Espírito Santo chega ao 6º dia sem PMs nas ruas; 101 mortes até o momento

O Espírito Santo chega nesta quinta-feira (9) ao sexto dia sem policiais militares nas ruas. Ônibus vão voltar gradativamente a circular na Grande Vitória, mas apenas poucos coletivos foram vistos nas ruas. Algumas lojas devem abrir, mas escolas e faculdades continuam fechadas. O patrulhamento tem sido feito por 1,2 mil homens Forças Armadas e pela Força Nacional, e o efetivo deve chegar a quase 1,9 mil nesta quinta.

Cento e uma pessoas morreram de forma violenta no estado desde sábado (4), quando começou o protesto de familiares de PMs que impedem a saída dos policiais dos batalhões. Os números são do sindicato da Polícia Civil. O governo não tem divulgado balanços.

GREVE

Os familiares pedem reajuste salarial para os PMs, que é proibida de fazer greve. O governo diz não ser possível atender o pedido e acusa algumas lideranças movimento de fazer chantagem.

Uma reunião na quarta-feira (8) entre os manifestantes e o governo do estado terminou sem acordo. Um novo encontro está marcado para as 14h desta quinta, com a contraproposta do governo.

REFORÇO

O governo federal anunciou ontem o envio de mais 550 homens das Forças Armadas e 110 da Força Nacional, composta de militares de outros estados. Eles vão se juntar aos mil militares do Exército e 200 da Força Nacional que atuam no Espírito Santo desde o início desta semana. Duzentos homens da Aeronáutica que fazem parte do reforço chegaram na noite de quarta a Vitória.

Sem policiamento no ES, prejuízo no comércio passa de R$ 4,5 milhões

O clima de caos pelas ruas do Espírito Santo e o sentimento de impotência da população também eram claramente percebidos pela devastação que criminosos fizeram nos comércios do estado. Centenas de lojas foram arrombadas, depredadas e saqueadas, algumas à luz do dia, deixando empresários e trabalhadores assustados com a violência.

Loja Ricardo Eletro, em Goiabeiras, é saqueada na capital (Foto: Fernando Madeira/ A Gazeta)
Loja Ricardo Eletro, em Goiabeiras, é saqueada na capital (Foto: Fernando Madeira/ A Gazeta)

Segundo o presidente da Federação do Comércio do Espírito Santo (Fecomércio), José Lino Sepulcri, o prejuízo estimado pela entidade ultrapassa R$ 4,5 milhões na Grande Vitória. Desse valor, cerca de R$ 500 mil são referentes aos estragos nas instalações e aos saques de mercadorias, e os outros R$ 4 milhões dizem respeito à perda de faturamento bruto das empresas.

O que está acontecendo é um desastre. Mais de 120 lojas tiveram prejuízos. Estamos nos deparando com essa situação de quebra-quebra e roubos que, infelizmente, caíram no colo dos comerciantes”, disse.

Cláudio Sipolatti, presidente do Sindilojistas e da CDL Vitória, afirma que muitos comerciantes já falam em abandonar o ramo.

Confira vídeo exclusivo da chacina em Porto Seguro que deixou 8 mortos e um ferido

Uma chacina foi registrada às 22 horas deste domingo (5), no bairro Porto Alegre I, na cidade de Porto Seguro. As informações confirmadas até agora pela polícia dão conta que oito pessoas morreram e várias pessoas ficaram feridas. Léo Gordo e outro itabunense, ainda não identificado e um itajuipense estão entre os mortos. Quase 10 homens armados, segundo populares, invadiram uma casa onde acontecia uma festa e começaram a disparar.

Os relatos dão conta que a quadrilha usava armas pesadas, como fuzil e metralhadora, além de pistola. O grupo teria chegado em uma caminhonete modelo Ranger, cor vermelha. Os policiais que estiveram no local dizem que encontraram três corpos do lado de fora do imóvel e cinco na parte interna. O sobrevivente, que também estava dentro da residência, foi encaminhado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães.

