Almir Júnior assume cargo na Prefeitura de Salvador

Almir Jr.

O prefeito Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM) nomeou hoje (10) o engenheiro Almir Junior superintendente de conservação e obras públicas de Salvador. Junior é filho do prefeito de Canavieiras, Almir Melo (PMDB), e comandou nos últimos dois anos a secretaria de obras do município administrado pelo pai. Também foi secretário durante o governo de João Henrique em Salvador (2009-2012).

Tiroteios no Daniel Gomes leva terror aos moradores

imagesMoradores do bairro Daniel Gomes e Pedro jerônimo presenciaram na noite desta segunda-feira, ( 06 ), momentos de terror. Bandidos fortemente armados na rua de Fátima no Daniel  atiravam com armas de grosso calibre colocando a vida dos moradores em risco. Depois que as varas crime de Itabuna, liberaram presos através de habeas-corpus ou cumprimento de sentença do presídio de Itabuna, a cidade deixou de ser uma” praça de paz” e sim de guerra. Quatro homicídios nos primeiros cinco dias do mês de julho. Um dos casos que mais chama atenção da polícia são os crimes na zona rural ( Serrado ), onde homens foram encontrados mortos no porta malas. O primeiro a ser encontrado foi no dia primeiro as margens da Br/ 101 ao lado da entrada do serrado. O segundo caso foi na tarde de sexta- feira ( 3 ), no ramal com diversas perfurações de bala pelo corpo. O caso vem intrigando os policiais da homicídios, que investigam os casos a qualquer momento pode esclarecer os crimes nessas áreas.

Justiça Federal aceita denúncia contra ex-prefeito de Arataca

Agenor Birschner é acusado de desviar recursos da educação pública. Imagem: Site Popular.

A juíza substituta do Tribunal Regional Federal da Subseção de Itabuna, Lilian Mara de Souza Ferreira, acatou denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-prefeito de Arataca, Agenor Birschner, Juliana Fraga, vice-prefeita da mesma cidade, e Maurício Martins, secretário de finanças da Prefeitura de Una. Conforme o MPF, os acusados desviaram recursos da educação pública e devem responder pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e fraude em licitações.

Os acusados pediram a anulação do processo alegando que tiveram o direito à defesa cerceado. Na decisão, a magistrada afirma que esse argumento é “frágil”, conforme informou o blog do Gusmão.

De acordo com a juíza, a acusação do MPF apresenta “suporte probatório mínimo que evidencia a presença de justa causa para a ação penal”. Segundo Lilian Ferreira, a documentação apresentada é suficiente para “identificar a autoria e a materialidade das condutas atribuídas na denúncia”.

Polícia investiga tentativa de chacina no pedro jerônimo

IMG_20150701_220732383Cinco homens foram baleados no bairro de Pedro Jerônimo, de acordo com informações da Polícia Militar. O crime aconteceu na noite de quarta-feira (1°), na Rua Paulo Correia. Ainda não há informações sobre a motivação da situação. Nenhum suspeito foi preso.
Testemunhas informaram à polícia que alguns homens passaram em moto e carro atirando. No entanto, a PM disse ainda que as pessoas que estavam no local não quiseram detalhar o caso. O crime é investigado pela delegacia da cidade, de acordo com a PM.
As vítimas têm 21, 22, 27, 28 e 30 anos. Os tiros atingiram regiões como axila, rosto e pé deles. Eles foram socorridos para o Hospital de Base de Itabuna e não correm risco de vida. Um já foi liberado do hospital.

Porto Seguro: Oposição vai levar contratos do São João ao Ministério Público

O São João de Porto Seguro, cidade localizada no Sul da Bahia, vai parar no Ministério Público do Estado (MP). A afirmação parte do vereador Danilo Barbosa (PSD), único da oposição dos 17 parlamentares que compõem a Câmara Municipal da cidade. Barbosa afirmou que todos os contratos já estão sendo analisados pelo advogado dele. “Estou esperando o levantamento para pegar a nota fiscal que realmente foi paga. Porque há sim suspeita de superfaturamento”, afirmou, informando que o valor superfaturado pode atingir um milhão e meio de reais.

Entre os contratos que chamaram mais atenção estão os de Lordão e da banda Aviões do Forró. “R$ 300 mil para Aviões foi muito. Isso não existe e nem foi o show principal já que só começou a tocar 3h30 da madrugada”, ressaltou. Segundo ele, o preço pago ao cantor Lordão (valor que o vereador não tinha em mãos), também está sendo investigado. “Só voltamos agora dia 3 de agosto do recesso na Câmara. Até lá, terei tempo para pegar todas as informações necessárias que levarei até o Ministério Público. Isso não ficará impune”, denunciou.

