Protestos chegam ao sexto dia e caminhoneiros seguem com manifestações em rodovias brasileiras

Mesmo com a determinação do governador Michel Temer (PSDB) de colocar nas ruas as forças nacionais e federais, a paralisação dos caminhoneiros entra no seu sexto dia neste sábado. Em Minas Gerais estão bloqueados 63 trechos em rodovias federais. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em todos os pontos somente os veículos de carga estão sendo impedidos de circular. Os carros seguem normalmente.

Os seguidos dias de manifestações já afeta alguns serviços. Risco de desabastecimento de água. Suspensão da coleta de lixo. Falta de materiais nos hospitais. Postos sem gasolina e álcool. Escolas, universidades e faculdades sem aula. Parques e zoológicos fechados. Esses são alguns dos serviços públicos prejudicados em Minas Gerais devido aos protestos de caminhoneiros contra a alta no preço dos combustíveis.

Inscrição no Enem se encerra nesta sexta-feira

Encerra-se às 23h59min desta sexta-feira (18) o prazo para inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. Mais de cinco milhões de candidatos já se habilitaram para fazer a prova.Mesmo aqueles que solicitaram a isenção entre 2 e 15 de abril, e também aqueles que entraram com recurso entre 23 e 29 de abril, independentemente do resultado, devem se inscrever.

De acordo com o Ministério da Educação, a inscrição posterior às solicitações de isenção e justificativas de ausência é uma novidade desta edição e dá mais oportunidades a quem realmente tem direito à gratuidade.

O pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de R$ 82, pode ser feito até o próximo 23. A confirmação do pagamento do boleto pela instituição bancária leva de três a cinco dias úteis.O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) orienta que todos os pagantes retornem à Página do Participante, para conferir a situação de sua inscrição.

Os concluintes do ensino médio da rede pública têm direito à isenção no ato da inscrição, mesmo aqueles que não tiverem solicitado a isenção. O Inep garantirá a isenção excepcionalmente nesta edição, em função do caráter inédito da antecipação da isenção.Para esses participantes não aparece a opção para imprimir a GRU.O total de 3.361.468 candidatos tiveram a solicitação de isenção aprovada por se enquadrarem em um dos quatro perfis que davam direito à gratuidade.

Fonte/Pimenta

Daniel Alves fora da Copa do Mundo

Rodrigo Lasmar, o médico da Seleção Brasileira, informou que Daniel Alves, o lateral direito está definitivamente fora da Copa do Mundo, após examina-lo, nesta quinta-feira (10). constatado pelo médico, que mesmo sem a necessidade de uma operação, o jogador precisará de no mínimo nove semanas de recuperação, ou seja, até o dia 15 de julho, quando será o final da Copa.

Filha de Temer é investigada e o presidente desmarca viagem a Ásia

Investigadores suspeitam de que uma reforma na casa de Maristela (filha do presidente) tenha sido usada para lavar dinheiro de propina destinada ao presidente.

Foto: Alan Santos/PR

O atual presidente Michel Temer (MDB) cancelou sua viagem para o sudeste Asiático na próxima semana. O possível motivo seria o fato de que sua filha nessa semana, dia 03/05 (quinta-feira), prestara depoimento em um inquérito que apura suspeitas de corrupção de empresas no setor portuário.No inquérito, o atual presidente é suspeito de ter emitido um decreto, em 2017,favorecendo empresas do setor portuário em troca de propina.

O ministro Eliseu Padilha, em publicação da revista veja, apresentou outra justificativa em prol da desistência de Temer, segundo ele, os presidentes da Câmara e do Senado, também teriam de acompanha-lo para não ficarem inelegíveis, Temer optou então por ficar, para não comprometer votações de grande importância no Congresso.

