Trio é acusado de tráfico de drogas e esconder armas

Dois homens e uma mulher foram presos em flagrante, nesta quarta-feira (1º), por policias da 7ª Coordenação Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Ilhéus, que cumpriam um mandado de busca e apreensão, na residência de Danilo Martins Souto Silva.

De acordo com Evy Paternostro, coordenador da COorpin/Ilhéus, ivnestigações realizadas por equipes de sua  unidade, revelaram que o imóvel de Danilo, localizado na região do Cururupe, zona sul da cidade, estava  sendo utilizada para o comércio de drogas e esconderijo de armas.

Diante dessas informações, a 1ª Vara Crime de Ilhéus deferi, então, o mandado de busca no local,  resultando na apreensão de uma pistola Glock G17, calibre 9mm, munições, dois tabletes de maconha, somando quase dois quilos, um pé da planta da droga, 47 gramas de cocaína e uma balança de precisão.

no local, os policais apreenderam ainda dois veíclos, sendo uma picape Ford Ranger e um GM Ágile, quatro chaves de carros diversos, cinco aparelhos de celular, três fitas lacre, uma fina silvertape, três máscaras “dp pânico” e dois pen drives. A origem dos carros será investigada, assim como a das quatro chaves.

Danilo, responsável pelo imóvel, Fernanda Nasciomento Vasconcelos e Robson Santos de Brito, que cumpre liberdade condicional, expedida pela Comarca de Lauro de Freitas, foram conduzidos à 7ª Coorpin, onde prestam depoimento ao delegado Evy Paternostro. Eles serão encaminhados ao sistema prisional.

Jovem morre afogado após desaparecer em barco em Ilhéus

Um rapaz de 21 anos morreu afogado no último domingo (30) na praia do Cururupe, zona sul de Ilhéus. Segundo informações do corpo de bombeiros, o jovem estava em barco pequeno e acabou se distanciando do grupo em que estava e desapareceu. O corpo dele foi encontrado na mesma região do desaparecimento. O homem viajou para Ilhéus após sair de Jequié, onde residia, com um grupo de familiares e amigos, para passar o dia na praia. O corpo do jovem foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Ilhéus.

Polícia Civil ilheense conclui que morte de Thainá foi acidental

A Polícia Civil de Ilhéus, através do Núcleo de Homicídios, chefiado pela Drª Andréa Oliveira, concluiu nesta quarta-feira (11), o inquérito que investigava a morte da estudante Thainá Verena, que gerou grande comoção na cidade de Ilhéus. Segundo a delegada, a reconstituição confirmou o que a perita tinha definido no laudo local, que a morte foi acidental.

A conclusão, após oitivas de diversas testemunhas, laudos periciais de necropsia, local do crime, no veículo em que Thainá estava, além do laudo de reprodução simulada, foi de morte acidental”, salientou Dra. Andréa ao Blog Agravo. A jovem morreu na madrugada de domingo (17/01/2016), na Avenida Soares Lopes, onde supostamente teria se jogado do veículo onde estava com o namorado.

Na época, o então namorado da adolescente foi preso por dirigir alcoolizado e liberado após prestar depoimento e pagar fiança. Ele disse, em depoimento na delegacia, que Thainá teria tentado sentar na janela do carro, mas ele não deixou e ela se jogou do carro. A família mostrou desconfiança sobre a versão do namorado e solicitou investigação do ocorrido. Os familiares afirmaram que, apesar de a adolescente supostamente ter caído do carro, ela apresentava apenas um corte na cabeça, sem arranhões pelo corpo.

Rui reúne 35 prefeitos na assinatura do contrato para duplicação da BR-415

Não foi só a população que lotou o evento de assinatura do contrato para a duplicação da BR-415, em Itabuna, na manhã desta segunda-feira (9). Até 11h, 35 prefeitos e outras 60 lideranças políticas haviam registrado presença no ato com o governador Rui Costa.

