Professores das quatro universidades estaduais fazem paralisação de 24h

Professores das quatro universidades estaduais da Bahia fazem paralisação das atividades por 24 horas nesta terça-feira (28). O protesto foi validado nas assembleias da categoria em outubro deste ano, para que os portões pudessem ser fechados nesta terça-feira. Um indicativo de greve também foi aprovado. A Universidade Estadual de Santana Cruz (UESC), também paralisou suas atividades.

A UESC também paralisou suas atividades, entretanto, alguns cursos mantiveram as aulas nesta terça (28).

Os professores pedem a destinação mínima de 7% da receita líquida de impostos do estado para o orçamento anual das universidades. Conforme a Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), entre 2013 a 2016, as universidades baianas acumularam redução de R$ 213 milhões no orçamento. Na Uneb, 279 professores estão com direitos trabalhistas negados, conforme a associação.

Em contato com as assessorias da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) informaram que têm conhecimento do indicativo de greve.A Uesb disse que não vai se posicionar sobre o caso e A Uefs informou que os docentes fizeram panfletagem no campus no início da manhã, mas voltaram às atividades.

Metade dos inscritos no Enem já consultou o local de prova

Cerca de 50% dos 6,7 milhões de candidatos que irão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano já consultaram o cartão de confirmação de inscrição até às 18h dessa terça-feira (24).

O documento traz informações sobre o local onde o candidato irá fazer a prova, além do número de inscrição, a data e hora do exame, a opção de língua estrangeira escolhida e os atendimentos específicos ou especializados, caso tenham sido solicitados.

O acesso ao cartão pode ser feito na Página do Participante e também no aplicativo do Enem para celular. É necessário informar o número do CPF e a senha cadastrada na inscrição.

UESC abre 6 vagas para monitores do TOPA

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de monitores do programa Todos pela Alfabetização (TOPA). As seis vagas são para graduandos da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

A monitoria administrativa exige um ano de experiência na área. Já os monitores de turma devem estar, no mínimo, no 3º semestre de um curso de licenciatura. As duas funções vão ser remuneradas.

As inscrições devem ser feitas até as 21 horas dessa sexta-feira (1º), no Protocolo Geral da UESC. No ato, o candidato deve apresentar os seguintes documentos: cópias do RG e do CPF, histórico escolar, comprovante de matrícula e currículo com experiências comprovadas.

Os aprovados na análise dos currículos vão ser entrevistados na próxima quarta-feira (6), no Pavilhão Adonias Filho.

Inscrições para o Fies começam nesta terça-feira

A lista de instituições e os cursos ofertados por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderá ser consultada a partir de amanhã (24), na página eletrônica do Fies Seleção. As inscrições para o segundo semestre de 2017 começam na próxima terça-feira (25) e vão até sexta-feira (28) .

No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta a lista de espera.

Leia mais…

Professores da UESC aprovam paralisação

Professores da UESC decidiram que vão paralisar suas atividades no dia 30 de maio, próxima terça-feira. A decisão foi aprovada durante assembleia de docentes realizada na última sexta-feira (19).

Segundo a Associação de Docentes da UESC (ADUSC), a data será marcada por atos de denúncia contra a intransigência do governo baiano após inúmeras tentativas de diálogo por parte da comunidade acadêmica. A paralisação vai ser em defesa das Universidades Estaduais da Bahia (UEBA) e dos direitos dos professores.

A assembleia aprovou também apoio às mobilizações contra as reformas previdenciária e trabalhista e contra o governo de Michel Temer (PMDB).

Inscrições para o Enem 2017 começam nesta segunda-feira (8)

Começam amanhã (8) as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017. Os candidatos poderão acessar o sistema a partir das 10h. O prazo para se inscrever termina às 23h59 do dia 19 de maio, pelo site do Enem. A prova será realizada em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro.
A taxa de inscrição para o Enem 2017 é R$ 82, que deve ser paga até o dia 24 de maio. Pelas regras do edital, estão isentos de pagamento os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram oCadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.
No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza. Os resultados das provas poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil.

