Escritório contábil é alvo de investigação por fraude em vistos

Bahia – Dois sócios de um escritório de contabilidade em Porto Seguro, foram notificados pela Polícia Federal nesta terça-feira (19) após início da operação que tenta desarticular esquema criminoso que obtia ilegalmente vistos de permanência no Brasil para estrangeiros.

Segundo a PF, os sócios devem cumprir medida cautelar que prevê a suspensão da atividade econômica exercida no escritório. Em caso de descumprimento, a medida pode ser convertida em pedido de prisão preventiva.

Ainda conforme a PF, ambos os sócios devem prestar depoimento sobre o caso na tarde da quinta-feira (21). Além das notificações, a PF relata que foram recolhidos no escritório dos suspeitos um malote de documentos e uma CPU. Por meio dos documentos, a polícia diz que irá analisar a situação dos estrangeiros atendidos e possíveis envolvimentos nos casos.

Os comentários estão fechados.