“Nego Wallace” é preso no Maria Pinheiro

Fotográfo: Ednaldo Pinto

Na noite deste domingo (26/05), por volta das 23:00hrs, em uma operação conjunta da 2ª Cia e ROTAM policiais obtiveram êxito ao prender Wallace Oliveira Santos, vulgo “Nego Wallace” em um bar do bairro Maria Pinheiro. Junto à ele estavam 6 pessoas que foram conduzidas até o Complexo Policial, dentre estes 3 eram maiores de idade e permaneceram detidos, e os outros três menores foram ouvidos e liberados. Além disto, foi apreendido uma moto Honda Bros NXR e um Palio, cor verde escuro, que foram apontados como sendo os veículos utilizados em suas ações criminosas. Vale ressaltar que este possivelmente é Pálio que foi visto durante as tentativas de homicídio na Sexta-feira (24/05). Segundo informações, Wallace já era um antigo procurado da Polícia Civil, e na manhã desta segunda-feira (27/05), em depoimento, o acusado confessou ter assassinado 11 pessoas. Mães das vítimas estiveram no Complexo para prestar depoimentos com a firme convicção que foi “O Nego Wallace quem matou os seus filhos”.

 

Homicídio em pleno Domingo

Fotográfo: Ednaldo Pinto

Um homem não identificado foi morto na tarde deste domingo (26/05), por volta das 15:00hrs, na rua G – bairro Vila Anália em Itabuna. Cerca de 6 tiros de 38 atingiram a região da cabeça e os braços. Segundo informações de populares, homens em um Palio, cor preta, placa não identificada, deflagaram os tiros contra a vítima que passava pela rua pedalando uma bicicleta. A perícia está no local e o corpo será encaminhado para o DPT de Itabuna.

 

 

 

 

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.
Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

Rebelião no presídio inicia com 4 feridos e 1 morto

Detento Juramilson Silva dos Santo saindo do Hospital de Base de volta para o Presídio de Itabuna
Fotográfo: Ednaldo Pinto. – Detento Juramilson Silva dos Santo saindo do Hospital de Base de volta para o Presídio de Itabuna

Na tarde de hoje sábado (25/05) detentos do Conjunto Penal de Itabuna iniciaram uma rebelião, este feito mobilizou policiais militares do 15° Batalhão e o policiamento de choque que está atuando dentro da unidade prisional. Quatro presos ficaram feridos e foram conduzidos ao Hospital de Base são eles: Juramilson Silva dos Santos (Confira nas fotos) (Já saiu do Base e retornou para o Presídio novamente), Fábio Pereira da Silva, Jabes Ribeiro Santos e Rosivaldo Ferreira Cardoso (Continuam ainda no Base). O detento que acabou morrendo devido os golpes de faca na cabeça, costas e calcanhar tinha o apelido de Papi e seu nome era Roberto Santos da Silva, ex morador do bairro Zizo já está no DPT. (Confira as fotos dele morto e esfaqueado na galeria). O detento Juramilson ao sair da unidade hospitalar revelou que a confusão dentro do Conjunto Penal foi iniciada por integrantes da facção criminosa do “Raio A”, e que um preso da mesma facção está com dois revólveres calibre 38 e já teria disparado tiros dentro da cadeia.

 

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.
Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

 

 

Homem encontrado morto no Jorge Amado

Um homem identificado como “Valdiron” foi encontrado morto em sua residência situada na Rua Pitanga – Bairro Jorge Amado nesta sexta-feira (24/05) por volta das 17:00hrs.  O corpo foi encontrado dentro de um quarto em estado de decomposição. A perícia esteve no local e levou o cadáver para análise. Por enquanto, não temos informações sobre a causa da sua morte.

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.
Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

Quatro baleados na noite de Sexta-feira em Itabuna

O Hospital de Base estava bastante movimentado, pois, três pessoas baleadas foram encaminhadas para urgente atendimento, foram elas: José Mário Pereira de Freitas 27 anos, baleado na perna direita e no braço direito, a tentativa aconteceu na Favela do Gongo Bairro são Lourenço, Amilton Cruz de Morais, 19 anos, recebeu um tiro no abdômen e a tentativa  ocorreu no bairro Jorge Amado. O terceiro aconteceu no Bairro Sarinha Alcântara onde Joelson Alves Santos 32 anos foi baleado na cabeça duas vezes e  no tórax. Ao chegar no Base a nossa reportagem observou que esses três já estavam no centro cirúrgico, porém, uma quarta tentativa de homicídio já havia acontecido na Nova Itabuna, um homem identificado como Lenilton Oliveira, foi alvejado na mão direita, sendo medicado foi liberado do Pronto Socorro.