MPT terá procurador atuando em Comissão de Direitos Humanos da OEA

Foto: Divulgação

Washington – O Ministério Público do Trabalho (MPT) terá um procurador atuando diretamente na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), uma das entidades que integram o Sistema Interamericano de Proteção dos Direitos Humanos (SIDH), ao lado da Corte Interamericana de Direitos Humanos. O acordo de cooperação com a comissão foi assinado, na sexta-feira (20), pelo procurador-geral do MPT, Ronaldo Fleury, e pelo secretário-executivo da CIDH, Paulo Abrão, em Washington, nos Estados Unidos. O acordo prevê também a cooperação entre as instituições em temas como promoção de capacitação e treinamento especializado sobre o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, promoção dos mecanismos de proteção do Sistema Interamericano, intercâmbio de documentos, e informações sobre programas de trabalho de interesse comum e outras atividades.

Leia mais…

Médicos e civis debatem planos que cobram além da taxa mensal

Nesta quarta-feira, 25 de abril, a imprensa foi convidada à Associação Paulista de Medicina para uma entrevista coletiva na qual médicos, entidades de defesa do consumidor e representantes de outros setores da sociedade civil refutaram a possibilidade de que sejam autorizados planos de saúde que cobrem, do paciente, coparticipação ou franquias, além da mensalidade.

Estamos muito preocupados com essa caixa-preta que envolve essas modalidades e os planos ‘populares’. Essa é uma questão que merece debate nacional e fazemos questão de levar esse assunto para todos os brasileiros. Caso contrário, teremos um imbróglio que resultará em problemas seríssimos para a população”, abriu Marun David Cury, diretor de Defesa Profissional da APM.

Leia mais…

Estados brasileiros aderem vendas sem impostos

No dia 24 de maio, ocorre o 10.º Dia da Liberdade de Impostos, campanha promovida em todo o país pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL), Na data,empresários de 17 Estados brasileiros vão vender produtos sem o valor dos impostos embutidos, como forma de protesto aos altos valores tributários inseridos aos produtos

Os brasileiros trabalham quase cinco meses por ano apenas para pagar impostos – e a contrapartida em serviços públicos oferecidos ainda deixa a desejar. Para chamar a atenção sobre a alta carga tributária, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Jovem promove em todo o País, no dia 24 de maio, a 10.ª edição do Dia da Liberdade de Impostos (DLI),Durante a campanha, tradicional em várias capitais, empresários de 17 Estados vão vender produtos sem o valor do imposto embutido – os tributos serão pagos pelas lojas patrocinadoras, mas não repassados aos consumidores. Os itens vão de roupas e cosméticos (caso dos shoppings participantes) até carro zero quilômetro, passando pela gasolina, em diversos postos de combustíveis.

Confira abaixo quais são os Estados participantes do DLI 2018:

  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Mato Grosso
  • Minas Gerais
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Norte
  • Roraima
  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • São Paulo

SINEBAHIA disponibiliza novas vagas de emprego

Os candidatos interessados devem se dirigir à unidade do SineBahia Itabuna, situada na Avenida Aziz Maron, Bairro Goes Calmon, no Shopping Jequitibá, das 9h às 18h é imprescindível portar número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna (24/04)

Estão Disponíveis cerca de 29 vagas de emprego dos mais variados ramos, seguem a baixo:

MOTORISTA ÔNIBUS RODOVIÁRIO, PROMOTOR DE VENDAS (INTERNO E EXTERNO),TÉCNICO ELETRÔNICO EXTERNO,COZINHEIRO DE RESTAURANTE,TÉCNICO ELETROMECÂNICO,AUXILIAR DE LINHA PRODUÇÃO (PCD),COSTUREIRA INDUSTRIAL,VENDEDOR PRACISTA,AUXILIAR ADMINISTRATIVO (Estágio),AUXILIAR DE CARTÓRIO,AUXILIAR DE LINHA PRODUÇÃO.