Foram 19 vice-prefeitos, 21 ex-prefeitos, oito deputados estaduais, oito deputados federais, dois ex-deputados, os senadores Otto Alencar e Lídice da Mata, além de cerca de 250 vereadores dos municípios que serão beneficiados pela obra na rodovia, responsável pela ligação entre Ilhéus e Itabuna.

Em seu discurso, o governador parabenizou o grupo pela unidade em prol do desenvolvimento do sul do estado. “Hoje, eu estou vendo aqui [lado a lado no palanque] gente que disputou eleição um contra o outro. Isso merece o reconhecimento da população. Eu me orgulho de vocês, que se uniram em favor de Itabuna, de Ilhéus e de toda a região”, afirmou o governador.

Foragido é preso e adolescente apreendido com quase 17 quilos de maconha em Ilhéus

Um traficante foi preso e um adolescente apreendido na manhã deste domingo (8), em Ilhéus, no sul baiano, com quase 17 quilos de maconha e uma picape roubada. Cherly Ferreira Duarte e o menor de idade utilizavam carteiras de habilitação falsas quando foram surpreendidos pela7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus).

Foto – Divulgação.

De acordo com a Polícia Civil, Cherly Ferreira Duarte é foragido da delegacia de Barreiras e tem um mandando de prisão em Vitória da Conquista. Ambos foram apresentados na 7ª Coorpin/Ilhéus com o veículo, uma balança de precisão, dois cadernos com anotações de contabilidade do tráfico, 16,7 kg de maconha, 24 gramas de cocaína e duas habilitações falsificadas.

Ondas de 3 metros derrubam muros de casa e barraca

Ressaca destrói cabana em praia de Ilhéus.

Com ondas de até três metros de altura, uma ressaca no mar de Ilhéus, derrubou o muro de uma casa de praia e parte de uma barraca na madrugada deste sábado (7). A situação não deixou feridos.

Ondas derrubam muro de casa.

Segundo a Defesa Civil, o longo histórico de queimadas e poluição tem contribuído com o aquecimento global e elevado o nível do mar. Diante de ventos mais fortes, a maré acaba atingindo as cabanas e imóveis que ficam mais próximos da praia.

Ondas geram prejuízos em Ilhéus.
O problema tem acontecido em todo o litoral sul da Bahia, a exemplo dos municípios de Mucuri, Porto Seguro, Caravelas e Belmonte.

Corpo carbonizado em Ilhéus era de filho de empresários itabunenses

A família de Jaime Júnior acredita que o corpo encontrado carbonizado nesta terça-feira (19), no distrito de Japu, em Ilhéus, seja dele. A equipe do Departamento de Polícia Técnica realizará um exame de DNA para confirmar a suspeita. Jaime Júnior era de Itabuna, filho de empresários do setor hoteleiro.

A princípio, a suspeita era que o incêndio tivesse sido criminoso, mas a mãe da suposta vítima divulgou um áudio no WhatsApp dizendo que foi encontrada uma vela ao lado da cama e que na casa não havia sinais de arrombamento. A polícia segue investigando o caso.

Áreas de lixões são transformadas em arenas esportivas em Ilhéus

Lixões de Ilhéus serão transformados em arenas esportivas, segundo o prefeito Mário Alexandre (Marão). No domingo, uma das áreas, no Jardim Atlântico, sediou campeonato de futevôlei. O espaço foi revitalizado e hoje é mais uma opção de lazer para os membros da Associação de Futevôlei de Ilhéus.

Lixão deu espaço a quadra de futevôlei no Jardim Atlântico || Foto Clodoaldo Ribeiro.

A transformação do espaço no Jardim Atlântico foi feita pela associação em parceria com a iniciativa privada. Marão foi à arena acompanhar a competição de futevôlei e conhecer o projeto de perto.

O que eles fizeram aqui, por intermédio da iniciativa privada, é o que começamos a fazer, também com sucesso, em espaços públicos onde são depositados entulhos e lixo doméstico na zona urbana de Ilhéus”.