Além destes fatos, um homem de 60 anos deu entrada no Hospital por um corte de facão no pescoço, fato ocorrido em Camamu.

Repórter Oswaldo Bispo

Executado a tiros no São Caetano

Fotográfo: Ednaldo Pinto

Thiago Barbosa da Silva, 22 anos, morador do bairro Novo São Caetano foi alvejado com vários tiros nesta quinta feira (23/05), por volta das 19:30hrs, na rua Juarez Távora – Novo São Caetano. A irmã da vítima informou que ele havia saído para comprar pão, e, em seguida ouviu tiros sendo deflagrados ali por perto, ao chegar no local dos disparos viu o irmão caído sangrado. O Samu foi chamado porém ele morreu em poucos minutos no local. Duas versões foram apresentadas no local, a primeira foi que dois homens estariam em uma bicicleta, e, a outra é que estavam de moto. A vítima já contava com passagem pela Delegacia e recentemente envolveu-se numa troca de tiros no bairro São Caetano.

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.
Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

EXCLUSIVO: Assalto no posto “Chame Táxi” próximo do Hospital de Base

Imagens cedidas pela Câmera de Segurança
Fotográfo: Ednaldo Pinto

Um homem não identificado encapuzado, com óculos em posse de uma pistola 380 cometeu assalto nesta quinta-feira (23//05) por volta das 16:00hrs no Posto do “SindiTaxi” – “Chame Táxi” – próximo do motel Veneza. Sob grave ameaça o Presidente do Sindicado Eduardo Cardoso e os frentistas ficaram assustados com a ação do meliante que levou uma quantia de dinheiro ainda não revelada. Com um veículo Uno – Preto a sua espera, o assaltando fugiu pela BR-101. Confira as fotos do assalto.

Mais uma mulher tentando entrar com drogas no Presídio

Jussara de Oliveira Santos foi presa na manhã desta quinta-feira (23/05), após chegar ao Conjunto Penal de Itabuna para visita. Em uma revista de rotina para que a mesma pudesse entrar, foi encontrado um carregador de celular, bateria, dois chips, cerca de 50g de maconha e 15g de cocaína enrolados em um colchão. Segundo a Polícia ela já foi presa por tráfico de entorpecentes, e mais uma vez foi presa em flagrante.

Homem mata mulher com 25 facadas para ficar com a sogra

A comerciante Jéssica Carline Ananias da Costa, de 22 anos, mãe de uma menina de 4 anos, foi assassinada com 25 golpes de faca desferidos pelo próprio marido, o bacharel de Direito Bruno José da Costa, de 26.

Mas, o mais surpreendente é que a própria mãe da vítima, Célia Forti, de 48 anos, teria ajudado a planejar o assassinato para ficar com o genro.

A revelação foi feita pelo delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana, Ítalo Sega, depois que o assassino confessou que a traía a esposa com a sogra já fazia quatro anos, que ela “sabia de tudo” o que ia acontecer à filha e que o crime vinha sendo planejado há dias.

O crime aconteceu no dia 9 na casa do casal, na Rua Nossa Senhora da Conceição, no bairro Igrejinha, zona sul de Apucarana. Bruno confessou que a ideia era simular um latrocínio.

Célia nega que tenha ajudado a planejar o assassinato da filha, mas confessa que mantinha um relacionamento com o genro.

Porém, familiares e amigos de Jéssica afirmam que durante o velório a mãe ficava ao lado do caixão, passa a mão no rosto da filha, mas não levantava o rosto para encarar as pessoas.

Bruno José da Costa está preso, mas a amante permanece em liberdade por ter passado o prazo do flagrante.

