Manifestação no Bairro de Fátima nesta quinta-feira

Moradores do Bairro de Fátima, em Itabuna, estão organizando uma manifestação para as 17 horas desta quinta-feira (22) na rua São Francisco. Segundo o “Crispim do Táxi”, acidentes acontecem com frequência nesta localidade por falta de sinalização. A ideia do protesto é interditar a pista e chamar a atenção de autoridades para que instalem um semáforo na rua. Os manifestantes convidam taxistas e moto-taxistas para participarem do ato.

Aprovação de lei pode provocar reajuste na tarifa de ônibus

De acordo com o Blog Políticos do Sul da Bahia, a Câmara de Itabuna aprovou por unanimidade em primeira votação o projeto de lei do vereador Júnior Brandão (PT) que garante gratuidade no transporte coletivo do município para pessoas com idade entre 60 e 64 anos.

Atualmente, as empresas de ônibus que exploram o serviço só reconhecem como idosos, para a concessão do benefício, pessoas com 65 anos ou mais que isso.

O projeto do vereador Júnior Brandão pode causar o reajuste na tarifa, já que com o aumento do número de pessoas que não pagam passagem é o grande vilão do aumento inflacionário do preço da tarifa.

Em alguns municípios que a gratuidade é a partir dos 60, a lei foi criada há mais ou menos 35 anos, quando com 55 anos a pessoa era considerada “idosa”. Atualmente existem vários jovens com 60 anos.

Sete de Setembro em Itabuna homageia Vinícius de Moraes

No desfile cívico do sete de setembro de Itabuna a obra poético-literária do cantor e compositor Vinícius de Moraes dará o tom à festa. Para tanto, a Secretaria Municipal da Educação (SEC) está empenhada na organização da homenagem a Vinícius no tradicional desfile que marcará as comemorações dos 191 anos da Independência do Brasil, em 1822. O desfile reunirá escolas da rede pública municipal e estadual, além de escolas da rede privada, instituições militares, clubes de serviços, maçonarias e movimentos sociais.

A partir da temática “Itabuna, Educando e Encantando com Vinícius de Moraes”, cerca de 1.500 estudantes levarão para a Avenida do Cinquentenário personagens e temas que inspiraram as composições do diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta, cantor e compositor brasileiro, que se vivo estivesse completaria neste ano 100 anos de seu nascimento.

De acordo com a assessora de Arte-Educação do Departamento de Educação Básica da SEC, Núbia Nascimento França, além dos estudantes, o Desfile Cívico do Sete de Setembro deverá contar com a participação de mais de 1.200 integrantes de corporações e instituições militares – Tiro de Guerra 06/007, Polícia Militar, Colégio da Polícia Militar e Grupamento de Bombeiros Militares. Na segunda-feira, dia 26, a comissão organizadora já terá definido a ordem do desfile e a quantidade de entidades que participarão da Festa da Independência no município.

Dentre as 110 unidades municipais de ensino, 30 já confirmaram participação no desfile cívico. Pela rede pública estadual estarão desfilando estudantes de 10 colégios. A preparação nas escolas municipais, além dos ensaios, está permitindo aos alunos o acesso ao universo poético-literário de Vinicius de Moraes. Ao definir a temática do Sete de Setembro em Itabuna, a Secretaria da Educação propôs às escolas o resgate e valorização da cultura nacional com o cantor e compositor das mais belas composições da música popular brasileira.

Secretarias municipais lançam prestação de serviço à comunidade

Atendimento do SAS aos moradores do bairro Ferradas.

Aconteceu nesta terça-feira (20) no bairro Ferradas o lançamento do projeto “SAS Perto de Você”. O programa foi criado pela Prefeitura de Itabuna por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS) em parceria com as secretarias municipais da Saúde e da Educação e com a proposta de realizar mensalmente mutirões de serviços sociais e até cuidado com a beleza da população mais carente.

