Settran promove orientações para o trânsito em escolas de Itabuna

Dando continuidade às atividades realizadas na Semana Nacional do Trânsito, que transcorreu em setembro, a Secretaria de Transporte de Trânsito (Settran), está desenvolvendo um trabalho de conscientização sobre a importância de se respeitar as regras de trânsito nas escolas da rede municipal de ensino Itabuna. A Diretoria de Educação Para o Trânsito tem atuado junto às crianças com abordagens pedagógicas, brincadeiras, palestras, teatro de fantoches e sessão de cinema educativo.

Segundo a coordenadora pedagógica da Diretoria de Educação para o Trânsito Elessandra Bi​spo, a Educação de Trânsito está prevista no Código de Trânsito Brasileiro e deve contemplar todas as faixas etárias da população. “Estamos desenvolvendo um trabalho educativo com os futuros condutores que consiste em orientar as crianças sobre os riscos que corremos quando não respeitamos as leis. Esse é um trabalho que a população somente trará resultados no longo prazo”, ressaltou.

Para o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Roberto José da Silva, é preciso educar as crianças para que cresçam conscientes da importância de atravessar as ruas pela faixa de pedestres e respeitem a sinalização, além de proporcionar uma reflexão sobre seu papel enquanto cidadão e sobre a responsabilidade de cada um em preservar vidas. “Educação no Trânsito é algo que se inicia numa mudança individual e que vai para a coletividade”, destaca.

Segundo o secretário “existe a certeza de que essa abordagem é um modo de assegurar que as crianças já cresçam imbuídas dos cuidados que todos devemos ter para assegurar os seus direitos de ir e vir com calma, paz e tranquilidade”, disse Roberto.

O secretário afirmou ainda que o projeto desenvolvido nas escolas da rede municipal de ensino pode ser estendido para quaisquer estabelecimentos educacionais da cidade. “A escola que tiver interesse podem buscar as informações completa junto à Settran pelo telefone (73) 3215-5143. O agendamento e a visita acontecem gratuitamente”, concluiu.

Estudantes da UNIME planejam nova manifestação nesta terça (29)

Estudantes do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIME convidam a todos os cursos da instituição para manifestar sua insatisfação e reivindicar seus direitos na entrada do Campus II, na noite desta terça-feira (29) a partir das 18h.

Segundo os estudantes do curso de Arquitetura, a primeira turma está para se formar e a faculdade não dispõe de um orientador para o Trabalho Final de Graduação (TFG), o que dificulta e atrasa os alunos em mais um semestre. Além disso, matérias que não estão sendo ministradas por falta de professor estão sendo cobradas na mensalidade, como se os alunos estivessem tendo aula.

Os alunos se queixam também da superlotação nas salas de aula, dificultando a concentração e o aprendizado dos mesmos. O numero de reivindicações é grande, alunos de diversos cursos estão insatisfeitos com a instituição e com o pouco caso por parte da administração que nada faz para buscar melhorias. Com isso, os estudantes prometem se juntar para manifestar hoje a noite na porta da faculdade, no Campus II, e convidam aos demais cursos para se vestir de preto, levar seus apitos e cartazes, e em um só voz gritar por seus direitos.

Escola Dendê da Serra em Serra Grande recebe título de “Escola Transformadora”

A Ashoka, organização internacional sem fins lucrativos, pioneira no campo da inovação social, trabalho e apoio aos empreendedores sociais e o Instituto Alana, organização não-governamental, sem fins lucrativos que tem como missão “honrar a criança” nominaram em um evento realizado nos dias 15 e 16 de setembro no Itaú Cultural em São Paulo, a Escola Dendê da Serra como Escola Transformadora. A Dendê da Serra está entre as duas escolas da Bahia selecionadas e faz parte de um grupo de 200 escolas em 26 países a receber este título.

Para receber o título de Escola Transformadora, a Escola Dendê da Serra participou de um processo de reconhecimento de práticas iniciado em 2014, quando a direção da escola foi contatada seguida de uma visita de uma membra da Ashoka. Em um terceiro momento, a diretora da escola, Silvia Reichmann, juntamente com o professor do Jardim de Infância, Thiego César, foram até a sede do Instituto Alana em São Paulo participarem de uma nova etapa do processo de reconhecimento.

