Estudante de direito fingia incorporar espírito de homem para namorar mulheres e roubar dinheiro das vítimas

Uma estudante de direito foi presa, na manhã desta quinta-feira (08), no município de Santo Antônio de Jesus, situado a 108 quilômetros de Salvador, após ser denunciada por se passar por homem para roubar dinheiro de mulheres que conhecia na internet.

Andreza Souza Dias Souza, de 22 anos, foi descoberta após quase dois meses de investigação, pela Operação Perfil Falso, coordenada pelo Ministério Público do Estado (MP/BA).

Segundo a promotora de Justiça Ana Emanuela Rossi Meira, coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), Andreza criava perfis falsos nas redes sociais e dizia que recebia o espírito de um tio, para manter relações sexuais com as mulheres e, posteriormente, roubar dinheiro das vítimas.

Andreza também é funcionária pública e tem cargo comissionado na prefeitura de Santo Antônio de Jesus. Ela está presa preventivamente no Presídio Feminino, no Complexo da Mata Escura, e vai responder pelos crimes de estelionato e violação sexual mediante fraude.

Os comentários estão fechados.