Em um áudio que circula nas redes sociais, uma mulher começa a relatar o ataque, quando interrompe a gravação repentinamente ao ouvir uma rajada de tiros. Na cena do crime, havia cápsulas de fuzil calibre 556. Os nomes dos mortos ainda não foram divulgados, mas, entre eles, estariam dois filhos de um policial civil e um filho de um policial militar. ATUALIZADA: duas vítimas da chacina de Porto Seguro, já foram identificadas: Victor Bispo e Caio Lancaster.

ADASB repudia aumento abusivo no valor da GTA

A Associação dos Agropecuaristas do Sul da Bahia (ADASB) vem a público externar sua insatisfação com o aumento abusivo cobrado para emissão da Guia de Transporte Animal (GTA). Trata-se de um documento oficial para fiscalização de trânsito animal, que é emitido pela ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia), e que contém informações sobre o destino e as condições sanitárias, bem como a finalidade do transporte animal.elder-fontes-e-edimar-margotto-jr-lancaram-o-alerta

O presidente da ADASB, Elder Fontes, ressalta que neste recente aumento houve uma desproporcionalidade. “Está claro que é abusivo. A prova disso é que antes a taxa da GTA era de R$ 2,20, sendo agora majorado para R$ 4,00”.

O vice-presidente da ADASB, Edimar Margotto Jr, finaliza lembrando que o reajuste deve ser equivalente à inflação do ano, mas, neste caso, não está sendo aplicado o reajuste de forma razoável e proporcional, em especial diante da significativa perda de receita do produtor em virtude de reiterados períodos de estiagem.

Área de anexos

Vídeo mostra homem atirando contra pai e filho durante casamento em igreja

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento exato em que um homem armado entra em uma igreja Católica e atira diversas vezes contra duas testemunhas de um casamento. O fato aconteceu no último sábado (28), na cidade de Limoeiro de Anadia.

As imagens mostram que o homem, que veste uma camisa polo, entra pelo corredor da igreja, atrás de um casal de testemunhas, faz uma pergunta e, logo em seguida, efetua os disparos contra as vítimas. De acordo a Polícia Militar, os feridos foram identificados como Cícero Barbosa da Silva, de 62 anos, e Edmilson Bezerra da Silva, de 37 anos, pai e filho, respectivamente.

Após os disparos, o homem guarda a arma e sai tranquilamente da igreja, pela porta da frente. Populares levaram pai e filho até a Unidade de Emergência do Agreste (UE). A unidade hospitalar não divulgou o quadro de saúde deles.

Marido mata esposa e enterra corpo no quintal em Ilhéus

Um homem de 46 anos foi preso na manhã deste sábado (28) suspeito de matar a mulher a facadas e depois enterrar o corpo dela no quintal da casa onde moravam, no município de Ilhéus. De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito ainda jogou concreto sobre a cova onde estava a vítima. Segundo a PM, o crime foi descoberto depois que vizinhos do casal viram o homem cavar o buraco e acionaram a polícia.

Agentes da 68ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) estiveram no imóvel e o suspeito alegou que havia jogado concreto no quintal porque iria construir um banheiro, mas depois entrou em contradição e confessou o crime. Segundo a polícia, ele não explicou a motivação do assassinato.

Conforme a PM, os vizinhos que denunciaram o suspeito contaram que ele e a mulher costumavam discutir muito, e que ele batia nela durante as brigas. O homem foi conduzido para a 7ª Coordenação de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Ilhéus), onde está à disposição da Justiça. O corpo da vítima foi removido da cova e levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, onde será periciado.

Motorista é preso por dirigir bêbado e causar morte em acidente

Um motorista foi preso um dia após se envolver em um acidente que deixou uma pessoa morta e outra ferida Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. De acordo com a Polícia, o condutor, que foi detido nesta quinta-feira (26), apresentava sinais de embriaguez quando ocorreu o acidente.

Foto: Joelson Angelo/Obaianao.com.br

Segundo o site Radar 64, as vítimas, um homem, identificado como Marcelo Rodrigues Souza, de 31 anos, e a mulher dele, identificada como Patrícia, estavam em uma motocicleta. Cleidson Bispo Sena, que dirigia o carro, entrou na contramão, atingido a moto. Ainda segundo a Polícia, a mulher ferida foi encaminhada para o Hospital Luís Eduardo Magalhães.

