Cinema a partir do dia 09?

No ano passado ocorreu a confirmação por vários sites regionais, e o próprio site da Cinemas Sercla, divulgada pelo humorista Lucas Hussein de que haveria uma possível unidade de cinema na cidade de Itabuna, assim gerando varias manchetes (confira abaixo)

manchetes 2017
emails do ano passado

Agora o maior site de cinema do pais, adicionou oque parece ser uma “aba” relacionado ao cinema de Itabuna, oque confirmaria as noticias que saíram nestes outros veículos de comunicação que anunciavam que o cinema estava previsto para 2018, e teria 5 salas. suspeita-se de que o cinema ficara aonde era a Hering, tendo assim como confirmado nas antigas noticias e por e-mail as 5 salas, agora com o diferencial de 2 andares, toda a papelada e custos já foram encaminhados ao cartório da cidade, orçado em mais de 20 milhões, mais precisamente 23 milhões de reais!

site adoro cinema

Na internet, os itabunenses curiosos ficam perdidos, ainda mais com duas artes conceituais que informavam novas lojas no nosso shoping, uma franquia de academias chamada smart fit, e uma sede da Cinemark, uma grande empresa do mundo cinematografico, deixando os itabunenses ainda mais confusos, ao perguntarmos as responsaveis do marketing do jequitiba plaza, somente foi dito “ nós iremos anunciar nosso planejamento no dia 09/08”

Será esse o presente anunciado para o dia 09 deste mês em meio as redes sociais do shopping jequitibá?

Em delação, executivo diz que Maduro recebeu US$ 35 milhões da Odebrecht

A construtora brasileira Odebrecht teria financiado a campanha eleitoral do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. A denúncia aparece em um vídeo em que o presidente da Odebrecht/Venezuela, Euzenando Azevedo, admite ter recebido um pedido de US$ 50 milhões por parte de Maduro, mas acabou fechando a contribuição em US$ 35 milhões.

Nicolás Maduro (Foto: Divulgação)

O vídeo faz parte da delação do executivo e foi colocado no Twitter pela procuradora-geral afastada da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, nesta quinta-feira, 12. O trecho se refere às declarações que o executivo brasileiro prestou na sede do Ministério Público Federal, no Estado de Sergipe, no dia 15 de dezembro de 2016.

O brasileiro conta que Hugo Chávez, sabendo que iria morrer, indicou o então vice-presidente, Nicolás Maduro, como seu substituto. Azevedo lembra que Chávez morreu em Cuba. “Ele faleceu no dia 5 de março de 2013 e eleições foram convocadas”, disse.

“Eu fui procurado por um dos representantes do sr. Nicolás Maduro, um sr. chamado Américo Mata”, disse Azevedo. Segundo o executivo, Mata havia sido o presidente do Instituto do Desenvolvimento Rural Venezuelano. “Eu já o conhecia porque circulava no governo e quando o presidente Chávez estava doente, o vice-presidente (Maduro) ia visitar nossas obras e sempre ia acompanhado do sr. Mata”, disse o brasileiro.

Então esse sr. Américo Mata me procurou e fechou um encontro comigo”, explicou. Segundo ele, foram várias as reuniões. “Ele me pediu uma contribuição. Ele sabia de nosso negócio e do tamanho de nossas operações”, disse. “Ele me pediu a contribuição para ajudar a campanha do presidente Maduro”, insistiu.

Ele pediu um valor grande para a época”, admitiu. “Tínhamos uma operação muito grande na Venezuela”, disse. O brasileiro indica que Mata chegou a pedir US$ 50 milhões. “Eu aceitei dar US$ 35 milhões”, afirmou.

Azevedo também explicou o que pediu em troca do financiamento. “Pedi a ele que o candidato, se ganhasse, mantivesse nossas obras como prioritárias do governo dele, já que as obras eram do governo Chávez”, disse. “Ele (Maduro) era a continuidade. Mas poderia ter outro tipo de interesse”, explicou.

Américo me garantiu que, se o presidente Maduro ganhasse, continuaria colocando as obras da Odebrecht como prioritárias, até para dar imagem de continuidade de Chávez”, disse. “Nós negociamos e eu aceitei pagar. Foram liberados esses recursos para ele, durante a campanha”, completou.

O vídeo foi publicado por Ortega minutos depois de o atual procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, emitir um comunicado no qual informa que difundiu um alerta vermelho na Interpol contra Azevedo.

Saab também ativou outro alerta na Interpol contra Ortega. A procuradora destituída, porém, está em Genebra e amanhã terá encontros na ONU.

Rui visita Expoita e anuncia duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna

Um dos principais eventos da Agroindústria do sul do estado, a Exposição Agropecuária de Itabuna (Expoita), recebeu a visita do governador Rui Costa neste sábado (30).

O governador aproveitou a oportunidade para anunciar que no início do mês de outubro retorna à cidade para assinar contrato que vai autorizar a duplicação da rodovia que liga as cidades de Itabuna e Ilhéus. “Retorno em breve para assinar o contrato da duplicação da rodovia Ilhéus- Itabuna, esse grande sonho que a região tem há muitas décadas. Muitos desses sonhos estão sendo materializados, como a barragem do Rio Colônia, a ponte de Ilhéus, o novo hospital da Costa do Cacau. São marcos históricos, que a região espera há muitas décadas”, afirmou.

O governador parabenizou a região pela realização da Expoita. “A feira é muito importante para a agricultura, pecuária, e produção de leite, como toda a atividade econômica da região de Itabuna”. Estima-se que cerca de cerca de R$ 10 milhões tenham sido movimentados desde a noite de abertura da exposição, na última terça-feira (26), entre leilões, feira de negócios e concurso de animais.

Durante esses dias de evento, nós temos a possibilidade de o pecuarista e o agricultor participar e ver o que há de melhor na agropecuária do Estado da Bahia, através de palestras, seminários. É um evento para o grande pecuarista e também para o pequeno produtor, pois é uma preocupação do Governo do Estado, de fazer crescer a cadeia produtiva como um todo”, afirmou o secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), Vitor Bonfim. De acordo com os organizadores, cerca de 250 mil pessoas visitaram o evento para aproveitar a programação variada com bovinos, equinos, feira de negócios, palestras técnicas, concurso leiteiro, marcha equestre, shows musicais e um parque de diversões.

Geddel alega risco de “estupro” e pede para voltar à prisão domiciliar em Salvador

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) alegou que corre risco de “estupro” na Penitenciária da Papuda, local onde está preso desde sexta-feira da semana passada, e pediu para que volte para o regime de prisão domiciliar em seu apartamento em Salvador.

(Foto: Reprodução/ R7)

A juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, negou o pedido da defesa de Geddel, argumentando que os advogados se basearam em informações “inverídicas” e “especulativas” na petição. A defesa de Geddel se baseou em uma reportagem do site “A Folha Brasil” que noticiou que mensagens vazadas dariam conta de “ameaças de estupro” que teriam sido “enviadas aos políticos que estão cumprindo pena ou prisão preventiva”.

“Um famoso ex-deputado já está ‘casado’ com um traficante. Seus familiares estão pedindo intervenção da Justiça para que a violência e humilhação cessem o mais breve possível”, diz trecho do texto publicado no site.

“Soa um tanto estranho que essas mensagens tenham sido dirigidas ao ora custodiado, quando sequer havia divulgação relativa à unidade prisional em que seria alocado, em especial porque a matéria jornalística traz alguma informações inverídicas sobre a realidade das unidades prisionais do DF, inclusive quanto ao número de refeições disponibilizadas aos custodiados”, escreveu a juíza.