Itabuna e Ilhéus já sofrem com falta de combustíveis e gás de cozinha

Motoristas e motociclistas enfrentaram filas quilométricas na tarde desta quinta-feira (24) para tentar garantir o abastecimento nos poucos postos de Itabuna e Ilhéus que ainda contam com combustíveis. Mas é provável que nas próximas horas o estoque seja zerado em todos os estabelecimento nos dois municípios. Os combustíveis em muitos postos acabaram no início da tarde, mesmo com aumento médio de R$ 0,90 centavos no litro da gasolina comum, 20 no óleo diesel e 30 no álcool.

A fila de veículos à esquerda é para o posto na Amélia Amado.

Em Itabuna, pelo menos seis postos visitados pela equipe do PIMENTA não tinham nenhum dos três tipos de combustíveis no final da tarde de hoje. Em Ilhéus, a situação era parecida. Em cinco estabelecimentos as bombas estavam secas desde o início da tarde. “Esses produtos viraram ouro aqui em Itabuna. Será difícil você encontrar um deles”, disse um frentista de um posto na Avenida Inácio Tosta Filho.

Leia mais…

Policiais Civis irão protestar na abertura do Hospital Costa do Cacau

Nessa sexta-feira (15), o Sindicato dos Policiais Civis vai realizar um protesto na inauguração do Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, para reivindicar o pagamento da GAPJ 3 e 4, além de melhorias para os agentes de Segurança. A categoria também colocou três outdoors na rodovia Ilhéus-Itabuna, BR-415, para informar aos cidadãos sobre as reivindicações dos policiais civis. Em busca dessa valorização surgiu a campanha publicitária “Polícia Civil da Bahia, orgulho do que faço, vergonha do que ganho”.

Manifestação a favor de Lula tem pouca adesão no Campo Grande

O grupo Frente Brasil Popular (FBP) espera reunir cinco mil pessoas na manifestação intitulada “Eleições sem Lula é Golpe”, que acontece na tarde desta quinta-feira (20), no Campo Grande, em Salvador.

A expectativa, no entanto, está longe da realidade. Marcada para começar às 15h, o número de pessoas prontas para participar da caminhada, que vai em direção ao Campo da Pólvora, ainda é pouco.

De acordo com o líder do FBP, Walter Takemoto, o protesto é contra as reformas trabalhistas e previdenciária, a favor do afastamento do presidente Michel Temer e contra a condenação do ex-presidente Lula.

“Hoje é um dia nacional de manifestação contra as reformas, a favor da democracia e contra a condenação do presidente Lula. Nós esperamos que tenha uma participação grande da população porque estamos vivendo um momento decisivo no que diz respeito a perda dos direitos”, afirma.

Ainda segundo Takemoto estão previstas outras manifestações ao longo dos dias. “Hoje é parte de um processo de luta que não se esgota agora. As centrais sindicais tão discutindo novos protestos e uma nova greve geral. Não aceitamos o que vem ocorrendo no nosso país atualmente. No dia 18 de agosto o presidente Lula vai estar aqui em Salvador e vamos realizar uma grande mobilização e, além disso, já tem o ato marcado no dia 30 de julho na Praça da Revolução no Subúrbio onde vamos pedir novamente as Diretas Já!“, conta.

Protesto contra reformas de Temer fecha BR-101, em Itabuna

Protesto puxado por bandinha bloqueou BR-101 (Divulgação).

A BR-101 foi interditada, em Itabuna, durante protesto contra as reformas trabalhista e previdenciária e a terceirização irrestrita, propostas pelo presidente Michel Temer. A pista ficou interditada por, pelo menos, uma hora, nos dois sentidos. A polícia militar acompanhou o protesto.

Protesto fechou BR-101 por uma hora em Itabuna (Fotos Divulgação).

Manifestantes também pediam a renúncia do presidente da República e eleições diretas já. “Trata-se de um governo ilegítimo, reprovado por mais de 90% da população e que não teve autorização da sociedade brasileira para implementar essa pauta regressiva”, afirmou Jairo Araújo, vereador de Itabuna pelo PCdoB e presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna.

PROTESTO BLOQUEIA RODOVIA QUE LIGA BARRO PRETO À BR-415

Servidores municipais de Barro Preto interditaram hoje (25) a Rodovia BA-120, que liga o município à BR-415. Os manifestantes cobram pagamento do salário de setembro. Eles montaram barricada, com madeira e pneus, e atearam digo, impedindo a passagem de veículos.

A Secretaria de Administração informou que somente dez servidores estavam com salários atrasados. O pagamento deveria ser feito hoje, o que pode não mais ocorrer diante da ação durante a noite e a madrugada, quando veículos da frota tiveram pneus esvaziados, dentre eles ônibus escolares. O município é administrado por Jaqueline Mota (PT), derrotada em 2 de outubro.