Nota de esclarecimento Dom Parking

Novamente são vinculadas matérias infundadas sobre a Dom Parking, antes mesmo de verificarem a veracidade das reclamações que a eles são feitas.

A Dom Parking em respeito aos seus funcionários e usuários do sistema rotativo de Itabuna, reafirma que cumpre rigorosamente com todas as leis trabalhistas e por não ter sindicato da categoria em Itabuna, adota o que a lei determina; ou seja todas as homologações de ex funcionários (com mais de um ano de contrato trabalhista) deverão ser feitas em uma agencia do Ministério do Trabalho.

As agencias do Ministério do Trabalho em todo Brasil entraram em greve no ano de 2015 e até o presente momento algumas funções como a de homologar rescisões trabalhistas estão suspensas e em discussão entre o comando de greve e representantes do Ministério do trabalho. A Dom Parking e demais empresas com demandas junto ao MT continuam aguardando a volta das homologações na região que abrange/atende aos trabalhadores de Itabuna. A Dom Parking está procurando soluções legais para resolver este problema que não foi voluntário e que atinge todas as empresas nas comarcas onde o serviço continua suspenso.

Moradores do Santo Antônio protestam contra falta de água

Mais uma vez a falta de água é motivo para protesto em Itabuna. Dessa vez, o episódio está ocorrendo na rua Ana Francisca, localizada no bairro Santo Antônio. A interdição iniciou-se por volta das 13h30min desta quarta-feira (18) e, segundos os moradores, não tem hora pra acabar. Eles informaram que o abastecimento de água previsto nas residências não ocorreu, além da não disponibilização de água no tanque local. O clima de nervosismo e chateação é tenso por parte dos manifestantes.

Com a palavra Ricardo Campos..

 

Prefeitura cadastra ambulantes para passagem da Tocha Olímpica

A Prefeitura de Itabuna, por meio do Departamento de Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal de Saúde, vai cadastrar ambulantes que desejem trabalhar na venda de comidas e outros produtos durante a passagem da Tocha Olímpica, no próximo sábado, 21, a partir das 16 horas, pelas principais vias da cidade. A autorização para o ambulante poderá ser solicitada nesta sexta-feira, entre as 9 e 12 horas, na sede da Vigilância Sanitária na Avenida Manoel Chaves, no São Caetano.

Apenas 30 autorizações para os vendedores serão disponibilizadas. Por se tratar de um evento esportivo e olímpico, a venda de bebida alcoólica está proibida pelo Comitê de Organização Nacional. No ato de inscrição serão prestados os esclarecimentos sobre a montagem de barracas e comercialização dos produtos. Os ambulantes terão uma área especifica para montar barracas, nas ruas transversais à Avenida Aziz Maron.

Mais de 2.500 moradias populares serão entregues em junho em Itabuna

As famílias cadastradas no Programa Minha Casa, Minha Vida, em Itabuna, serão contempladas nos próximos meses com a inauguração de 2.548 moradias populares com a conclusão das obras de construção dos conjuntos habitacionais Itabuna Parque, no bairro São Roque, e Gabriela e Jubiabá, em Nova Ferradas. Os três empreendimentos serão entregues pela Prefeitura de Itabuna e Caixa Econômica Federal no segundo semestre.

De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento e Tecnologia, as obras do Itabuna Parque estão em fase final de conclusão, faltando a pintura de cinco prédios, implantação de rede de drenagem em uma das oito ruas, construção do parque infantil e quiosque e lavamento de 100 metros de muro. O conjunto habitacional conta com 112 imóveis no padrão village, 48 unidades adaptadas para portadores de deficiência e demais prédios de quatro andares.

Atrasos de salários geram protesto e paralisação na Maternidade Ester Gomes

Sem salários há três meses, funcionários da Maternidade Ester Gomes (Mãe Pobre), em Itabuna, protagonizaram um protesto em frente à unidade na manhã desta terça-feira (17). Eles paralisaram as atividades por duas horas – das 7h às 9h – para reivindicar a regularização dos pagamentos.

A situação dos médicos é ainda mais delicada. Eles estão sem receber os proventos há aproximadamente nove meses, segundo informou João Evangelista, diretor do Sintesi (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região). Os obstetras resolveram cruzar os braços, até que a direção da maternidade sinalize alguma solução.

Quanto aos demais funcionários, eles decidiram voltar ao trabalho depois da paralisação de advertência, até que algumas questões sejam resolvidas, como processos que tramitam no Ministério Público do Trabalho e ação trabalhista no Justiça do Trabalho.

Professores cobram reajuste e ameaçam não iniciar ano letivo já atrasado

As aulas do ano letivo 2016 na rede municipal de Itabuna, previstas para serem iniciadas nesta quarta-feira (18) ainda não estão garantidas. Entre esta segunda-feira (16) e terça-feira (17) a prefeitura local realiza a semana pedagógica. De acordo com as informações, os professores da rede municipal cobram reajuste de 11,3% para profissionais de nível médio e 10,26% para os profissionais com graduação e especialização. Ainda nesta segunda, a categoria faz uma assembleia para decidir os rumos do movimento. Na cidade, trabalham 1.325 professores que atendem 20 mil estudantes.