UESC cancela aulas desta sexta

O Reitor em exercício da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) divulgou uma nota nesta sexta-feira (28) suspendendo as aulas de hoje na universidade. A decisão, segundo o reitor, foi adotada após recebimento de uma correspondência recebida da empresa Rota “informando a adesão do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes

UESC abre inscrições para o vestibular da Educação a distância

Começou na segunda-feira (3) o período de inscrições para o vestibular da educação a distância da UESC. São 240 vagas para os cursos de matemática, pedagogia, biologia e letras.

As cidades com polos do programa são: Ilhéus, Itabuna, Ibicuí e Teixeira de Freitas. Veja a distribuição das vagas no edital. As inscrições seguirão até 24 de abril. Inscreva-se neste link. O custo é de oitenta reais. O boleto bancário poderá ser pago até 25 de abril.

As provas estão previstas para as 13 horas de 18 de julho. Os candidatos as realizarão nos polos para os quais se inscreveram. Os inscritos para as unidades de Ilhéus e Itabuna, no entanto, farão os testes na UESC.

Artigo de professores da UESC é capa da revista “ECOLOGY”

Um estudo desenvolvido pelos professores José Carlos Morante Filho e Deborah Faria, ambos doutores e membros do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), foi capa da Ecology, edição de dezembro. A publicação é das revistas mais prestigiadas na área de ecologia em todo o mundo. José Carlos e Deborah são pesquisadores do Laboratório de Ecologia Aplicada à Conservação (LEAC) da universidade pública sul-baiana.

O trabalho dos pesquisadores mostra, através da construção e teste de um complexo modelo de interações ecológicas, que o desmatamento da Mata Atlântica leva a um aumento no dano foliar causado por insetos”, opina a professora Fernanda Gaiotto. De acordo com os autores do estudo, esse efeito ocorre porque, quando uma determinada região é desmatada, a floresta que resta sofre profundas modificações em consequência da perda de árvores grandes e altas.

Os professores José Carlos Morante Filho e Deborah Faria assinalam que “em particular, a floresta se torna mais fina, mais baixa e mais rala, e este novo ambiente favorece a proliferação de populações de insetos herbívoros que consequentemente aumentam o consumo de plantas”. O trabalho mostra, com clareza, a maneira pela qual o desmatamento modifica determinados processos ecológicos que são importantes para o funcionamento das florestas tropicais.

Neste estudo, o aumento do dano foliar causado pelos insetos herbívoros pode ainda influenciar a regeneração das populações de plantas e de toda a floresta, uma vez que, para crescerem e reporem os adultos, estas plantas terão que vencer a pressão de consumo imposta pelos insetos.

Esta pesquisa foi desenvolvida dentro da Sisbiota, uma rede de pesquisa financiada pelo CNPq e coordenada pela doutora Deborah Faria, e contou com a colaboração de pesquisadores de universidades do México, Holanda e Alemanha.

São coautores do trabalho, publicado no volume 97 da revista Ecology , de 12 de Dezembro de 2016, nas páginas 3315 a 3325, os doutores Víctor Arroyo-Rodríguez, do Instituto de Investigaciones en Ecosistemas y Sustentabilidad, Universidad Nacional Autónoma de México, Morelia, Michoacán, México; Madelon Lohbeck, do Floresta Ecologia e Grupo de Gestão Florestal, Universidade de Wageningen, Países Baixos e Teja Tscharntke, do Agroecologia, Georg-August-Universidade de Göttingen, Alemanha.

UESC realiza seleção de candidatos para cursos de especialização à distância em Gestão

A Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, por meio do NEAD – Núcleo de Educação a Distância, abre inscrições para os cursos de especialização em Gestão em Saúde, Gestão Pública e Gestão Pública Municipal. Os cursos serão oferecidos na modalidade educação a distância e as inscrições podem ser feitas até o dia 17 de fevereiro, no protocolo da UESC e na sede da UAB em Teixeira de Freitas.