O cachê médio da banda Aviões do Forró gira em torno em R$ 200 mil. A reportagem tentou falar com a prefeita Claudia Oliveira (PSD), mas o telefone da gestora estava na caixa.

Patrulha do som e a redução dos índices de violência em itabuna

545852_544643435557192_309782824_n“Falta de consciência, necessidade de ostentar a potência de uma aparelhagem sofisticada de som automotivo e a falta de compreensão sobre o bem-estar coletivo”. Essas são algumas das principais dificuldades enfrentadas pelos agentes da Secretaria de Transporte e Trânsito (SETTRAN) de Itabuna à frente dos trabalhos da Patrulha do Som, que foi reativada em março, logo após o atual secretário Roberto José da Silva ter assumido a secretaria.

Segundo Sérgio Augusto Farias, coordenador da Patrulha do Som, “o grande ganho da cidade em torno desse trabalho, é a sensação de segurança que passou a existir em Itabuna. Isso vem do próprio reconhecimento das pessoas nos bairros. Onde a patrulha passa, a violência diminui”. Farias indica ainda que o efetivo da Patrulha do Som conta com uma equipe organizada de 15 a 20 homens, entre agentes da SETTRAN (que participa com uma viatura), Polícia Militar (também com 1 viatura) e Guarda Civil Municipal (2 viaturas). Em média, os trabalhos resultam em 8 a 15 notificações. “O trabalho tem chamado tanto a atenção e tem obtido uma repercussão tão grande que a Central de Reclamações da Patrulha do Som tem recebido chamadas até do município vizinho, Ilhéus”, comentou o coordenador.

A impressão deixada pelo trabalho da Patrulha do Som é confirmada pelos números apresentados. De acordo com Marlos Macedo, titular da Delegacia de Homicídio

s de Itabuna, em junho, houve uma redução em 30% das ocorrências motivadas por situação de violência entre homicídios e tentativas de homicídios. Para o delegado, “o mês de junho é um mês em que gradualmente há um aumento de violência, principalmente por se tratar de um período em que as pessoas exageram um pouco mais no consumo de bebidas alcoólicas, comum nesta época de festejos juninos. Então, com os primeiros balanços feitos, já podemos atestar essa redução e temos a convicção de que o trabalho da Patrulha do Som tem contribuído nesse resultado”, disse o delegado.

José Carlos Santos de Oliveira, chefe da Divisão de Fiscalização da Diretoria de Transportes da SETTRAN, que também participa dos trabalhos da Patrulha do Som, explicou que a SETTRAN concentra os seus esforços sempre entre 19h e 3h (às sextas, sábados e domingos, além das vésperas de feriados e feriados). “Entre os dias 26 e 28 de junho, por exemplo, passamos por bairros como Jaçanã, São Caetano, Urbis IV, Lomanto, Centro, Caixa D’Água, São Roque, Antique, Santo Antônio, Santa Inês, Califórnia, Jardim América I e II, Conceição e Centro. Nesses bairros, encontramos alguns casos que deixaram muito claros a importância da patrulha”.

Para Roberto José da Silva, secretário de Transporte e Trânsito de Itabuna, “o grande ‘xis’ da questão sobre o desrespeito está no questionamento sobre o que de fato conduz a nossa fiscalização, ou seja, os direitos individuais versus os direitos coletivos. Se o meu direito termina quando começa o direito do outro, então, eu não posso de jeito nenhum tirar o sossego alheio fazendo barulho”, explicou, indicando que todas as abordagens seguem um protocolo de orientação definido pela própria SETTRAN com a ajuda dos demais órgãos envolvidos.

A Central de Reclamações da Patrulha do Som atende pelo número de celular e de WhatsApp (73) 8861 1396. Todas as chamadas são averiguadas pela SETTRAN e o reclamante não precisa se identificar

TRT suspende julgamento de greve dos professores de Itabuna

Foto: Divulgação.
Professores em protesto na Prefeitura de Itabuna.

Foi suspensa a sessão do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5), em Salvador, que julgava a legalidade da greve e definiria o percentual de reajuste salarial dos professores de Itabuna.

Quatro dos cinco desembargadores pediram vistas, após o procurador-geral, Harrison Leite, argumentar quanto ao impacto econômico-financeiro nas contas do município e alegou queda nas contas.

Relatora do dissídio, a desembargadora Lea Reis Nunes de Albuquerque votou pela legalidade da greve e linearidade do reajuste. Com a argumentação do procurador, os demais desembargadores pediram vistas.

Ainda segundo o procurador, o município concedeu 10% em 2013 e 8% em 2014 aos professores dos níveis II e III, garantindo ganhos reais. A relatora do dissídio também estipulou que o município deve estabelecer calendário quando do retorno da greve.