No lançamento em Ferradas, cerca de mil pessoas foram atendidas nos diversos serviços oferecidos, a exemplo da emissão de documentos no estande do Plantão Social, um dos mais concorridos. Outro estande bastante concorrido foi o do Bolsa Família, que inscreveu novas famílias no programa e atualizou o cadastro de dezenas de outras que deixaram de receber o beneficio por falta de atualização de dados.

O secretário da Assistência Social, José Carlos Trindade, se mostrou satisfeito com o resultado obtido nesse primeiro mutirão. Ele adianta que a proposta do prefeito Claudevane Leite vem sendo cumprida, com as ações acontecendo em benefício da população. “O governo municipal estará ainda mais perto da população para levar as políticas públicas que lhes garanta a inclusão social e o acesso à cidadania e por extensão, uma qualidade de vida decente para as famílias que mais necessitam”, reforçou.

O mutirão durou todo o dia, aconteceu na Praça Frei Ludovico, no centro de Ferradas, e contou com representantes de todos os departamentos da Secretaria da Assistência Social. Os profissionais, além de prestarem serviços sociais, também conversaram com os moradores, tiraram dúvidas e orientaram sobre os programas existentes no município em parceria com o governo federal.

A diretora do Departamento de Proteção Social Especial da SAS, Carla Maria Silveira Midjej, lamentou que por falta de orientação muitas famílias ainda estivessem de fora de programas sociais como o Bolsa Família. “Pois esse problema ficou para trás, já que a nossa proposta, a partir de agora, é levar os serviços da assistência social para perto da população atendendo os bairros da cidade e a zona rural”, informou.

Em paralelo à prestação de serviços, os alunos da Escola Municipal Lourival Oliveira Soares assistiram a palestras proferidas pelo psicanalista Marcelo Pereira de Moura e pela assistente social Eliane Falcão que abordaram sobre os perigos das drogas. As palestras foram realizadas nos três turnos dentro do programa “Crack, é possível vencer” que também será levado a outras unidades de ensino do município. O próximo mutirão será realizado em Mutuns, segundo o secretário da Assistência Social, José Carlos Trindade, em data a ser anunciada.

SEBRAE e prefeitura firmam parceria

O consultor André Portela palestrou à representantes das Secretarias Municipais.
O consultor André Portela palestrou à representantes das Secretarias Municipais.

Servidores e dirigentes de diversas secretarias participaram de uma palestra sobre “Estratégias de Implementação da Lei Complementar 123/2006” e acesso às compras governamentais nesta terça-feira (20) em Itabuna. Com o objetivo de dar conhecimento e ao mesmo tempo alinhar todas as secretarias quanto à implementação e funcionamento da política municipal de apoio às micro e pequenas empresas e ao empreendedor individual, a palestra foi feita pelo consultor André Portela e promovida pela Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo em parceria com o SEBRAE.

O consultor destacou a importância do estímulo para que empreendimentos de pequeno porte que já funcionam sem a devida regularização possam se formalizar e aumentar sua capacidade de geração de emprego e renda. André Portela elogiou a iniciativa da Prefeitura, que busca capacitar os servidores em relação à legislação, ao tempo em que oferece aos empreendedores a oportunidade de se adequarem à lei.

O secretário da Indústria, Comércio e Turismo, José Humberto Martins, enfatizou o esforço do governo municipal no sentido de gerar empregos na cidade, com um programa de atração de empresas e a adoção de políticas que incentivem os micro e pequenos empresários, lembrando que mais da metade dos empregos no Brasil são gerados pelo setor, que “só precisa de um olhar diferenciado, o que é uma diretriz do prefeito Claudevane Leite”. Como exemplo, o secretário menciona a Sala do Empreendedor, que funciona na prefeitura e presta esclarecimentos, apoio e encaminha documentação para os empreendedores interessados em sair da informalidade e desfrutar dos benefícios da legalidade.

Gratuidade do transporte público é discutido em Itabuna

Na próxima quinta-feira (22) o Conselho Municipal de Transporte se reunirá na Câmara de Vereadores de Itabuna para discutir a gratuidade do serviço na cidade. Representantes do Fiscal Grapiúna e do Comando Popular participarão do encontro.

