Funcionários do CICOM de Itabuna podem entrar em greve

CICOM de Itabuna
CICOM de Itabuna

Funcionários do Centro Integrado de Comunicação (CICOM) de Itabuna estão ameaçando entrar em greve pela falta de pagamento do 13º e pelo atraso nos salários. Segundo eles, o Grupo Fort, responsável pelo pagamento, não está cumprindo com sua obrigação.

O CICOM é um serviço terceirizado para a Polícia Militar onde há várias call center, ou centrais de chamadas, atendendo ligações do 190 (Polícia Militar), 193 (Corpo de Bombeiros) e 197 (Polícia Civil). A empresa é de Marina Bacela, responsável por liberar o pagamento para os funcionários.

Segundo denúncias, além de ter atrasado nos salários, há pessoas que não chegam a receber vale transporte. Além disso, a escala de trabalho seria totalmente errada e são ameaçados pela dona da empresa por conta das reivindicações. Fontes afirmam que há gente beneficiada por ser preposta da Marina Bacelar.

Se o CICOM entrar em greve, chamadas de emergências podem ser perdidas por conta da falta de responsabilidade de empresários.

20 comentários para “Funcionários do CICOM de Itabuna podem entrar em greve”

  1. Francisco

    Caro Tom, Não sei a fonte oriunda desta informação, mas devo pedir que procure checar os fatos antes de efetuar qualquer publicação a respeito. O CICOM permanece funcionando e NÃO HÁ SINALIZAÇÃO DE GREVE OU QUALQUER TIPO DE PARALISAÇÃO NESSE SENTIDO. Aspectos internos e administrativos da empresa Grupofort estão sendo resolvidos pela empresa, que SEMPRE saldou seus compromissos com seus funcionários e tem mantido um grupo de profissionais (telefonistas) capacitado e disposto para o atendimento do público que diariamente utiliza os serviços de emergência aqui estabelecidos. Atenciosamente. Francisco – Cap PM – Coordenador do CICOM.

  2. anonymous itb

    É simples só perguntar aos funcionários se estão recebendo. Fico aqui imaginando se esse setor entrar em greve.

  3. Marcos

    Acho que deveria ir mais a fundo nessa historia, para um capitão vir aqui e se pronunciar deve ta querendo encobrir alguma coisa.

  4. Jonathas

    Já dizia minha avó.. “Onde há fumaça, há fogo”.
    Realmente tem que ser verificado. O que não pode é esse serviço parar.
    É uma falta de respeito com os funcionários e com a população. Os funcionários precisam receber para continuar o serviço. e a população precisa contar com esse serviço.
    Esse Brasil ta cada vez pior…

  5. Carlos

    O responsavel é o governo, que aceita licitações de empresas mal estruturadas, e acaba afetando os funcionarios. Se a empresa ” SEMPRE saldou seus compromissos ” como diz este capitao, esta historia toda surgiu da onde…. Bora investigar Tom Ribeiro, é um absurdo um funcionario trabalha o mes, e depois nao receber..

  6. carla cristina

    Isso ocorre também em Vitória da conquista, o CICOM de lá está da mesma forma, funcionários estão sem receber igual aqui. E deve esta ocorrendo em outras cidades que a empresa de Marina é responsável.

  7. ANÔNIMO

    ISSO É UM ABSURDO!!DEVERIA INVESTIGAR MELHOR ESSA SITUAÇÃO,INCLUSIVE EM OUTRAS CIDADES ONDE O “GRUPO FORT” ATUA. SÃO PAIS E MÃES QUE TRABALHAM E SUSTENTAM SUAS FAMÍLIAS ATRAVÉS DESSE EMPREGO.SEGUNDO INFORMAÇÕES EM “VITÓRIA DA CONQUISTA” ESTÁ ACONTECENDO A MESMA COISA,FUNCIONÁRIOS QUE NÃO RECEBEM VALE TRANSPORTE,SALÁRIOS ATRASADOS HÁ QUASE DOIS MESES SEM CONTAR NO 13º QUE ATÉ HOJE NADA!HOUVEM-SE BOATOS QUE OS CALL CENTERS DE VCA ESTÃO PRETENDENDO FAZER PARALISAÇÃO TAMBÉM.ABRA O OLHO MARINA,SE NÃO AGUENTA,PEDE PRA SAIR!!!!!!!!!!!!!!