Não há mais informações sobre o estado de saúde dela. Cleidson foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e pode pegar até quatro anos de detenção.

Ex-prefeito de Pau Brasil é executado com tiros a queima roupa em Camacan

Marcos Rocha, empresário e ex-prefeito de Pau Brasil, foi assassinado a tiros, na manhã desta terça (24), em Camacan. Populares ainda levaram Rocha para a Fundação Hospitalar de Camacan, mas ele já estava sem vida. O ex-prefeito de Pau Brasil foi morto com três tiros na cabeça.

O corpo do empresário deverá ser encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, segundo o Políticos do Sul da Bahia. Rocha é irmão do ex-prefeito de Pau Brasil, Dr. Alberto (PDT), que governou o município no período 2013-2016.

O político e empresário foi acusado de ser um dos mandantes do assassinato do vereador Valderlins Pinheiro Matos, “Pinho”, em 1º de fevereiro de 2012. Linho presidia a Câmara à época (relembre aqui).

Marcos chegou a ser preso, cinco meses depois, pela morte do vereador. Morto nesta terça, o empresário assumiu a gestão em Pau Brasil em 1992, quando o prefeito Acácio Cardoso foi assassinado a tiros. A polícia suspeitou da participação do então vice no crime.

Suposto “pastor” é preso após sequestrar e estuprar menina de 12 anos em Camaçari

Uma menina de 12 anos foi resgatada nesta sexta-feira (20), na Fazenda Leoni, zona rural do município de Nazaré das Farinhas. Ela tinha sido sequestrada no dia 7 de dezembro do ano passado, na região de Vila de Abrantes, em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS). A vítima foi liberta pela equipe do Serviço de Investigação da 26ª Delegacia Territorial (DT), sob a coordenação da delegada titular Danielle Monteiro.

Isaias Arcanjo dos Santos, 29 anos, foi preso em flagrante e se identificou como pastor evangélico. De acordo com a delegada, Isaias mantinha relações sexuais com a criança e teria levado a vítima após ganhar a confiança dos pais, que procuraram o conselho tutelar e a 26ª DT. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes sequestro triplamente qualificado e estupro de vulnerável. A criança foi devolvida a família.

Falta de transporte prejudica alunos da UESC

A maioria dos membros do conselho universitário decidiu manter o calendário acadêmico da UESC sem interrupção em janeiro de 2017. A decisão, no entanto, tem dado dor de cabeça aos estudantes que moram em cidades afastadas do campus e dependem de transporte cedido pelos municípios. É o caso dos discentes de Arataca, Ipiaú, Itororó e outros.

Segundo o estudante Davidson Luís Brito, liderança do movimento estudantil na UESC, a aprovação das aulas em janeiro foi um sonoro “não ao acesso de muitos estudantes”.

Davidson fez um levantamento apresentado durante a reunião do conselho. Segundo ele, a lista de cidades com estudantes sem transporte inclui também: Buerarema, Gandu, Itacaré, Floresta Azul, Itapé, Itagibá e Uruçuca. Em outros municípios, como Canavieiras, cada estudante tem desembolsado entre R$ 25 e R$ 33 por dia para ir às aulas na UESC.

A reavaliação do calendário foi necessária devido ao movimento de ocupação contra o congelamento de investimentos públicos na educação e outras áreas. A iniciativa estudantil se espalhou por instituições de ensino de quase todo o país, mas nem abalou a base do governo Temer no Congresso Nacional.

A falta de ônibus se deve em parte ao processo de transição de governo nas prefeituras e ao recesso letivo das faculdades particulares, que atraem estudantes de toda a região para Ilhéus e Itabuna. Também há quem aponte pouco interesse entre alguns dos novos gestores municipais para resolver o problema.

Fernando Gomes corta vale-transporte intermunicipal, denuncia SINDSERV

Wilmaci, presidente do Sindserv. Imagem: Arquivo/Sindserv.
Wilmaci, presidente do Sindserv. Imagem: Arquivo/Sindserv.

