crianças na frente da casa do vizinho.

As meninas estavam no Hospital Regional de Eunápolis desde a segunda-feira (15), quando ocorreu a situação. Após deixarem o hospital, as crianças voltaram para casa com as mães. As informações foram divulgadas pelo Serviço Social da unidade de saúde, nesta sexta-feira (19).

Duas das meninas são irmãs. A mãe das duas, Itânia Pereira, informou à polícia que elas estavam brincando com a amiga, quando encontraram a cartela dos remédios na porta da casa de um vizinho. A substância da medicação é um ansiolítico sedativo de uso controlado. Após ingerirem o medicamento, as três garotas sentiram sono excessivo, além de terem desmaios e convulsões.

Na terça-feira (16), Itânia e a mãe da outra menina, identificada como Sara Pereira, foram intimadas para prestar depoimento na delegacia de Eunápolis. Depois de serem ouvidas, elas foram liberadas. A polícia investiga quem jogou o remédio na rua.

Os comentários estão fechados.