A seleção objetiva o preenchimento de 50 (cinquenta) vagas para o polo de Ilhéus, 50 (cinquenta) vagas para o polo de Itabuna, e 50 (cinquenta) vagas para o polo de Teixeira de Freitas para cada curso oferecido. A seleção consta de três etapas: homologação das inscrições, prova escrita e análise curricular conforme barema que está no edital disponível no site www.uesc.br. As provas escritas serão realizadas no dia 05 de março, na UESC ou na UAB de Teixeira de Freitas.

Os cursos de Gestão Pública e Gestão Pública Municipal são destinados para alunos que já concluíram o ensino superior. O curso de Gestão Pública em Saúde é direcionado para bacharéis em: Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social, Terapia Ocupacional e Saúde Coletiva.

As aulas serão ministradas via internet e, ocasionalmente por videoconferência e Web conferência. Ocorrerão ainda, atividades presenciais, como a realização de provas e outros, preferencialmente em finais de semana, em cronograma pré-fixado, no respectivo Polo.

Maiores informações na Coordenação EAD da UESC pelo telefone (73) 36805348.

UESC aprova calendário sem interrupção

Na manhã desta sexta-feira (6), o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) aprovou o novo calendário da instituição, conforme informou o Blog do Gusmão. A maioria optou por manter as atividades em janeiro, ao invés de interrompê-las no próximo dia 11 e reinicia-las em fevereiro. Com isso, o segundo semestre de 2016 vai até 7 de março de 2017.

Uesc pede reintegração de posse de campus ocupado há mais de 1 mês; Juiz nega pedido

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, acionou a Justiça com pedido de reintegração de posse do campus. A informação foi confirmada nesta terça-feira (6). O local continua ocupado por estudantes desde o final de outubro. Segundo informações, o pedido foi protocolado na sexta-feira (2), após tentativas de acordo mal-sucedidas. A instituição alega que, por conta da ocupação, as aulas estão suspensas há mais de um mês para os cerca de 12 mil estudantes dos 33 cursos de graduação oferecidos pela instituição. No local, os estudantes protestam contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55, antiga PEC 241, que congela os gastos públicos por até 20 anos.

Após o pedido ter sido impetrado o Juiz responsável pelo recebimento do processo negou o pedido da instituição, favorecendo o movimento estudantil. Confira o teor da peça.

UESC Universidade Estadual de Santa Cruz devidamente qualificada e representada, ajuizou AÇÃO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE COM PEDIDO DE DECISÃO LIMINAR contra TAMILES BATISTA MESSIAS E OUTROS, alegando em síntese que desde 24/10/2016 teve seu campus ocupado por integrantes do Movimento Ocupa UESC e que tal ocupação está obstando o regular funcionamento da parte administrativa da Instituição, gerando a estagnação da atividade-fim da Instituição e causando prejuízos das mais diversas naturezas, mormente aqueles alunos que tem a expectativa de conclusão de seus cursos ao final do presente ano .

Fundamenta seu pedido nos arts. 560 e ss do CPC, alegando ainda que os integrantes do movimento trancaram as entradas dos corredores dos Pavilhões Pedro Calmon, Adonias Filho, Manoel Nabuco e Jorge Amado. E mais: travaram os dois elevadores no sexto andar e trancaram o portão de acesso pela escada à Torre Administrativa, estagnando de vez o funcionamento do ente público.

A autora tentou, de forma extrajudicial, a desocupação com os integrantes do movimento, mas alega que não foi obtido êxito, conforme documentado na fl. 08. Junta documentos (15/47) e pede a expedição de mandado liminar. É o relatório. Antes de qualquer argumentação, aduzo que, na data de ontem, estive in loco no Campus da Universidade Estadual Santa Cruz. Observei as condições físicas da Instituição e colhi junto à segurança da Torre Administrativa que os serviços estão funcionando normalmente, finalizando às 16h, de segunda à sexta. Vivemos um momento de extrema instabilidade política e social.

A retirada de uma presidente eleita democraticamente pelo voto popular bem demonstra esse clima instalado no país. Historicamente, talvez só o início do ano de 1964 tenha colocado o país nesse quadro de insegurança. Neste momento, ao Poder Judiciário, um dos poderes instituídos constitucionalmente, cabe o papel de trazer equilíbrio, enfrentamento à crescente intolerância e, principalmente, ponderação.

