Defensoria pública de SP pede punição para Ratinho por vídeo homofóbico

Na semana passada, Ratinho fez um vídeo criticando o ‘excesso’ de homossexuais em novelas da TV Globo e, após críticas, fez um vídeo se explicando. Entretanto, a Defensoria Pública de SP considerou que suas falas têm teor homofóbico e ofereceu uma denúncia administrativa na Secretaria de Estado de Justiça e Defesa da Cidadania contra o apresentador. A atuação é do Núcleo Especializado de Defesa da Diversidade e da Igualdade Racial da Defensoria Pública.

No vídeo, publicado em seu Instagram no dia 3 de janeiro, Ratinho fala: “Eu estava aqui vendo a novela da Globo, aquela coisa de cangaceiro e tal. Mas poxa, a Globo colocou ‘viado’ até em filme de cangaceiro, gente? Naquele tempo não tinha ‘viado’ não. Você acha que tinha ‘viado’ naquele tempo? É muito ‘viado’: é ‘viado’ às seis da tarde, é ‘viado’ às oito da noite, é ‘viado’ às nove da noite, é ‘viado’ às dez da noite, é muito ‘viado’. Eu não sei o que está acontecendo, não tem tanto ‘viado’ assim. Ou tem? Será?, disparou.

Os comentários estão fechados.