  8. anonimo

    O cicom de vitoria da conquista responsável pela mesma mulher passa pelos exatos mesmos problemas. Ele deve entrar em greve neste final de semana se não houver um acordo final em vez de continua a nos fazer esperar.

  9. Arthur Braga

    “Pimenta nos olhos dos outros é refresco”
    Acho que todos conhecem esse ditado popular, então é por meio deste que venho me referir ao Sr. Cap, que comentou logo a cima; me diga Cap. como seria se o senhor ficasse sem receber o seu salário e o 13º? Devo lembrar ao senhora que o seu contra cheque de dezembro, juntando salário + beneficios + 13º, somado os três, o valor é maior do que o salários que os telefonista recebem juntando o ano inteiro, digo e repito, seu salário de dezembro é maior que o salário do ano inteiro de um funcionário do CICOM. Então senhor Cap. acho que o senhor deveria se posicionar apoiando seus funcionários e não a favor desta empresa que não paga os funcionários corretamente, no Cicom tem pais e mães de familia que tem que dar comida aos filhos. Mas o senhor vindo se pronunciar aqui esta fazendo o papel de coordenador, esta querendo minimizar o assunto, pois sabe se os funcionários realmente pararem, o Cicom vai virar um caos e o senhor no papel de autoridade maior vai ter que se virar pra deixar ele funcionando.

  10. doroteia

    Isso é uma vergonha…

  11. revoltado com a situação

    O cicom de alagoinhas está na mesma situação, salários atrasados, decimo terceiro, e ninguém recebe vale transporte, e não podem fazer nenhum questionamento devido as ameaças da senhora MARINA BACELAR, essa empresa não tem respeito nenhum pelos seus colaboradores, com todo respeito ao cap que tentou tapas o sol com a peneira, mais essa é a realidade de todo cicom que esse grupo fort presta serviço.

  12. Anonimo

    Essa situação está acontecendo também na cidade de Alagoinhas, onde o grupofort é responsável, falta de pagamento dos funcionarios, 13º salário, vale transporte, sem contar que os novatos vão fazer tres meses de trabalho sem receber um salario ao menos, a mesma não dar uma posição, uma satisfação ao menos aos seus funcionários. Exigi que cumpra com os deveres 100%, mas na hora dos direitos dos trabalhadores?

  13. Norma

    Eu cheguei trabalhar por um tempo no CICOM logo que iniciou.Fiz o treinamento que foi pedido.Passei por todas as etapas.A Marina TODA VEZ que ia tratar com nós que estávamos fazendo o curso era muito grossa,não tinha modos nenhum para conversar.Quase sempre ela mandava um calar a boca.Uma das garotas do curso levantou num momento que Marina a tratou com grosseria e quase voava nela,muitas desistiram mesmo querendo muito trabalhar,pelo fato de Marina não ser em nenhum momento cordial.Quando fui dispensada ela passou quase dois meses para entregar minha carteira de trabalho pedir uma oportunidade de um outro emprego por conta disso.e em duas reuniões que participei com ela,ela sempre me tratava com bastante grosseria.Foi difícil,como sei também que está sendo para os atuais empregados da CICOM.Não entrei ma justiça contra ela ela ,porque prefiro esperar na justiça divina.Essa é certa e não falha.Desejo boa sorte aos meus antigos colegas que ainda trabalha com Marina.Que a justiça seja feita.

  14. Alagoinhas-BA

    A cidade de Alagoinhas passa pelos mesmos problemas, funcionários do Grupo Fort, (CICOM) vem sendo destratados ao longo do tempo por esta senhora que de forma desequilibrada lidera a referida empresa. Não efetuando o devido pagamento dos funcionários referente aos meses de dezembro (13º salário) e janeiro, sem mencionar alguns funcionários que há 3 meses foram admitidos e demitidos , ambos não tiveram seus pagamentos regularizados. MARINA, de forma arrogante não atende as ligações , tão pouco responde aos e-mails e mensagens que a ela são destinados. Diante desses fatos evidenciados responde a vários processos trabalhistas comprovando a sua incapacidade profissional. Absurdamente tem sobre sua folha de pagamento FUNCIONARIAS FANTASMAS (sendo demitida em outubro) não havendo homologação da carteira de trabalho até os dias atuais, vindo a privilegiar PESSOAS que fazem parte de uma “PANELINHA” e penalizando de forma massacrante e cruel aqueles que procuram desempenhar suas funções de forma digna e honesta. Pedimos providencias no sentido de extirpar a BANDA PODRE SOCIAL que só fragmenta nossa sociedade.