A Escola Dendê da Serra é fruto de um trabalho desenvolvido por pessoas que acreditam no desenvolvimento integral do ser humano. Agradecemos a todos que ao longo desses 14 anos fizeram e fazem parte desse processo de concepção desta escola. Nós acreditamos na educação como transformação do ser humano, tornando o indivíduo pleno”, declara a Gestora de Comunicação da Escola, Égila Passos, presente no evento desta semana em São Paulo.

Desde 2001, a Escola Dendê da Serra (localizada na Rodovia Ilhéus – Itacaré, km 39, Serra Grande, Uruçuca) faz um trabalho filantrópico pioneiro de educação integral em uma região de preservação ambiental, com o objetivo de promover o desenvolvimento do ser humano através de uma ação educativa baseada nos princípios da Pedagogia Waldorf e propiciar a convivência de crianças de diferentes origens sociais, atendendo prioritariamente às necessidades das famílias de baixa renda.

Settran reduziu mais de 70% dos acidentes de trânsito Itabuna

Com a presença de autoridades e de representantes das Policias Militar e Rodoviária Federal a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Settran) iniciou na manhã de hoje no auditório do Sest/Senat a Semana Nacional de Trânsito, com o slogan “Seja Você a Mudança no Trânsito”. Neste ano, a Prefeitura de Itabuna vai desenvolver uma programação com atividades educativas entre blitzen educativas, exposição no Shopping Jequitibá e mutirões itinerantes nos bairros.

Segundo o secretário de Transportes e Trânsito, Roberto José da Silva, a temática da Semana Nacional do Trânsito deste ano propõe uma mudança no comportamento de cada um, seja pedestre ou condutor. “O tema nacional traz um reflexão muito ampla, pois a mudança antes de ser estética é ética e mexe com o comportamento individual. Por isso, aproveitaremos o momento para evidenciar através de ações educativas e interativas a responsabilidade que condutores e pedestres devem exercer no trânsito“, discursou.

Roberto José informa que atualmente a Settran já conseguiu a redução de mais 70% dos acidentes, a partir algumas mudanças tráfego e sinalização nos trechos de avenidas como a Juracy Magalhães, onde os índices de acidentes eram altíssimos. “Além disso, a secretaria iniciou a pintura de faixas em frentes a todas as escolas do município e a pintura da sinalização vertical em áreas centrais da cidade trazendo mobilidade ao trânsito“, explicou.

Na abertura, a diretora de Educação para o Trânsito, Elessandra Bispo, informou que neste ano uma equipe de teatro da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – FICC integrará a equipe da Settran para apresentações teatrais educativas. “Em alguns pontos teremos blitzen educativas quando os atores irão orientar de forma lúdica, pedestres e condutores para a importância do respeito e tolerância no trânsito“, afirmou. As blitzen serão desenvolvidas nos bairros Santo Antônio, Urbis IV, Califórnia, São Caetano/Jardim Primavera e Fátima.

Durante a Semana do Trânsito, que se encerra no dia 25, também será realizado o Atravecity Itabuna, incentivando o uso da bicicleta como meio de transporte, além da inserção do município nas ações do Dia Mundial Sem Carro, que transcorre na terça-feira, 22. Para desenvolver a programação a Settran conta com a parceria de outras dez instituições, a exemplo do 15º Batalhão de Polícia Militar, polícias Rodoviárias Estadual e Federal, 5ª Ciretran, 4º Grupamento de Bombeiros Militares, SEST/SENAT, FICC e instituições de ensino Superior (IES) da rede privada.

Atores da FICC fazem sucesso em blitz educativa da SETTRAN

Imagine uma situação em que você está dirigindo o seu veículo pela Avenida do Cinquentenário, no Centro de Itabuna e, de repente, na altura da Praça Otávio Mangabeira, no meio da manhã, se depara com três velhinhas atrapalhadas, engraçadíssimas e com alguns recados importantes para todos os que estão no trânsito, indo e vindo. Pois é! Então pare de imaginar e pode ter certeza que foi dessa maneira que a Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna e com o apoio da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) efetivou, na manhã deste sábado (19), a primeira blitz educativa no cruzamento da Avenida do Cinquentenário com a Rua Professor Alício de Queiroz, na altura da Praça Otávio Mangabeira (também conhecida como Praça Camacan).