A paralisação na rede começou em 21 de maio. Os professores cobram reajuste de 13,01% para os níveis II e III. O município alega não ter condições de conceder além dos 8% de reajuste, sob pena de atrasar salários. Redação Blog do Pimenta.

Juiz desbloqueia bens de alguns réus no caso que ficou conhecido como “Farra das Diárias”

camara 1Itabuna – Na semana passada o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Ulysses Maynard Salgado, concedeu parcialmente uma liminar em favor de alguns réus do caso conhecido como “farra das diárias”.

O juiz Ulysses Maynard desbloqueou alguns bens de envolvidos no caso, como do ex-vereador Gerson Nascimento (PSB), do prefeito Claudevane Leite (PRB), do ex-funcionário da câmara Eduardo Freire, e da funcionária Margareth Brandão.

Na decisão, o magistrado revogou o bloqueio sobre dos veículos do ex-vereador, Gerson Nascimento, uma Hilux CD 4×2, e Honda/CG Fan KS, que importam num valor de R$ 77.652,00 (setenta e sete mil, seiscentos e cinquenta e dois reais), porém, após a comprovação do depósito judicial no valor de R$ 21.000,00 (vinte e um mil reais), referente ao valor atualizado das diárias recebidas.

Já o atual prefeito Claudevane Leite (PRB), teve a liberação do veículo GM/Corsa 1.0, com a substituição de seu valor por depósito judicial após sua comprovação no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais).

CASO

O Ministério Público da Bahia solicitou o afastamento de todos os 13 vereadores da cidade e outros 14 funcionários da Câmara Municipal de Itabuna por improbidade administrativa. Em sua denúncia, o MP alega que vereadores e servidores receberam diárias entre os anos de 2009 e 2010, mas não houve prestação de contas do benefício.

Em outubro de 2012, o juiz Antônio Carlos Moraes, da 2ª Vara Crime de Itabuna, atendeu ao pedido do Ministério Público do Estado (MP-BA) e determinou o afastamento de todos os 13 vereadores da Câmara da cidade. Redação Político do Sul da Bahia.

Dilma desmente boato de internação

A presidente Dilma Roussseff desmentiu hoje (22) o boato que circulou ontem pela rede de mensagens WhatsApp de que estivesse internada em um hospital. Após o lançamento do Plano Nacional de Agricultura Familiar, a presidente fez questão de se aproximar dos jornalistas para negar as informações.

Eu vim falar com vocês hoje, apesar de não ter tempo, porque me disseram, há pouco, que corria o boato de que eu estava internada. Vocês acham que eu estava?”, perguntou Dilma, que concluiu a conversa mandando um beijo para os jornalistas, conforme informou a Agência Brasil. Dilma disse que não daria entrevista porque tinha um telefonema internacional para fazer.

Prefeita de Itajuípe é multada pelo TCM

Após denúncia enviada ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), pelos vereadores Ivan Júnior (PSD), Leandro Junquilho (PSDC) e João Magalhães (PRTB) sobre as contas irregulares do município na gestão de 2013, o Conselheiro e relator, Paolo Marconi, considerou esta denúncia parcialmente procedente, com aplicação de multa de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) para a gestora do município.

Em conversa com o site Web News Sul, o vereador Ivan Júnior falou sobre a decisão: “estou contente com a decisão, pois o tribunal percebeu que estamos denunciado algo que realmente aconteceu e que esta sirva de lição para o executivo entender que existem falhas e que precisam ser corrigidas.

Nosso trabalho continua, pois esse papel do legislador”. Votaram com o Relator: Conselheiros José Alfredo Rocha Dias, Fernando Vita, Plínio Carneiro Filho, Mário Negromonte e Substituto Ronaldo Nascimento de Sant’ Anna. Ato: Deliberação nº 09368/14/2015. Quem quiser pode consultar o processo no site do TCM. Nº Processo nº 09368-14, aqui

Vereador pode ser cassado por admitir roubo

Capturar (2)

“Não tenha inveja de mim, vá roubar também”. Esta é a frase escrita no carro de um vereador de Itapebi a 167 km de Itabuna. Segundo site Itapebi Notícias, o edil, cujo nome não foi divulgado, é dono de uma empresa limpa fossa que arrecada R$ 10.400,00 por mês da prefeitura local.

Não é a primeira vez que vereadores admitem serem a favor de por a mão em dinheiro público. Outro caso recente aconteceu no município de Parauapebas, no sudoeste do Pará, quando o vereador Odilon Rocha (PMDB) disparou na tribuna da Câmara: “Se o vereador não for corrupto ele não se sustenta com o salário que ganha”. Resultado: foi afastado do cargo.