Sindilimp saúda os garis pelo seu dia

Hoje, 16 de maio, é o dia em homenagens aos trabalhadores garis. São homens e mulheres que zelam pelas ruas, praças e avenidas das cidades com dedicação e alegria. Sem eles, a vida urbana seria um caos. “Quero celebrar com os garis da nossa região este dia tão importante. Vamos lutar sempre para que tenham melhores condições de trabalho e uma vida com dignidade”, afirmou José Carlos Conceição de Jesus, coordenador regional do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp). Os garis trabalham na limpeza das vias públicas com varrição e recolhimento dos resíduos sólidos, produzido pela população. Sua missão vai além da limpeza. Os garis são agentes que contribuem pela preservação do meio ambiente e da saúde coletiva.

Tá precisando de emprego? Confira as oportunidades para esta segunda (16)

UNIDADE DE ATENDIMENTO: Os candidatos interessados devem se dirigir à unidade do modelo SineBahia Itabuna, situada na Avenida Inácio Tosta Filho, Centro.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: das 8h00 às 14h00.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Imprescindível portar número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Analista de Marketing

Ensino Superior incompleto/ Adm, Marketing ou Logística

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Auxiliar Administrativo

PCD ( Pessoas Com Deficiência)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

1 vaga

Auxiliar de Cozinha

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Auxiliar de Depósito

Ensino médio incompleto

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Auxiliar de Manutenção Predial

Ensino fundamental Completo/ Adm

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Auxiliar de Pessoas

Ensino cursando Superior Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Leia mais…

Cabeleireira tem balde de água roubado em estiagem de Itabuna

A falta de água em Itabuna tem gerado situações inusitadas. Uma cabeleira teve a água levada por um desconhecido. Segundo relato de Maria Eugênia Sertório, ela tinha colocado um balde de água para aparar a água da última chuva que caiu na cidade. No espaço de tempo em que ela entrou em casa e voltou, o balde não estava mais no lugar. “Quando vi a chuva, saí correndo, botei o balde na porta. Cinco minutos depois, voltei e já tinham levado minha água”, disse à reportagem. Ainda segundo a emissora, o desabastecimento provoca filas nos tanques comunitários e também revolta na população. Na tarde de terça-feira (10), moradores do condomínio São José, no bairro Ferradas, fecharam a BR-415. Os manifestantes afirmam que estão sem água há dez dias. O condomínio foi entregue há apenas dois meses.

Servidores iniciam greve em Itabuna

O serviço público municipal parou nesta quarta-feira (11), em Itabuna. Uma greve por tempo indeterminado foi deflagrada pelo Sindicato dos Servidores, que não aceita a proposta de reajuste zero apresentada pelo prefeito Claudevane Leite (PRB).

A paralisação foi decidida em assembleia no último dia 5. Na mesma reunião, ficou acertada a busca do Ministério Público do Trabalho para mediar as negociações entre sindicato e governo, e para pleitear a reposição das perdas salariais na Justiça.

De acordo com representantes do sindicato, desde a assembleia que deliberou pela deflagração da greve, o governo não procurou a entidade. A informação é de que o movimento tem boa adesão e está respeitando a exigência de manter um efetivo de 30% em atividade.

PREFEITURA DIZ QUE CRISE IMPEDE REAJUSTE

A Prefeitura de Itabuna divulgou nota na qual reitera a impossibilidade de conceder reajuste salarial neste momento, em razão da crise financeira e política. Segundo o governo municipal, tem sido registrada queda na receita tributária e de repasses constitucionais. Na nota, o governo diz que está aberto ao diálogo e que mantém o compromisso de pagar salários em dia, mas sem poder autorizar reposição este ano. O Sindicato dos Servidores recusou a proposta de reajuste zero e diz que tentará obter a reposição de perdas pela via judicial.

Nota pública

A empresa TRANSPORTE URBANO SÃO MIGUEL DE ITABUNA lamenta profundamente o ocorrido no dia 09 de maio de 2016, quando um dos seus motoristas ao conduzir o ônibus coletivo, envolveu-se em acidente automobilístico que culminou com o falecimento de uma pedestre no Bairro Fernando Gomes. Informa, ainda, que está apurando as causas do acidente e prestando todos os esclarecimentos às autoridades, sendo que as apurações preliminares indicam a ausência de culpabilidade do motorista da empresa que trafegava em baixa velocidade, aproximadamente 10km/h, guardando distância de segurança, sendo surpreendido com a colisão da pedestre com o eixo traseiro do ônibus. A empresa expressa seu sentimento de pesar aos familiares e amigos.