Atualmente, a Itabuna tem quase 10.000 cartões de gratuidade, dos quais mais da metade pertence a portadores de deficiências físicas. Para os empresários do setor, o direito à gratuidade do transporte público é visto como ameaça aos lucros. Em contrapartida, os movimentos sociais reconhecem o acesso ao transporte coletivo como fundamental no cotidiano de trabalhadores e alunos. Por isso, defendem o passe livre para desempregados e estudantes que comprovem baixo rendimento econômico.

Informações: Blog do Gusmão

AMURC: Nota de repúdio

A Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano (Amurc) em solidariedade aos Prefeitos de Buerarema e Pau Brasil e ao Governo do Estado da Bahia, vem à público manifestar-se contra as ações de destruição do patrimônio público ocorridas nesta sexta-feira (16) em Buerarema durante uma manifestação realizada na BR – 101 com o objetivo de pressionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para a demarcação da área em litígio (47 mil hectares entre os municípios de Buerarema, Ilhéus, Una e São José da Vitória).

O presidente e prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, ressalta que a manifestação popular é direito justo e legítimo dos cidadãos, mas a sua prática não se coaduna com o exercício de atitudes que colocam em risco a vida e se assemelhem aos atos praticados por aqueles que, sob pseudo direito de propriedade pratiquem a expropriação e a violência no campo.

Centro Pop cadastra moradores de rua no São Caetano

Técnicos da Assistência Social iniciam cadastramento dos moradores de rua.
Técnicos da Assistência Social iniciam cadastramento dos moradores de rua.

A equipe multidisciplinar do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), da Secretaria da Assistência Social, chegou nesta-quinta-feira (15) à praça Simão Fitterman e áreas vizinhas no bairro São Caetano. A pesquisa quer saber nome e a idade das pessoas em vulnerabilidade social, se possuem documentos, familiares ou parentes na cidade ou em outros municípios, e se são portadoras de alguma doença ou usuário de bebidas alcoólicas ou drogas.

A coordenadora do Centro POP, Sibele Gava, disse que o diagnóstico sócio-territorial vai permitir a Secretaria da Assistência Social definir as ações sociais e a inclusão dessas pessoas nas políticas públicas da assistência social do município. No caso de o morador de rua ser de outra cidade, receberá o suporte necessário para voltar para o convívio familiar se desejar.

A pesquisa nas ruas de Itabuna foi iniciada em maio. Até agora já foram mapeadas as áreas do Centro Comercial e Estação Rodoviária Francisco Ferreira da Silva e as principais avenidas, ruas e praças do centro da cidade. Segundo a coordenadora, o trabalho é lento e gradual, porque como parte desse público é flutuante ou andarilho, escolhe diferentes locais para se abrigar.

“Nem sempre o morador de rua encontrado na manhã em determinado local da cidade para lá volta à tarde ou à noite, daí o cuidado de as equipes voltarem mais de uma vez na tentativa de identificá-lo”. Sibele explicou ainda que o cadastro é coordenado pelo Comitê Gestor do “Programa Crack é Possível Vencer”, do governo federal e será executado pela Secretaria da Assistência Social, que já criou comitê específico para essa finalidade.

O Centro Pop será instalado na Praça Santo Antônio, 67, centro, já que o prédio passará por obras. Mas a equipe multidisciplinar, com 15 profissionais, já atua nas ruas da cidade, mapeamento as pessoas em vulnerabilidade social e vivendo sob marquises e outros locais. Quando entrar em operação, até o final do ano, o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua vai prestar serviços que incluem desde a emissão de documentos a assistência médica e terapêutica com oficinas profissionalizantes, além de atividades sociais, recreativas e educativas.

“A proposta do prefeito Claudevane Leite e do secretário da Assistência Social, José Carlos Trindade, é prestar ampla assistência aos moradores de rua, incluindo-os em programas sociais executados em parceria com o governo federal. A meta é também trabalhar para devolver a essas pessoas a auto-estima, o acesso à cidadania e a promoção à vida, com dignidade e direitos e também com deveres. É o que estamos buscando”, reforçou Sibele Gava.