Segundo o prefeito, o campinho de areia existente no Caminho 7, no bairro Hernani Sá, zona sul do município, passa por requalificação. Em alguns destes locais, os espaços já motivam a prática esportiva, a exemplo do bairro São Miguel e nas imediações da sede da AABB, que ganharam quadras de futebol de areia.

PM desarticula quadrilha de roubo de veículos e tráfico em Ilhéus

As Companhias Independentes da Polícia Militar de Ilhéus (68ª, 69º e 70º) desencadearam hoje (12) a Operação Norte/Sul. Segundo a PM, o trabalho começou por volta das 6 horas e resultou na desarticulação de uma quadrilha especializada em roubo de carros e no tráfico de drogas.

Três dos quatro carros apreendidos hoje em Ilhéus.

Na rua Carneiro da Rocha, Centro, os policiais prenderam Felipe Ariel Santos Oliveira. Conforme a PM, ele é um fugitivo do Conjunto Penal de Itabuna. No imóvel onde ele estava, ainda de acordo com a Polícia Militar, as equipes também apreenderam: uma arma de fogo, munições, quatro celulares, duzentos e cinquenta gramas de maconha, seis gramas de cocaína, balança de precisão, rádio comunicador, binóculo, dois relógios e uma máquina de cartão de crédito.

No Jóia do Atlântico, na zona norte do município, os policiais apreenderam dos carros modelo Fiat Strada e um Renault Clio, além de munições e objetos roubados. Já num endereço no condomínio Morada do Porto, as companhias localizaram um veículo (Gol) e um tablete de maconha.

Agente de trânsito é agredido por motorista após multar carro parado em local indevido

Uagente municipal de trânsito foi agredido por dois homens após multar um carro que estava parado em local indevido, em Ilhéus. O servidor público foi atingido com chutes e socos, e ficou com hematomas no olho esquerdo. As informações foram divulgadas pela Prefeitura de Ilheús, na quarta-feira (6).

Agente de trânsito foi espancado após multar motorista.

A situação ocorreu na sexta-feira (1º), na Rua Sete de Setembro, centro da cidade. Após a agressão, a vítima registrou ocorrência na 7ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Ilhéus) e fez exame de corpo de delito.

De acordo com a prefeitura, a agressão foi provocada pelo motorista do carro multado pelo agente de trânsito. Segundo o órgão, após a infração, o homem saiu do local com o veículo e, em seguida, retornou com um amigo, que o ajudou a cometer o espancamento. A dupla teria atacado o homem enquanto ele estava de costas.

O agente é funcionário da Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran) de Ilheús. Em nota, a direção da Sutran informou que está acompanhando o processo e que cobrará das autoridades a punição dos responsáveis pela agressão.

Também em nota, a prefeitura informou que condena o uso da violência e que zela para garantir o direito e a segurança dos servidores, quando estes estiverem atuando em defesa dos interesses da coletividade.

Homossexual é executado a tiros em Ilhéus

Guilherme Félix, mais conhecido como “Guilhermina”, foi assassinado a tiros na noite desse sábado (02), quando se encontrava na porta de sua residência, na Rua Maria Luíza, no bairro do Iguape, zona norte de Ilhéus. A vítima chegou a correr em busca de socorro, mas não resistiu, vindo a óbito na casa de um vizinho.

Segundo informações da polícia, homens fortemente armados a bordo de uma moto, de dados ignorados, passaram atirando. Equipe do departamento de polícia técnica esteve no local para o levantamento cadavérico, removendo o corpo para o necrópsia. Até o momento, a motivação e autoria é desconhecida. O crime será investigado pela equipe da delegada Andréa Oliveira, titular da delegacia de homicídios de Ilhéus. As informações são do Blog Fabio Roberto Noticias

Ex-vereador preso em operação quer voltar ao mandato

A informação é de uma fonte do radialista Vila Nova, apresentador do programa O Tabuleiro na Conquista FM. A pessoa com quem Vila Nova conversou preferiu ter a sua identidade mantida em sigilo. O ex-vereador Jamil Ocké (PP), um dos oito réus na Operação Citrus, está disposto a reassumir o seu cargo na Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Segundo advogados ouvidos pelo Agravo, a cassação do mandato de Jamil Ocké pode ter influenciado na decisão do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) para a concessão do alvará de soltura do ex-vereador. Isto porque, afastado do poder legislativo, ele perderia significativamente o seu poder de influência política no município. Cabe lembrar que Jamil não foi alvo de condenação. Ao final do processo, a Justiça poderá absolvê-lo.