  15. anonimo

    minha irmã trabalha no cicom e ainda não recebeu o salario e o decimo e está sendo ameaçada de ser demitida como outras tbm

  16. Leila

    Este GRUPO FORT deveria ser investigado pois verifico que Marina não só atua em Itabuna com em outras cidades, ela não estar pagando os salários e que EMPRESA é essa que apos a implantação do CICOM sem nenhuma licitação começa a atuar nessas cidades? Ela não estar pagando os funcionários e até hoje não pagou 13° dos atendentes do CICOM de Itabuna? Há algo podre nisso. Essa Marina não estar cumprindo com os seus deveres, e aí? Quem ajudará essas pessoas que dependem desse salário? FORA MARINA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • EM RESPOSTA

      LEILA, realmente essa empresa precisa ser investigada olhem ai o link que estou deixando do site portal da transparência façam a consulta sobre a empresa grupofort que vão perceber a o quanto estamos falando de uma empresa sem comprometimento com os funcionários e muito menos com os órgãos públicos que se compromete a prestar um serviço de qualidade, essas informações precisam chegar até o ministrerio publico do trabalho, a ouvidoria do governo do estado, alguém precisa tomar uma providencia contra essa empresa, ou será que existe alguém muito maior por traz disso tudo levando algum proveito da situação, PORQUE ESSA MARINA BARCELAR NÃO TEM COMPETENCIA PARA SER PROPRIETÁRIA E MUITO MENOS ADMINISTRADORA DE UMA EMPRESA, ELA TA MAIS É PRA TESTA DE FERRO DE ALGUEM …… UMA VERDADEIRA LARANJA .

  17. revoltado

    Vejam ai o que realmente é essa empresa, já foi penalizada e está proibida de licitar desde 05/09/2013 até 04/03/2014 http://www.portaldatransparencia.gov.br/ceis/Consulta.seam?sort=sancao.empresa.strNomeEmpresaDOU&strNomeEmpresa=grupofort&firstResult=0&dir=asc&strCnpjCpfEmpresa=&logic=and&conversationId=39355, consultem esse link do portal transparência do governo federal e observem a credibilidade dessa empresa. ISSO É UMA VERGONHA PRECISAMOS DIVULGAR ISSO NAS REDES SOCIAIS E AO MAXIMO DE PESSOAS POSSIVEL, E SENHOR CAP DEVERIA PROCURAR SE INFORMAR MAIS ANTES DE SE COLOCAR EM DEFESA DE UMA EMPRESA SEM NENHUMA CREDIBILIDADE COMO ESSA .

  18. EM RESPOSTA

    Vejam ai o que realmente é essa empresa, já foi penalizada e está proibida de licitar desde 05/09/2013 até 04/03/2014 http://www.portaldatransparencia.gov.br/ceis/Consulta.seam?sort=sancao.empresa.strNomeEmpresaDOU&strNomeEmpresa=grupofort&firstResult=0&dir=asc&strCnpjCpfEmpresa=&logic=and&conversationId=39355, consultem esse link do portal transparência do governo federal e observem a credibilidade dessa empresa. É SÓ FAZER A CONSULTA E VERIFICAR, POIS ESSE SITE É DO GOVERNO FEDERAL E TOTALMENTE CONFIÁVEL, SERÁ QUE MAIS ALGUM CAP VAI FALAR EM DEFESA DE TAL EMPRESA ??????????

  19. EM RESPOSTA

    PRECISAMOS NOS UNIR E INFORMAR A TODA A SOCIEDADE ESSA SITUAÇÃO, PEÇO A TODOS QUE DIVULGUEM ISSO EM TODOS OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO QUE PUDEREM, AGRADECENDO AO GRANDE TOM PELO EXCELENTE TRABALHO QUE VEM FAZENDO PELA POPULAÇÃO.

Os comentários estão fechados.