Os atores Alex Francis, João Gilberto Lisboa e Léo dos Anjos interpretaram três velhinhas que saíram de suas casas para irem fiscalizar “in loco” o que povo anda fazendo de bom e de ruim no trânsito da cidade. Por todos os lados, não faltaram elogios aos motoristas e pedestres que agiram sempre de forma correta ou gritos e escândalos àqueles que, de algum modo, transgrediram as normas de trânsito. E não faltaram motivos (tudo com bom humor e dentro de uma proposta educativa, frisa-se, o que foi inclusive bem assimilado por todos os que foram abordados). Por parte dos pedestres, identificaram-se muitos que atravessaram fora da faixa de segurança. Entre os motoristas, as infrações que mais ocorreram foram o avanço na faixa e a falta do uso do cinto. E, entre os motociclistas, foram identificados muitos conduzindo os seus veículos de sandália, de bermuda ou mesmo com o uso inadequado dos capacetes.

Para o agente municipal de trânsito Alfredo Nunes, “toda a ação educativa é muito importante porque reforça os hábitos de segurança no trânsito, tais como usar o cinto, evitar o uso do telefone celular enquanto dirige e respeitar a faixa de pedestres”.

A professora Maria do Carmo Silva, moradora do bairro de Fátima, estava caminhando pela Cinquentenário no momento da ação e parou para elogiar o trabalho da SETTRAN: “as pessoas precisam se conscientizar de que é preciso que haja ‘Educação’ no trânsito. A gente sabe que o trânsito estressa muito as pessoas, muita gente agindo como se as leis não existissem e isso acaba causando acidentes. Então, tratar esse assunto com leveza, com humor, é muito bom”.

O diretor de Teatro Marquinhos Nô explica que todo o processo de abordagem passou por uma pesquisa ampla. “Mesmo em se tratando de humor, nós estamos lidando com teatro de rua, aliado a uma proposta pedagógica que está submetida aos imprevistos. Então, a gente precisa estudar as características das personagens, estudar as regras de trânsito e saber como lidar com os imediatismos. O resultado disso são essas três velhotas capazes de fazerem as pessoas rirem de si mesmas. Isso é bom”, disse.

O Secretário de Transporte e Trânsito e Presidente da FICC, Roberto José da Silva, confirmou que as blitzen com a participação de Grupos de Teatro continuarão a ser realizadas durante todo o decorrer da programação da Semana Nacional de Trânsito, que prossegue até o dia 25.

Secretário de Segurança critica ineficiência do sistema penal brasileiro

Na manhã desta quarta-feira (2), o secretário de segurança da Bahia, Maurício Barbosa, criticou duramente o “entra e sai” de presos nas cadeias, o que ele chamou de “ineficiência do sistema penal brasileiro“. Barbosa participou da apresentação de Gilmário Alves do Nascimento, que confessou ter matado a estudante de medicina, Marianna Oliveira Teles, de 22 anos, no último sábado (29), durante um latrocínio no bairro do Costa Azul.

Liderando a “mesa“, que contou também com a presença do comandante geral da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), Anselmo Brandão, do delegado geral da Polícia Civil, Bernadino Brito Filho, e da delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Andreia Ribeiro, o secretário afirmou que a “impunidade” no país já é inadmissível. “Não podemos mais viver com situações como essas, de pessoas que saíram da cadeia há menos de 20 dias e voltarem a causar tragédia causando dor a famílias“, ressaltou ao se referir ao acusado apresentado, que teve liberdade concedida pela Justiça no último dia 4, após ser preso por tráfico de drogas.

Barbosa disse que as polícias precisam de ajuda para fazer cumprir a lei. “Não queremos discutir esse assunto só quando isso acontece. Queremos leis mais rígidas, melhor estrutura para nossas polícias. Precisamos ser ajudados. Temos que discutir o cenário de impunidade do nosso país urgentemente“, afirmou.

Por outro lado, Barbosa justificou que o envolvimento de cada vez mais crianças e adolescentes no crime é devido às prisões dos grandes líderes. “Todos os principais líderes do tráfico hoje estão presos. Por isso, tem mais crianças e adolescentes atuando, roubando e matando para sustentar o tráfico. Agora, é preciso que cada organização cumpra com sua obrigação, nós cumprimos e prendemos, mas é necessário que todas sejam eficientes. Há um grande dever de casa a se fazer“, finalizou.