Mega-Sena, concurso 2.032: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 8,5 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.032 da Mega-Sena, que ocorreu na noite desta terça-feira (17) em Governador Valadares (MG). O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 06 – 14 – 19 – 20 – 39 – 53. A quina teve 27 apostas ganhadoras; cada uma vai levar R$ 41.286,89. Outras 2.075 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 767,46. Excepcionalmente, serão apenas dois sorteios na semana –o outro será na sexta (20). Os sorteios ocorrem normalmente às quartas e sábados. A mudança se dá em razão do feriado de Tiradentes, no próximo sábado (21). No sorteio de sexta, o prêmio previsto é de R$ 8,5 milhões.

INSS convoca para perícia mais de 9 mil beneficiários de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez na Bahia

O governo federal convocou, nesta quinta-feira (12), 9.916 beneficiários de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que moram na Bahia. A lista com o nome dos convocados foi publicada no Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), pasta a qual o INSS é vinculado, em todo o país, são 152,2 mil convocados que devem procurar o INSS até 4 de maio.

Dos quase 10 mil beneficiários da bahia que foram convocados para perícia, 3.307 recebem auxílio doença e6.609 foram aposentados por invalidez. O edital de notificação faz parte do pente-fino que o governo federal realiza, desde agosto de 2016, nos benefícios pagos pelo INSS ao cidadão incapacitado de trabalhar.

O programa de revisão está na segunda etapa. O MDS planeja realizar 1,2 milhão de avaliações médicas até o fim de 2018. Também foram convocados via edital, beneficiários que receberam a carta do INSS, que comunica a necessidade da revisão médica, mas não agendaram a perícia no prazo determinado. Quem teve o nome publicado no edital deve agendar a perícia pela Central de Atendimento da Previdência Social, no telefone 135.

Governo propõe salário mínimo acima de mil reais

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará 1.000 reais. O governo propôs salário mínimo de 1.002 reais para o próximo ano, o que representa alta de 5% em relação ao atual (954 reais). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado hoje (12) pelos ministros do Planejamento, Esteves Colnago, e da Fazenda, Eduardo Guardia.

Em 2019, a fórmula atual de reajuste será aplicada pela última vez. Pela regra, o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores.

Em 2017, o reajuste do salário mínimo ficou abaixo da inflação, que ficou em 2,07% em 2017, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Se a regra tivesse sido aplicada, o salário mínimo deveria ter subido para 956 reais, e não para 954 rais. O Ministério do Planejamento informa que a diferença de 1,78 real será compensada no reajuste do salário mínimo de 2019. A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano.

Osteoporose: alimentação correta e exercícios ajudam na prevenção

A osteoporose, doença que enfraquece os ossos, deixando-os mais sensíveis e sujeitos às fraturas, devido à perda progressiva da densidade óssea, pode ser prevenida com uma dieta balanceada, rica em cálcio, magnésio, vitamina d e em proteínas, além, claro, de uma rotina de exercícios físicos.

Os hábitos e estilo de vida influenciam, e muito, na saúde da massa óssea do corpo, por isso é tão comum fraturá-los e sofrer com todo o processo de recuperação, que não é nada agradável e pode durar um longo tempo. A osteoporose aumenta a suscetibilidade de ocorrer uma fratura, podendo ser causada não só por quedas, mas também por movimentos corporais simples, como se curvar e tossir. Por conta disso, manter uma dieta balanceada e fazer exercícios, são fundamentais para prevenir o mal.

A ingestão adequada de cálcio evita a perda de massa óssea. A vitamina D faz com que o cálcio fique retido nos ossos e dá equilíbrio entre cálcio e fósforo, diminuindo o risco de fraturas. O fósforo participa da formação óssea e o magnésio transporta o cálcio e influi na qualidade do osso, para que ele seja forte“, explica o nutricionista Gabriel Pacheco, da Rede Alpha Fitness.