Tribunal de Justiça manda soltar ex-vereador preso por corrupção

O ex-vereador e ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus Jamil Ocké teve pedido de soltura aceito pela justiça nesta terça (29), segundo informa O Tabuleiro. Jamil, que teve o mandato de vereador extinto pela Câmara no início deste mês, foi preso em 21 de março na Operação Citrus, que investiga fraudes em licitações, em Ilhéus, no período de 2009 a 2016.

De acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), o esquema causou rombo de mais de R$ 25 milhões nos cofres da Prefeitura de Ilhéus no período. O ex-vereador deve ser solto até a manhã desta quarta (30). Além de Jamil, estão presos no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, o empresário Enoch Andrade e o ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus Kácio Brandão.

Prefeitura de Ilhéus determina retirada de Outdoors

Por meio de convocação publicada quarta-feira (9) no Diário Oficial do Município, a Prefeitura de Ilhéus estabeleceu prazo de 20 dias para a remoção de todos os “outdoors” instalados em áreas públicas. A medida também vale para as placas colocadas em terrenos particulares, mas voltadas para o espaço público.

O edital especifica que todos os “outdoors” com tamanho entre quatro e trinta metros quadrados devem ser recolhidos. Ao fim do prazo de 20 dias, que começou a ser contado ontem, a prefeitura vai remover todas as placas não recolhidas pelos proprietários.

A convocação atende ao Decreto 069/2016, que regulamentou os artigos 146 e seguintes do Código Ambiental de Ilhéus (Lei 3.510/2010). Essa legislação considera a necessidade de organizar, controlar e orientar o uso de anúncios visuais, com respeito ao interesse coletivo e ao conforto ambiental. O edital também segue orientação do Ministério Público do Estado da Bahia.

Representado pelo promotor de Justiça Paulo Sampaio, o órgão acompanha e cobra o cumprimento do decreto, que impõe responsabilidades aos gestores públicos e às empresas do setor. A prefeitura divulgou uma lista exemplificativa dos locais de onde os “outdoors” devem ser removidos. Ela inclui o Centro da cidade e bairros, além das avenidas Itabuna, Princesa Isabel, Lomanto Junior e outras. A medida também abrange os trechos das rodovias estaduais e federais que cortam o território de Ilhéus.

Câmara extingue mandato de vereador preso na Operação Citrus

Preso desde março passado, o vereador de Ilhéus, no sul baiano, Jamil Ocké teve o mandato extinto na Câmara local nesta terça-feira (8). O fato ocorreu pelo afastamento por mais de 120 dias do trabalho legislativo, como prevê uma regra do regimento da Casa. Segundo informações, a extinção do cargo foi determinada pela assessoria jurídica da Câmara. Ainda cabe recurso.

Com a saída de Ocké, a vaga vai para o vereador Luiz Carlos Escuta, também do PP. Escuta já tinha assumido o mandato após a prisão, entrando agora na condição de titular. Jamil Ocké foi preso durante a Operação Citrus desencadeada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Segundo a ação, Ocké operava um esquema que superfaturou mais de R$ 20 milhões da prefeitura da cidade, quando era secretário de desenvolvimento social, desde 2009. No ano passado, Jamil foi eleito como vereador mais votado na cidade. Ele segue detido no presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, onde também estão Kácio Clay Silva Brandão, assessor de Ocké; e o empresário Enoch Andrade Silva, também acusados de envolvimento nas fraudes.