Atração musical dessa sexta na AABB é Leo Jorge

O responsável pela programação musical da AABB Itabuna, Raul Vilas Boas, agendou para esta sexta (13/05), a partir das 20h00, o cantor e instrumentista Leo Jorge Rebouças (foto). É música de qualidade pra ouvir ao vivo com a família, os amigos e até as crianças. Isso mesmo: “No clube tem parque infantil bem ao lado da Cabana do Tempo, espaço onde têm se apresentado as melhores atrações musicais da noite itabunense. De onde estiver você fica tranquilo, vendo os pequenos se divertindo, correndo pra lá e pra cá”, garante o vice-presidente social da AABB.

Leo Jorge na Cabana do Tempo.

Nas mesas, serviços de bar e restaurante próprios da casa, com frutos do mar e outros pratos, além de tira-gostos, bebidas prontas e feias na hora, a preços menores que em outras casas de padrão na cidade. “E mais em conta ainda porque não cobramos couvert artístico nem de 10% de gorjeta na nota”, informa Raul.

A abertura da Sexta Super Musical é uma retribuição da presidente da AABB Itabuna, Maruse Dantas, à preferência da sociedade em sediar no clube os eventos mais concorridos da cidade. “Não precisa ser sócio do clube pra chegar e nem tem que vir junto com sócio pra entrar”, destaca Maruse. “Quem vem sexta à noite, além de ouvir música ao vivo de qualidade, ainda tem direito de estacionar dentro do clube com todo conforto e segurança”.

A AABB Itabuna fica na Rua Espanha s/n, travessa da Avenida Europa Unida, São Judas. O acesso é pela Ponte Calixto Midlej (Vila Zara) para quem vem da Avenida Juracy Magalhães, saída para Ilhéus, ou pela Av. Aziz Maron (Beira-Rio) e bairro Conceição para quem da BR-101/Shopping. Os telefones do clube são (73) 3211-4843 e 3211-2771.

Tá precisando de emprego? Confira as oportunidades para esta quarta (11)

UNIDADE DE ATENDIMENTO: Os candidatos interessados devem se dirigir à unidade do modelo SineBahia Itabuna, situada na Avenida Inácio Tosta Filho, Centro.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: das 8h00 às 14h00.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Imprescindível portar número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas disponíveis somente nesta quarta-feira (11)

Ajudante de carga e descarga de Mercadoria

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

10 vaga

Assistente Administrativo

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Auxiliar Administrativo

PCD ( Pessoas Com Deficiência)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

1 vaga

Auxiliar de Pessoas

Ensino cursando Superior Completo/ Adm

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 vaga

Auxiliar de mecânico de Ar condicionado

Ensino Médiol Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

1 vaga

Carregador de Armazém

Pessoas com Deficiência(PCD)

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

5 vaga

Leia mais…

Sem testes clínicos, pílula do câncer poderá ser vendida por R$ 6 a cápsula

Márcio Almeida – Oncologista

Não se conhece os efeitos colaterais ou a eficácia, e nenhum estudo em humanos foi realizado. Mas a pílula do câncer pode começar a ser comercializada por R$ 6 pela PDT Pharma, laboratório que foi autorizado a produzir a fosfoetalonamina apenas para testes. O preço foi calculado pela PDT Pharma quando questionada pela Justiça sobre a possibilidade de fornecer a droga mediante ações judiciais. Até agora, 12 liminares obrigam o laboratório a distribuir a cápsula. Outros 275 processos tramitam nos tribunais. As informações são do portal G1.

A substância ganhou fama de milagrosa entre pacientes, por curar diversos tipos de câncer. Tribunais de Justiça de todo o Brasil recebem ordens para obrigar laboratórios a fornecerem a pílula, que ainda não passou por todos os estudos exigidos pela legislação brasileira. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) — que regulamenta o setor de medicamentos — e diversas as entidades médicas já se posicionaram contra a venda da “fosfo”.

A PDT Pharma se vê em um beco sem saída. De um lado, a Justiça obriga o fornecimento da pílula do câncer. De outro, a Anvisa proíbe a venda enquanto os estudos clínicos não forem concluídos. Não se sabe ainda, por exemplo, a dosagem correta para ingestão da droga. Para Márcio Almeida, médico da Aliança Oncologia, a decisão de liberar a fosfoetalonamina abre um precedente perigoso: “Não se sabe nada da efetividade da pílula. Essa aprovação faz que outros remédios experimentais também possam ser aprovados sem os testes exigidos”, analisou.

Márcio conta que é comum nos consultórios pacientes perguntarem se podem tomar doses da pílula do câncer. “Eu não vou proibir, mas também não vou prescrever uma substância que não tem o aval da Anvisa“, pontuou. Mesmo com os relatos de pacientes que conseguiram regredir os tumores e até mesmo se curar do câncer, Almeida se mantém cético. “Pela complexidade do câncer, com mais de 100 tipos e mecanismos moleculares diferentes, é difícil acreditar que uma substância vai resolver tudo”, opinou.

Ele reforça que não é contra a pílula, mas se opõe ao que chamou de “aprovação sem critérios” da droga: “Os médicos trabalham em prol do paciente. Seria ótimo ter controlada uma doença grave como essa. Mas a liberação tem que ser realizada de maneira responsável”, completou o oncologista.