Novos professores já vão atuar nas escolas do município

58 novos profissionais da Educação já começam a atuar nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino.
58 novos profissionais da Educação já começam a atuar nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino.

Com a contratação nesta quinta e sexta-feira (16) dos professores aprovados em processo seletivo para contratação temporária em regime de 20 e 40 horas, 58 novos profissionais da Educação já começam a atuar nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino da Prefeitura de Itabuna. Com isto, o governo está buscando por fim a uma das demandas que vinha ameaçando comprometer o cumprimento integral da carga horária letiva em algumas unidades de ensino.

Os contratados atuaram nas áreas de ensino de Creche, Educação Infantil, Ciclos de Formação Humana da Infância (CIN), da Pré-Adolescência (CPA) e da Adolescência (CAD), além do Programa de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA). Nesta etapa, estão sendo enviados a 36 escolas da Rede Municipal: 46 professores licenciados em Pedagogia, três em Geografia, um em História, quatro em Matemática, três em Letras, além de um intérprete e tradutor de Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Acompanhado pelo Ministério Público do Trabalho, os processos seletivos promovidos pela Prefeitura de Itabuna para preenchimento de vagas na Educação, além da área de ensino, já contemplou também 92 novos servidores, entre porteiros, auxiliares de serviços gerais, merendeiras e auxiliares de merendeiras.

Segundo a secretária da Educação, Dinalva Melo do Nascimento, a carência por estes profissionais foi identificada antes mesmo do início do ano letivo, a partir do diagnóstico situacional da Rede Municipal de Ensino. Anteriormente e de forma irregular, muitas das vagas de professores eram preenchidas por estagiários e os funcionários que atuavam como apoio nas escolas tinham contratos temporários, que foram encerrados no final da gestão passada, em dezembro.

De acordo com o diretor do Departamento de Acompanhamento de Gestão da Secretaria da Educação, Fábio Peixoto de Melo, um dos fatores que justifica a contratação dos novos professores diz respeito à própria dinâmica da Rede Municipal de Ensino, que registra constantemente pedidos de aposentadoria por tempo de serviço, afastamento por laudos médicos, pedidos de licenças sem vencimentos, licenças com vencimentos para cursos de mestrado e doutorado, além de óbitos.

Você viu? Cadelinha está desaparecida

SissiA cadelinha Poodle de nome Sissi está desaparecida. A cachorrinha já está com uma idade avançada, 13 anos, e está quase cega, precisando de cuidados especiais. A dona Milena pelo é moradora do centro de Itabuna, próximo ao supermercado Meira. Quem encontrar Sissi pode ligar para Milena nos números (73) 8834-8462 / (73) 9155-7710, ou para o Blog do Tom: (73) 3215-3324.

Sinho Ferrari visita alunos da Fundação Marimbeta

Alunos abraçam o cantor em sua chegada.
Alunos abraçam o cantor em sua chegada.

Os alunos do Sítio II da Fundação Marimbeta no bairro Fonseca, em Itabuna, receberam na manhã desta quarta-feira (14) o cantor de arrocha Sinho Ferrari. A visita é uma tentativa de mostrar através do exemplo de vida do cantor e músico grapiúna, que é possível vencer na vida por meio da arte e da música.

O diretor-secretário da Fundação Marimbeta, Wadson Santos, explica: “Trabalhamos com crianças em área de vulnerabilidade social. Nosso objetivo maior é mostrar que elas podem crescer na vida. Sinho Ferrari saiu de uma família humilde, de uma cidade pequena do Sul da Bahia, como Ibicaraí, e hoje leva sua música para todo o Brasil”. Para Wadson, as crianças que fazem cursos de balé, jazz, música, teatro e artesanato na Fundação precisam ver no exemplo do artista que também podem chegar lá. “Queremos que elas saiam do contexto onde estão inseridas, olhem para fora, para o futuro”.

O gestor do Sítio II, Cironilton Gonçalves, lembrou que esse é um bom estímulo para os alunos da unidade. “Quando vêem um ídolo, a gente mostra para eles valorização do que fazem nas oficinas, onde cada dia a procura tem sido maior”.

