Em seu primeiro dia, Plínio Adry visita unidades de saúde

Nesta quinta-feira (8) em seu primeiro dia de trabalho após assumir o cargo da Secretaria de Saúde, o Dr. Plínio Adry visitou as unidades de saúde da Família Ubaldo Dantas, em Novas Ferradas, e Jorge Amado, no bairro Maria Matos. Já na sexta-feira (9), outras unidades de saúde serão visitadas, a exemplo da Lavignia Magalhães, no bairro Conceição, que apesar de reformada ainda não entrou em atividade. O objetivo das visitas é saber o estado das unidades, verificar quais as demandas de cada uma e analisar as condições para colocar as unidades em funcionamento ou melhorar o atendimento.

O secretário Plínio Adry lembra que a atenção básica é a porta de entrada não apenas para a promoção à saúde, mas também para organizar o fluxo na rede de atenção à ela. Ele acredita que pelo menos 80% dos problemas de saúde da população sejam resolvidos se a atenção básica funcionar como deve. “Se isso acontece, vamos ter menos inchaço em outros pontos de atendimento, a exemplo dos hospitais, daí a importância de prioridades e investimentos nesse setor”, acentuou.

O clínico geral Osvaldo Pereira, que atende pacientes na Unidade de Saúde da Família Jorge Amado, no bairro Maria Matos, deu as boas vindas ao secretário e mostrou-se confiante e entusiasmado diante das perspectivas de melhoria na saúde pública em Itabuna. Ele também se colocou à disposição da Secretaria da Saúde para ajudar, nem que seja com “sugestões simples”, como qualificou, para que a saúde pública funcione plenamente e deixe a comunidade itabunense bem atendida e satisfeita.

“É desse entusiasmo e parceria de pessoas comprometidas com a causa que precisamos. Vamos buscar mais apoios para realizarmos um bom serviço em favor da saúde das pessoas”, afirma o secretário, que esteve acompanhado da diretora da Atenção Básica, Lucina Pinheiro. O secretário voltou a reafirmar que sua prioridade será a atenção básica na rede pública de saúde para que funcione plenamente e atenda as necessidades e carências imediatas da comunidade.

“Vamos usar os insumos médico-hospitalar, os profissionais existentes no momento e aproveitar os novos selecionados pela Prefeitura. Além disso, vamos executar projetos para no curto, médio e longo prazos mudar essa realidade que hoje compromete a qualidade de vida da população”, disse Plínio.

O secretário da saúde disse ainda que não existem milagres que possam resolver todos os problemas ao mesmo tempo, especialmente em um setor complexo como a saúde, mas, segundo ele, com ações prioritárias será possível mudar o quadro e dotar o município de um serviço de melhor qualidade como deseja o prefeito Claudevane Leite e a população merece. “A situação vai melhorar a partir de agora, não tenho dúvida, estou muito confiante”, afirmou.

Os comentários estão fechados.