Falso dentista é encaminhado ao presídio de Itabuna

Foi encaminhado ao presídio de Itabuna na tarde desta segunda-feira (30) Paulo Henrico Almeida de Melo Santos. O ex estudante de odontologia passou por uma audiência de custódia agora há pouco, e a decisão, tomada pelo Juiz Murilo Luiz Staut Barreto, é de que ele deva permanecer preso até a conclusão do inquérito. Depois, ele será julgado pelos terríveis crimes dos quais é acusado de cometer.

Tentativas de prisão

O pedido de prisão preventiva para Paulo Henrico foi feito três vezes. Duas pelo Ministério Público, e uma pela Polícia Civil. Os três haviam sido negados pelo Juiz, devido a falta de provas de que o acusado tivesse descumprido medidas cautelares pré estabelecidas.

Entretanto, uma das medidas foi violada pelo ex estudante de odontologia: manter contato com as vítimas. Uma das pessoas que alega ter sido atendida por Paulo registrou ocorrência afirmando ter sido procurado pelo acusado. Devido as circunstâncias, o juiz, então, decretou a prisão preventiva de Paulo Henrico.

Deixar uma Resposta