Donos de Barracas de Lanches Acusam Prefeitura de Itabuna de Persequição

Donos de barracas de lanches construídas numa área próxima ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, na Avenida Fernando Gomes, no bairro Nossa Senhora das Graças, acusam o prefeito de Itabuna de determinar a derrubada dos estabelecimentos por perseguição política. Na manhã desta terça-feira (9), fiscais da Vigilância Sanitária, agentes da Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio-Ambiente (Sema) e guardas civis municipais tentaram fazer a retirada dos comerciantes.

A Prefeitura de Itabuna também acionou a Polícia Militar para ajudar na retirada dos pequenos comerciantes, que fizeram uma barreira humana em frente às barracas e não deixaram que as máquinas fizessem a derrubada. Os donos das barracas de lanches alegam trabalhar há anos no local e que receberam a doação dos terrenos do proprietário. Eles apresentaram a escritura.

Deixar uma Resposta