Reprodução Radar

Michael Capenga é morto no São Caetano

Reprodução: Renan
Reprodução: Renan

Um homem identificado como Michael Bispo Santiago, de aproximadamente 27 anos, foi assassinado neste domingo (19/05), com cinco disparos de pistola, fato ocorrido na rua Olivia Torres no bairro São Caetano, em Itabuna. A companheira da vítima, contou que ele vinha sendo seguido por um homem, mas não soube explicar quem foi.

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.
Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

Jornalista Paulo Leonardo

Caso do padre pedófilo

padre1O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o padre Emilson Soares Corrêa, de 52 anos, por abusar sexualmente de uma adolescente entre 2005 e 2006, quando a vítima tinha 13 anos, em Niterói. Os pais da jovem, Ubiratan Homsi e Nilcimar Pacheco Ribeiro, também foram denunciados por extorquirem e ameaçarem o padre, ao tomarem conhecimento do crime.

Polícia Civil prende seis pessoas e apreende armas e drogas

A polícia civil de Itabuna realizou, na manhã desta quinta-feira (16), uma operação de rotina que resultou na prisão de seis pessoas, entre elas três mulheres. As prisões aconteceram na Avenida Beira Rio no Bairro Nova Itabuna, em cumprimento a três mandados de busca e apreensão.

Foram presos Alanderson Nascimento, de 19 anos, mais conhecido como Japa, Rafael Pereira, de 19 anos, José Amorim, de 20 anos, mais conhecido como Pajé, e as mulheres Taiara dos santos, de 30 anos, Kailane dos santos, de 19 anos, e Marilene Ferreira de 38 anos, que é mãe de Pajé. Dois adolescentes também foram conduzidos para o Complexo Policial.

Nas residências onde os acusados foram presos, a polícia encontrou 50 gramas de cocaína, 105 gramas de maconha embalada para venda, mais 260 gramas de maconha prensada, balança de precisão, um revólver valibre 38, uma espingarda, diversas munições de calibre 38, 32 e 12, além de um notebook, que um dos presos assumiu ter sido trocado por droga. Segundo a polícia, em uma das casas foi encontrado um cão da raça pitbul, que segundo a polícia, fazia a segurança do local e atrapalhava a ação dos policiais.

Os acusados foram autuados por associação ao tráfico, formação de quadrilha e bando armado.

De RadarNotícias

Vitória da Conquista: soldados da PM são indiciados por morte e desaparecimento de menino de 9 anos

Maicon_03Seis policiais militares foram indiciados pelo desaparecimento e morte de um menino de 9 anos em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, segundo informações da Polícia Civil. O garoto Maicon Batista Braga está sumido desde o dia 4 de dezembro do ano passado, quando brincava em um local onde aconteceu um tiroteio – PMs atiraram contra um grupo que acreditavam ser de traficantes. Ao contrário da versão inicial da PM, o inquérito concluiu que não houve troca de tiros e só os policiais atiraram.

O delegado Neuberto Costa, titular da Delegacia de Homicídios da cidade, encaminhou na segunda-feira (13) o inquérito policial sobre o caso ao Ministério Público. Os seis soldados indiciados são da 77ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). Três deles foram indiciados por homicídio e ocultação de cadáver e três por ocultação de cadáver.

Os indiciados faziam parte de duas guarnições da PM que estiveram no Condomínio Vila Sul e atiraram, segundo nota da Polícia Civil, “em um grupo de garotos, que retornava de uma lagoa próxima”. Um processo administrativo sobre o caso também foi instaurado pela Corregedoria da PM e já está em fase de conclusão.

O laudo de reconstituição do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi anexado ao inquérito na última quarta e revela que os únicos tiros disparados no local, em um matal ao lado do condomínio, partiram dos policiais militares. Os soldados Pablo Mendes Almeida Borba, Josias Nascimento Libarino e Kleber Jackson Rodrigues, indiciados por homicídio e ocultação de cadáver, admitiram em depoimento que atiraram contra um grupo que eles suspeitavam ser de traficantes. Os soldados Mateus Queiroz de Oliveira, Warley Lopes Santos e Agenlado Gama Silveira Junior foram os indiciados por ocultação de cadáver.

O inquérito ouviu mais de 20 testemunhas e todos os policiais que participaram da ação. O Ministério Público acompanhou o caso.