O cantor Sinho Ferrari declarou o prazer de estar com as crianças do Sítio, já que acompanha os projetos sociais da Prefeitura de Itabuna desde a época em que cantava na banda Top Love. “Visitar hoje, fazendo uma carreira solo e receber o mesmo carinho é muito bom. Sou grato pelo convite.Tudo o que eu puder fazer para ver o sorriso no rosto dessas crianças farei”. O artista disse que o sonho faz parte da vida, mas correr atrás é o segundo passo. “Sempre corri atrás das oportunidades na minha vida toda. Desde os sete anos de idade que canto. Depois de um bom tempo é que estou conseguindo realizar alguns sonhos”, afirmou.

Sinho Ferrari lembrou às crianças que o importante é seguir sempre em frente, não desistir nunca e nem passar por cima de ninguém.

Contas de 2012 do Hospital de Base são rejeitadas pelo TCM

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou em sessão realizada na terça-feira (13), as contas de 2012 da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), que administra o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM).

Durante o período, os responsáveis pelo Hospital eram; Gilnay Cunha Santana, irmã do deputado estadual Gilberto Santana e atual prefeita da cidade de Ibicuí, de 01/01 a 06/06, Ana Maria da Silva Brito de 11/06 a 30/11 e Eduardo José Soares Brandão, de 01/12 a 31/12.

De acordo com o parecer houve ausência de licitações, licitações em modalidades inadequadas, despesas com prazo contratual expirado, ausência de documentos, licitações não encaminhadas ao TCM e expressivo déficit orçamentário.

O relator Raimundo Moreira solicitou representação ao Ministério Público, além de imputar multas e ressarcimentos aos três gestores. Gilnay, foi multada em R$15 mil, além de ter que devolver R$ 18.995,48, Ana Maria da Silva Brito pagará multa de R$ 12.500 e terá que devolver aos cofres públicos R$ 12.340,96 e José Soares Brandão multa de R$ 2.500, todos por irregularidades cometidas durante a gestão.

Atividades do ProJovem Adolescente são iniciadas

A Secretaria da Assistência Social (SAS) de Itabuna iniciou na segunda-feira (12) as atividades do ProJovem Adolescente com a mobilização de jovens na faixa etária de 15 a 17 anos que residem nas áreas de abrangência dos núcleos coletivos dos bairros Novo Horizonte, Monte Cristo, Nova Itabuna, Nova Ferradas e Jorge Amado.

Nesta semana, o trabalho dos técnicos que atuam no programa está centrado na triagem e efetivação da matrícula dos jovens beneficiários do Bolsa Família, um dos públicos alvo do ProJovem Adolescente. Desenvolvido pelo governo federal em parceria com a Prefeitura de Itabuna, o programa caracteriza-se como um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos dos adolescentes com a família e a comunidade.

De acordo com a diretora do Departamento de Proteção Básica II da SAS, Luciana Seara Sousa Lima, os adolescentes assistidos pelo ProJovem também são incentivados ao retorno à escola e a permanência com sucesso no sistema de ensino com a formação cidadã e a sua transformação como agente ativo de mudança em seu meio.

Os núcleos, denominados de coletivos, funcionam como centros onde são ministradas oficinas e palestras, de segunda a quinta-feira, com ênfase em temáticas de convivência social, participação cidadã, formação de caráter e opiniões.

A diretora Luciana Seara ressalta ainda que os participantes do ProJovem Adolescente recebem capacitação para sua inserção no mercado de trabalho e geração de renda, por meio do desenvolvimento de habilidades e trabalhos artísticos, lazer e música. O programa também atende adolescentes encaminhados pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) que estejam cumprindo medidas socioeducativas.

Para a efetivação da matrícula os jovens devem buscar atendimento nos seguintes endereços:

Escolas municipais ajudam no combate à dengue

Propondo ações que busquem a conscientização da comunidade quanto à importância do combate à dengue, parceria entre as secretarias da Educação e da Saúde de Itabuna está desenvolvendo nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino o projeto “De Olho Vivo no Mosquito da Dengue”.