AFI promove Olímpiadas das Cores

O Colégio Ação Fraternal de  Itabuna (AFI), está promovendo uma gincana que permite a integração de alunos de várias séries, enfatizando valores. como: a importância da contribuição individual para o grupo, sentido de equipe, solidariedade, humildade, dentre outros princípios que buscam uma qualidade maior. Dentro deste contexto, está a equipe verde, chamada de Hulk Smash que vêm demonstrando um bom desempenho ao longo da semana. Confira e curta a página do grupo no Facebook. Cada curtição implica em uma pontuação para equipe. Participe e colabore.

Sem uso, escola erguida há 2 anos é tomada por mato e frustra moradores

Escondida sob um matagal e com muro depredado, uma escola localizada no distrito de Outeiro, no município de Una, no sul da Bahia, já está totalmente abandonada antes mesmo da inauguração. O espaço foi construído pelo estado entre os anos de 2012 e 2013. Mesmo com as obras encerradas, nunca recebeu alunos e professores. Sem utilização, o futuro da unidade de ensino ainda é dúvida para os moradores da região, que se dizem frustrados diante da situação.

Moradora do distrito há 25 anos, a professora Dudiley Pacheco contou que a escola foi construída de forma breve e com bela estrutura. Entretanto, dois anos após o término das obras, o matagal tomou conta do espaço. “Pensávamos que seria um meio para dar uma guinada ao distrito, que tanto precisa”, informou.

Pacheco contou que, entre os moradores, a informação disseminada era a de que a escola serviria para educação profissionalizante. “A escola foi construída e o espaço ficou muito bonito. Gerou expectativa em todos. Pensávamos que seria um instrumento para gerar emprego e renda na região”, contou.

Norma Lúcia, moradora do distrito há 30 anos, também apontou frustração com a falta de utilização da instituição de ensino. “Uma escola tão bonita. Não dá para acreditar. O mato está nas alturas e já abriram até um buraco no muro”, informou.

Leia mais…

Após greve, UESC terá aulas até Fevereiro

O primeiro semestre letivo da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) será encerrado em 22 de setembro. O novo calendário acadêmico foi aprovado em reunião do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) nesta quinta (13).

A reunião extraordinária do Consepe também definiu que o segundo semestre começará em 19 de outubro e será encerrado em 27 de fevereiro.

CONFIRA CALENDÁRIO

A reformulação se tornou necessária depois da greve dos docentes. A paralisação, encerrada na semana passada, completaria três meses exatamente hoje. A greve também atingiu as demais universidades estaduais baianas (Uesb, Uefs e Uneb).

A greve dos docentes começou em 13 de maio, após negociações por promoções, aumento de orçamento e revogação da lei que retirou autonomia das universidades, dentre outros pontos, não terem avançado, conforme informou o Blog do Gusmão. Os professores cobram, ainda, que o orçamento das universidades estaduais seja o equivalente a 7% da Receita Líquida de Impostos (RLI) do Estado.

FIM DE GREVE! Acordo encerra greve nas Universidades Estaduais

O governo baiano e o fórum das associações de docentes das universidades estaduais assinaram acordo que encerra a greve dos professores. O acordo foi assinado nesta quinta (6) pelos representantes das secretarias da Educação, Administração e de Relações Institucionais e pelos dirigentes das Associações de Docentes da UNEB, UEFS, UESB e UESC.

No acordo, o Governo da Bahia assegura encaminhar para a Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que revoga a Lei 7176/97 no prazo de 60 dias, atendendo a uma reivindicação histórica da categoria. Com a revogação, será criada nova lei que garante mais autonomia às universidades.

Também iremos implementar, em até 60 dias, as promoções, progressões e mudanças de regime de trabalho relativas a todos os processos que já se encontram em tramitação nas secretarias da Educação e Administração”, destacou o superintendente de Recursos Humanos da Saeb, Adriano Tambone, salientando que o Governo permanece aberto ao diálogo com os docentes.

REMANEJAMENTO

Ficou acordado também que o Governo baiano vai disponibilizar 252 vagas a serem remanejadas entre as classes, viabilizando um volume maior de promoções para os docentes das quatro universidades. O Governo encaminhará à Assembleia Legislativa Projeto de Lei para efetivar o remanejamento do quadro de vagas por universidade para, assim, viabilizar a implementação dos processos de promoções ainda em 2015.