Ex-prefeito de Buerarema é condenado por desvio de verba do programa Projovem

O ex-prefeito de Buerarema, Orlando-Filhofoto-RobertoSantos, foi condenado a pagar multa de quatro vezes o valor da remuneração que recebia como prefeito, devidamente corrigida, por não ter prestado contas de verbas para execução do programa Projovem – Programa Nacional de Inclusão de Jovens -, no valor de R$ 38.943.

A juíza Maízia Seal Carvalho Pamponet, da 1ª Vara Federal de Itabuna, no sul do estado, ainda determinou a suspensão dos direitos políticos do ex-prefeito por quatro anos. Na ação, impetrada pelo Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA), foi pontuado que o ex-gestor recebeu as verbas do programa federal e “deixou de cumprir a obrigação que lhe competia – comprovar a regularidade da aplicação dos recursos por meio da denominada prestação de contas – sem que apresentasse qualquer justificativa para o descumprimento da determinação legal de prestá-las, seja na via administrativa, seja perante o juízo”.

O MPF chegou a dar um novo prazo para o réu para apresentar as contas ou para devolução dos recursos repassados. Entretanto, os documentos não foram apresentados. Para a juíza, o réu é responsável pela prestação de contas das verbas. “Comprovada a responsabilidade do requerido pelos recursos repassados em sua gestão, registro que a conduta ímproba, por sua vez, ficou devidamente comprovada pela ausência da prestação de contas, consoante infere-se de toda a documentação que dormita nos autos”.

Sobre o pedido de ressarcimento, a juíza considerou que o MPF não conseguiu comprovar o quanto foi desviado, e que há um processo administrativo que visa o ressarcimento dos danos ao erário, e por isso, não poderia acatar o pedido do órgão. Redação Bahia Notícias.

Davidson Magalhães pode voltar a ser suplente

Davidson-Magalhaes-Presidente-da-Bahiagas-321O governador Rui Costa (PT) está insatisfeito com o desempenho de Nelson Pelegrino na secretaria de turismo do estado. O comentário no Congresso do PT desta quinta-feira era que Nelson Pelegrino estaria na “corda bamba”.Com a saída de Nelson Pelegrino, o governador poderia contemplar o PR com uma secretaria, já que o partido fez parte da coligação e ficou fora do primeiro escalão do governo.

A possível saída de Nelson Pelegrino tem deixado bastante preocupado o deputado federal Davidson Magalhães (PC do B). O mesmo é o segundo suplente da coligação, e com a exoneração de Pelegrino, ele retornaria para a suplência, ou seja, sem mandato.

O governador Rui Costa (PT) está insatisfeito com o desempenho de Nelson Pelegrino na secretaria de turismo do estado. O comentário no Congresso do PT desta quinta-feira era que Nelson Pelegrino estaria na “corda bamba”.

Com a saída de Nelson Pelegrino, o governador poderia contemplar o PR com uma secretaria, já que o partido fez parte da coligação e ficou fora do primeiro escalão do governo.

A possível saída de Nelson Pelegrino tem deixado bastante preocupado o deputado federal Davidson Magalhães (PC do B). O mesmo é o segundo suplente da coligação, e com a exoneração de Pelegrino, ele retornaria para a suplência, ou seja, sem mandato.

Acusado de estelionato afirma que Fernando Gomes é um mentiroso

No final da tarde desta quarta-feira (10), o advogado André Setti entrou em contato com a nossa redação e apresentou uma versão contrária a que Fernando Gomes informou. Conforme contou o advogado, o seu cliente Lielson Goés está sendo acusado de um crime que não cometeu. Segundo informações, o contrato de compra e venda foi celebrado e Fernando o assinou através de uma empresa a qual é sócio. Entretanto, por desentendimentos recentes, a sociedade foi desfeita e o ex-prefeito está buscando anular o contrato celebrado com Lielson.  Setti ainda afirmou que já tomou as providências cabíveis e tem provas concretas de que seu cliente está sendo acusado de algo que não cometeu, como demonstra no contrato acima exibido.

Governo adia reunião do Pacto pela Vida em Itabuna

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia adiou a reunião do programa Pacto pela Vida, que aconteceria nesta quinta-feira (11) em Itabuna. A informação foi transmitida ontem (9) ao deputado estadual Augusto Castro (PSDB), pelo secretário Maurício Barbosa. Por delegação do presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, Castro seria o representante da casa na reunião. Ainda não foi informada nova data para o encontro.

Augusto é autor de uma indicação, na qual recomenda ao governo a interiorização das reuniões do Pacto pela Vida. Além da Assembleia e do executivo estadual, o encontro em Itabuna teria representantes do Tribunal de Justiça, Ministério Público, Polícias Militar e Civil, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e instituições da área social.