Segundo a secretária da Educação, Dinalva Melo do Nascimento, a metodologia empregada na execução do projeto inclui a realização de reunião de sensibilização com a participação de representantes da Secretaria da Saúde e entrega de carta à comunidade, além da divisão de grupos de pesquisa entre os alunos. As ações estão divididas de acordo com cada segmento educacional.

O trabalho conta com a participação direta do professor que em sala de aula promove a exibição de vídeo sobre o ciclo de vida do mosquito transmissor da dengue, estimula o debate sobre o tema e coordena a pesquisa de campo realizada pelos alunos. Nesta investigação, o aluno leva para casa uma ficha de acompanhamento na qual registra as ocorrências de possíveis criadouros, a exemplo de tanques e reservatórios de água descobertos, garrafas destampadas ou vasos de planta com água.

No último sábado (10) o dia letivo da rede foi marcado pela realização de ações que culminaram na execução do projeto “De Olho Vivo no Mosquito da Dengue” em diversas unidades escolares. Na Escola Jorge Carrilho, no bairro Santo Antonio, por exemplo, focados na temática proposta, os alunos mostraram os trabalhos desenvolvidos em sala de aula utilizando recursos como paródias, soletrando e peças teatrais.

A idéia da escola foi envolver as famílias e a comunidade visando promover a melhoria do bem-estar comunitário, motivando o espírito investigativo do aluno e estimulando a constante prevenção do combate ao mosquito Aedes aegypti, com a eliminação dos possíveis criadouros.

Hospital de Base recebe doações de empresas

Cadeiras para hidratação de pacientes reformadas pela Casa Padim.
Cadeiras para hidratação de pacientes reformadas pela Casa Padim.

A diretoria do Hospital de Base recebeu ajuda de empresas de Itabuna que colaboraram com a reforma da emergência e garantiram melhorias nos serviços prestados à comunidade. A Coelba foi uma das constribuintes, que doou 20 cadeiras para escritório e sala de espera e a Móveis Kiko, que as reformou gratuitamente. A Associação Batista Grapiunense doou 120 lençóis e o escritório de arquitetura Complemento ofereceu o projeto para um abrigo de resíduos sólidos, o qual será construído em breve.

O Hospital de Base recebeu ainda da Casa Padim a doação de cinco cadeiras reformadas para hidratação de pacientes. O investimento médio foi de R$ 600,00 por cadeira, o que gerou uma economia de R$ 3 mil para o hospital. A diretora Administrativa e Financeira do Hospital de Base, Mirian Paranhos, disse que com a reforma das cadeiras, os pacientes terão mais conforto, segurança, higiene e haverá maior controle da infecção hospitalar devido à facilidade de limpeza.

O gerente da Padim, Wallace Spínola, disse que a empresa procura participar dos eventos na cidade e sempre contribuir com a comunidade de Itabuna. “Uma preocupação da empresa é ajudar na parte social da nossa cidade. Em tudo que a Padim pode contribuir, para Itabuna melhorar, estamos fazendo”, afirmou. Wallace explicou que o mesmo processo de reestruturação feito nos móveis da Padim foi utilizado nas cadeiras do hospital.

Já o presidente da Associação Batista Grapiunense, Jesimiel Palmeira, lembrou que “quando estamos fora do Hospital não temos conhecimento das diversas necessidades enfrentadas, mas conversando a gente percebe que pode ajudar”. Jesimiel fez campanha entre as igrejas e conseguiu o dinheiro para comprar o tecido dos lençóis direto da fábrica.

As parcerias com a Padim, a Coelba e a Móveis Kiko foram solicitadas pela diretoria do Hospital de Base, já a Associação Batista Grapiunense se propôs a ajudar a instituição após o internamento de uma associada. Miriam Paranhos destacou que qualquer empresa que possa ajudar o Hospital de Base deve procurar a direção administrativa. “As ajudas são sempre bem vindas”, finalizou.