Com ânimos exaltados de deputados, sessão é derrubada na ALBA

 A sessão desta terça-feira (7) na Assembleia Legislativa caiu ainda no pequeno expediente por falta de quórum. Estava na pauta de votação o PL 23.100/2019, que autoriza o Poder Executivo e o Tribunal de Justiça da Bahia a realizar permuta de bens imóveis. Porém, o que seria uma sessão simples, acabou com ânimos exaltados de alguns deputados, após pedido de verificação de quórum.

O deputado Targino Machado (DEM), líder da Oposição, pediu verificação de quórum e Alex Lima (PSB), vice presidente da Casa, endossou pedindo a verificação nominal. Porém, tradicionalmente na Casa, quem pede verificação tem que ficar no plenário e Lima saiu. Targino questionou e um bate-boca começou. O presidente da Casa, Nelson Leal (PP), encerrou a sessão.

Ao final, Leal informou que quer uma reunião com Targino e o deputado Rosemberg Pinto (PT) – líder do governo – para discutir o que está no regimento e o rito que é seguido na Casa.

Em conversa com o BNews, após a sessão, o oposicionista afirmou que vai votar a favor das propostas em pauta, mas que “enquanto for líder, o regimento tem que ser respeitado”, argumentando que não havia quórum suficiente para votação. “A obrigação de dar quórum é da bancada do governo”, disse.

Uma nova sessão foi convocada para esta quarta (8). Está em pauta também uma correção ao projeto de limites territoriais, que envolve os municípios de Salinas e Jaguaripe.

Os comentários estão fechados.