Uma dieta balanceada e efetiva para a prevenção da osteoporose deve conter alimentos como leite e derivados, que contêm cálcio, fósforo e proteína; peixes como sardinha e salmão, que fornecem cálcio, fósforo, magnésio, vitamina D; fígado e óleo de fígado de bacalhau, que são fontes de vitamina D; verduras de folhas verdes (brócolis, couve manteiga, repolho, mostarda, folha do nabo), ricas em cálcio e magnésio; leguminosas (feijões, ervilha, lentilha, grão de bico) por conter proteína e magnésio; entre outros.

O nutricionista indica ainda tomar sol por cerca de 15 minutos ao dia, em um horário conveniente. É importante lembrar que é preciso expor os braços e/ou as pernas para que os raios solares estimulem a fabricação de vitamina D e a sua fixação nos ossos. Outra dica que merece ser levada em consideração é a de consultar um ortopedista ou um educador físico. Esses profissionais podem aconselhar qual o tipo de exercício, frequência e intensidade em que deverá ser feito para estimular a formação de massa óssea.

Governo convoca 94 mil segurados do INSS para revisão do benefício

O governo federal convocou 94 mil pessoas que recebem auxílio-doença ou se aposentaram por invalidez para perícia. O objetivo é fazer uma avaliação com vistas a verificar se estas pessoas ainda fazem jus ao benefício. A lista foi publicada no Diário Oficial de sexta-feira (23).

Os beneficiários selecionados foram identificados com algum problema no endereço ou não agendaram a perícia no prazo estabelecido. As pessoas na lista têm até 20 dias para agendar a perícia do processo de revisão. A marcação deve ser feita por meio do telefone 135. O prazo final é 13 de abril.

Quem não atender à convocação do governo federal terá o benefício suspenso. Neste caso, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, é obrigatório realizar a regularização da situação para voltar a receber os repasses. Caso a pessoa não faça isso em até 60 dias, o benefício será cancelado.

Gilmar Mendes nega Habeas Corpus coletivo contra prisão em 2ª instância

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou ontem (19) à noite um habeas corpus coletivo que havia sido impetrado por um grupo de advogados com o objetivo de libertar todas as pessoas presas após condenação em segunda instância da Justiça e também impedir novas prisões nesses casos.

Ministro do STF – Gilmar Mendes.

Para basear o pedido, os impetrantes citaram julgamento recente da Segunda Turma do STF, que aceitou e julgou procedente, no mês passado, um habeas corpus coletivo para libertar todas as grávidas e mães com filhos pequenos.

Apesar de defender publicamente a revisão do entendimento atual do STF, que permite a prisão imediata de pessoas condenadas em segunda instância, Mendes não aceitou o argumento dos advogados e considerou que a medida não poderia ser coletiva. “A pretensão de concessão de ordem genérica, tal como requerida pelos impetrantes, não é, nem nunca foi, compatível com a orientação deste Tribunal”, escreveu.

Leia mais…

Governo autoriza reajuste médio de 2,43% para medicamentos

Os medicamentos devem ficar em média 2,43% mais caros este mês, de acordo com a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). O reajuste aplicado é de 2,09% a 2,84%, o que está abaixo da inflação fechada de 2017, de 2,95%. O aumento começa a valer no dia 31 deste mês. O anuncio ainda não foi publicado no Diário Oficial da União, o que deve acontecer nos próximos dias.

Conforme ressalta, em nota, o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), pelo segundo ano consecutivo, o reajuste dos medicamentos ficou menor. De 2013 a 2017, cita, a taxa acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 36,48% ante 32,51% dos reajustes médios autorizados pelo governo para remédios.

A indústria farmacêutica tem conseguido segurar seus preços, apesar do expressivo aumento dos custos de produção nos últimos anos”, afirma Nelson Mussolini, presidente-executivo do Sindusfarma. No ano passado, o aumento anual autorizado fora de 4,76%, contra um IPCA de 6,29% em 2016, o que já não agradara ao setor.

Leia mais…