Segundo Ministro, Enem não será cancelado

Com base em investigação da Polícia Federal, que apontou o vazamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio, o Ministério Público Federal no Ceará pediu que a Justiça cancele o Enem. O ministro da Educação, Mendonça Filho, garantiu o exame não será cancelado.

Aproximadamente 270 mil candidatos vão fazer as provas do Enem nesse sábado (3) e no domingo (4). O MEC adiou suas provas devido à ocupação promovida por estudantes contra o governo Temer. Apesar do relatório da Polícia Federal, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, afirma que não há indício de vazamento do gabarito oficial.

Polícia Federal conclui que houve vazamento do Enem 2016

Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) anunciou, nesta quinta-feira (1), que o inquérito da Polícia Federal sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) concluiu que houve vazamento das provas do primeiro e do segundo dia para pelo menos dois candidatos. No relatório transmitido ao MPF, a Polícia Federal destacou que os candidatos receberam, pelo celular, fotos da prova e tiveram acesso ao gabarito e ao tema de redação antes do início do exame.

Além disso, os candidatos tiveram acesso à frase do caderno de prova rosa, que deve ser transcrita no gabarito. Essa frase permitiu que os candidatos pudessem preencher o cartão de respostas de acordo com o gabarito da quadrilha, não importando a cor da prova que tivessem recebido – a prova é corrigida pelo sistema de acordo com as informações que são preenchidas no gabarito.

Os candidatos também receberam o tema da prova de redação com algumas horas de antecedência. A perícia identificou que o tema da redação começou a ser pesquisado por eles no Google a partir das 9h38 do domingo de prova, 6 de novembro.

O relatório também explica que os dois candidatos foram presos em operações diferentes, em Minas Gerais e no Maranhão, mas as fotografias recebidas foram as mesmas, o que permite concluir que o vazamento têm só uma origem.

Projeto da UESC vai atender comunidade do Salobrinho em Ilhéus

Com investimento previsto de R$ 200 mil para os anos de 2017 e 2018 o “Programa UESC e Comunidade do Salobrinho”, idealizado pela Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC abre Edital de seleção. O programa vai desenvolver e incentivar a realização de projetos de extensão universitária em oito áreas temáticas com a população do bairro Ilheense que sedia o campus da Universidade.

Alessandro Fernandes - Pró Reitor de Extensão.
Alessandro Fernandes – Pró Reitor de Extensão.

Segundo o economista e professor Dr. Alessandro Fernandes de Santana, Pró-Reitor de Extensão, a iniciativa pioneira tem entre as finalidades, “intensificar o contato e o intercâmbio da Universidade com a sociedade, particularmente com a comunidade do Salobrinho, contribuindo para o cumprimento de seu compromisso social”. Santana acrescenta que “a ação vai articular conhecimento técnico, científico, artístico e cultural produzido na Universidade com o conhecimento da comunidade do Salobrinho”.

O edital visa selecionar projetos de até R$ 50 mil elaborados por professores da UESC, envolvendo as áreas de educação, saúde, trabalho, direitos humanos, cultura, esporte e lazer, comunicação, trabalho, tecnologia e produção, e meio ambiente. Para concorrer os interessados precisam escolher fazer ações de extensão integrada que inclua pelo menos duas das seguintes modalidades: “projeto”, “curso”, “evento”, “prestação de serviços” e “produto”.

Prazos e Bolsas

Os projetos poderão ser submetidos à avaliação da PROEX até o dia 16 de janeiro de 2017 e pode contemplar recursos para financiamento de custeio, a exemplo de material de consumo, publicação de material bibliográfico, material informativo e impressão de pôster para divulgação, além transporte de conferencistas e participantes.

Cada projeto terá validade de 24 meses e o programa vai ofertar 12 bolsas para estudantes que estiverem ligados diretamente com as atividades. Mais informações poderão ser obtidas pelo e-mail [email protected], ou visitando o Edital no Site da UESC.