Professores da UESC podem encerrar greve nesta quinta (6)

Em assembleia realizada na manhã dessa quarta-feira (5), professores da UESC decidiram esperar assinatura de acordo com o governo da Bahia para declarar o fim da greve. A paralisação chegou hoje ao seu 84º dia. A próxima reunião entre o movimento docente e representantes da administração estadual está marcada para essa quinta (6). Os professores das outras três universidades estaduais (UESB, UEFS e UNEB) também decidiram esperar o resultado da reunião para encerrar a greve.

“Arte na praça” estreia na praça Rio Cachoeira

A cultura esteve no centro das atenções de quem transitou pela Praça Rio Cachoeira, Centro de Itabuna, na tarde deste sábado (1º). Com o apoio da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), aconteceu, ali, a estreia do projeto “Arte na Praça”, integrado ao Programa Arte Itinerante , mantido pela fundação.

Segundo Êmille Andréia, estudante do Bacharelado Interdisciplinar em Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), uma das organizadoras, a ideia surgiu a partir das inquietações que sentia em relação aos movimentos culturais em Itabuna. Articularam-se as premissas no papel, tendo tido a colaboração de Vanessa Souza Fernandes, estudante do curso de História da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), organizou-se toda a produção e finalmente buscaram-se os patrocínios.

Vanessa Fernandes explica que o objetivo principal do “Arte na Praça” é o de abrir um novo espaço de debates e de assimilação da identidade cultural grapiúna, ampliando-se o contato entre aqueles que fazem a cultura e aqueles que a consomem, que a sentem. “A gente traz para as praças de Itabuna um espaço jovem, através do qual expõem-se trabalhos artísticos diversos, com linguagens diferenciadas (por exemplo, a gente trouxe alguns trabalhos novos em fotografia, artesanato, artes plásticas), com a intenção de darmos visibilidade aos autores desses trabalhos, tudo isso mesclado com a música e com a poesia”, ratificou. Leia mais…

Greve nas estaduais continua

Na tarde desta sexta-feira (31), o Movimento Docente (MD) disposto a assinar a Minuta de Acordo e Termo de Compromisso, reuniu-se com o governo do estado da Bahia. No entanto, os representantes de Rui Costa não apresentaram o termo de Compromisso discutido durante as negociações do dia 27.07, que garantiria a criação de uma agenda de trabalho para debater os direitos trabalhistas em 2016. Por deliberação das assembleias gerais, das quatro universidades estaduais da Bahia, a recusa do Governo em apresentar o Termo impede a conclusão das negociações e o fim da greve. Respeitando as decisões do conjunto dos professores, continuamos em greve e aberto ao diálogo!

Projeto Universarte movimenta o Campus Jorge Amado da UFSB

Qual o papel da arte na universidade? Mobilizados por esse questionamento, os estudantes do Bacharelado Interdisciplinar (BI) em Artes, noturno, da Universidade Federal do Sul da Bahia criaram o projeto Universarte. Composto uma série de intervenções artísticas, o Universarte ocorrerá uma vez por semana, sempre durante os intervalos da noite do Campus Jorge Amado. As atrações, entre músicos, poetas, desenhistas, atores e artistas plásticos, são alunos do BI Artes além de convidados.

A primeira noite do projeto será na próxima sexta (17), às 20h15 e terá uma apresentação da Banda Andarilho Só que irá fazer um pequeno show acústico com músicas autorais e versões. A banda tem como prioridade a poesia nas letras das canções abordando diversos temas do cotidiano. Uma das músicas é justamente uma homenagem a poetisa Florbela Espanca, na qual foi elaborada uma versão ritmada de uma poesia da mesma chamada “Eu”, sendo atualmente a música mais ouvida da banda.

O projeto nasceu dos debates realizados no componente curricular Campo das Artes: saberes e práticas, ministrado pelo professor Felipe de Paula. Orientador da ação, o professor destaca que a ação é importante pois, “além de gerar um espaço de convivência agradável num ambiente de integração, o Universarte faz com que a área das Artes reforce seu espaço na universidade como produtora de saber, reforçando identidades, pertencimentos e qualificando a cultural local.

A princípio o Universarte realizará suas ações dentro do Campus. Contudo, os objetivos são bem mais amplos. Os centros culturais, escolas e praças de toda a área de abrangência da UFSB estão nos planos da equipe do Universarte. Quem quiser saber toda a programação das ações do Projeto Universarte pode seguir o Facebook do coletivo de estudantes: https://www.facebook.com/universarteufsb