Vitor Belfort enfim revela novo moicano

mosaico_vitorbelfort_moicanoLutador brasileiro fez mistério durante a semana, antes da pesagem.

Vitor Belfort prometeu um novo corte de cabelo “radical” para o UFC no Combate 2 deste sábado e, após fazer mistério com um gorro e um boné por dois dias, enfim revelou o novo penteado nesta sexta-feira, durante a pesagem do evento. O estilo não é muito diferente do que o lutador vinha usando nos últimos meses: um moicano, mas bem rente no topo e com mais volume, quase um rabo de cavalo, na nuca. UFC no Combate 2 – Belfort x Rockhold 18 de maio de 2013 em Jaraguá do Sul (SC).

CARD PRINCIPAL

Vitor Belfort x Luke Rockhold
Ronaldo Jacaré x Chris Camozzi
Rafael dos Anjos x Evan Dunham
Rafael Natal x João Zeferino

 

CARD PRELIMINAR

Hacran Dias x Nik Lentz
Francisco Massaranduba x Mike Rio
Gleison Tibau x John Cholish
Paulo Thiago x Michel Trator
Iuri Marajó x Iliarde Santos
Fábio Maldonado x Roger Hollett
John Lineker x Azamat Gashimov
Jussier Formiga x Chris Cariaso
Lucas Mineiro x Jeremy Larsen

 

Por Ivan Raupp e Marcelo Russio

Eliminado! Bahia vence por 1×0, mas dá adeus à Copa do Brasil

Fonte NovaEquipe voltou a jogar mal, tomou alguns sustos do Luverdense e fez pouco para vencer. Uma zaga vacilante, um meio-campo pouco criativo e um ataque sem inspiração. É complicado para qualquer torcedor imaginar um time com tudo isso conseguir algo positivo.

O Bahia teve tudo isso, mas conseguiu, ao menos, um gol contra o Luverdense, no jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Foi o mínimo, mas não o necessário para levar a disputa para as penalidades e, com isso e com sorte, reverter o mau futebol e o fraco desempenho dos últimos jogos.

Poucos torcedores foram ao estádio. Não deu público zero, como gostaria a Torcida Bamor, que não compareceu. Mas, as quase mil testemunhas presenciaram o mesmo Bahia que decepcionou nos últimos dois jogos.

Primeiro tempo, e é o Luverdense que chega com perigo aos cinco minutos, em uma falha de Rafael Donato, visivelmente fora de forma.

Omar volta a ter trabalho em outros instantes, mas tanto ele quanto os torcedores se arrepiaram quando o time do Mato Grosso quase marca, com Tozin.

Vem a etapa final, e, aos sete minutos, Tatu, revelado pelo Vitória da Conquista há cinco anos, perde o gol mais incrível do jogo.

Eduardo Barroca, que foi informado que estaria demitido após o jogo, troca algumas peças. Tira Jussandro, irreconhecível, e coloca Hélder. Tira Toró, fraquíssimo, e coloca Diones. Tantos volantes para um time que precisava atacar. A lógica de Barroca termina quando troca Talisca, uma rara exceção ao time ruim em campo, e coloca Marquinhos.

Sem atacantes eficazes em campo, já que Adriano (mais do mesmo) e Fernandão (o oposto do que foi no BaVi) não estavam bem, coube a um zagueiro fazer o que o seria função dos primeiros: gol.

Aos 19 minutos, bola na área e Rafael Donato, quem diria, abre o placar, de cabeça: 1×0.

Percebendo o risco que corria, o técnico do Luverdense, Roberval Davino, começa a trocar jogadores da equipe. Aos 20 minutos, manda uma bola na trave do Bahia.

O Bahia, precisando de mais um gol, ao menos, para forçar os pênaltis, consegue criar chanes aos 36 e 41. Toma um susto no minuto seguinte em um lance polêmico que os jogadores do time Matogrossense reclamam uma penalidade, embora a arbitragem não tenha marcado.

Mesmo com quatro minutos de acréscimo, o tempo é insuficiente para o Bahia fazer mais um gol.

Final, 1×0. Na soma do placar dos dois jogos, 2×1 Luverdense. O time do Matogrosso nunca havia passado da segunda fase da Copa do Brasil. Agora, comemora a inédita classificação.

De VarelaNotícias

“Bom de Bola, Melhor na Escola” já tem 100 equipes inscritas

vila olimpicaMais de mil crianças e adolescentes já estão com vaga garantida em oito categorias da maior competição esportiva amadora da história de Itabuna: um grande campeonato de futsal, que contará com a participação de equipes masculinas e femininas e integra o projeto Bom de Bola, Melhor na Escola, previsto para começar no dia 30 deste mês.

A competição vai até setembro e reunirá participantes de todos os bairros e distritos do município. As partidas vão acontecer durante o dia, nos finais de semana e feriados. As inscrições para o projeto podem ser feitas das 8 às 14 horas, de segunda a sexta-feira, na sede da Secretaria de Esporte e Recreação de Itabuna, na Vila Olímpica, no bairro São Caetano.

Mediante a doação de um quilo de alimento não perecível por atleta, cada pessoa pode inscrever a quantidade de equipes que quiser. Até a manhã de sexta-feira, 10, já tinham sido arrecadados mais mil quilos de alimentos, que serão distribuídos para entidades assistenciais e centros de recuperação de dependentes químicos do município. Leia mais…