Em nota divulgada no último sábado (7), o Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna (Sindserv) afirmou que o prefeito Fernando Gomes (DEM) cancelou o decreto (10.427/2013) que instituiu e regulamentou o vale-transporte intermunicipal dos servidores da Prefeitura de Itabuna. O mandatário oficializou a medida por meio de outro decreto (12.072/2017).

Segundo sindicato, o auxílio está previsto “na Lei nº 7.418, de 16 de dezembro de 1985, que em seu Art. 1º diz: “Fica instituído o vale-transporte, que o empregador, pessoa física ou jurídica, antecipará ao empregado para utilização efetiva em despesas de deslocamento residência-trabalho e vice-versa, através do sistema de transporte coletivo público, urbano ou intermunicipal e/ou interestadual com características semelhantes aos urbanos, geridos diretamente ou mediante concessão ou permissão de linhas regulares e com tarifas fixadas pela autoridade competente, excluídos os serviços seletivos e os especiais”.

Por fim, o Sindserv informa que tentará resolver a questão por meio do diálogo. “Caso a administração municipal mantenha uma posição intransigente”, alerta o sindicato, “será convocada uma assembleia da categoria para definir ações políticas a serem adotadas, além de tomar todas as medidas judiciais cabíveis para que o direito dos servidores seja garantido”.

O documento é assinado por Wilmaci Oliveira, presidente do Sindserv.

OAB convoca reunião extraordinária para discutir NEPOTISMO em Itabuna

Fernando torna-se alvo da OAB por causa de nepotismo.

A subseção da OAB de Itabuna convocou reunião extraordinária para analisar os casos de nepotismo na gestão do prefeito Fernando Gomes. A reunião foi convocada pelo presidente, Ednilton Carneiro,para a próxima segunda-feira (9), às 17 horas, na sede da entidade, na Rua Ruffo Galvão, centro. Como informou o PIMENTA mais cedo, um terço das secretarias de Itabuna é ocupada por parentes de Fernando. Sandra Neilma, esposa, ocupa a Assistência Social; o filho Sérgio Gomes é secretário de Transportes e Trânsito; e Dinailson Oliveira, sobrinho, comanda a Administração.

Edmilton Carneiro, presidente da OAB de Itabuna.
Edmilton Carneiro, presidente da OAB de Itabuna.

Morre no Hospital de Base homossexual que teve corpo queimado em Itabuna

Faleceu nesta manhã (5) no hospital de Base, Fernando Almeida Oliveira, de 51 anos , morador do Gogó da Ema, que teve o corpo ateado fogo na tarde de ontem, nas proximidades da Vila Olímpica, Avenida Manoel Chaves, bairro São Caetano, em Itabuna. De acordo com informações, a vítima era homossexual. Até o momento não há informações se o crime foi motivado pela opção sexual do rapaz. Os criminosos não foram identificados.

Atualizada

De acordo com informações preliminares da investigação da Polícia civil, Fernando não foi vítima de homofobia. O crime pode estar relacionado a um desentendimento porque a vítima pegou uma bicicleta emprestada e demorou para devolver ao dono. Segundo relatos de testemunhas, o autor do crime é de estatura mediana. Ele teria jogado gasolina no corpo da vítima e sem seguida ateado fogo. Fernando chegou a ser socorrido para o Hospital de Base por volta das 17h, falecendo nesta manhã.

Cliente encontra larva de mosquito em pão do Supermercado Meira

Um internauta encaminhou e-mail a redação do site Fábio Roberto Noticias denunciando insatisfação com a rede de supermercados Meira, onde o mesmo encontrou uma larva de mosquito em um pão doce. Denuncias de irregularidades nessa mesma empresa estão sendo constantes por parte dos consumidores.

Segundo o cliente, o fato aconteceu nesta quarta-feira, 28, por volta das 3:40hs, na unidade do Meira do Terminal Urbano. Comforme o denunciante, ao chegar em sua residência e conferir o produto, constatou uma larva de mosquito bem visível na massa do pão.

Indignado com a situação, o homem fez um alerta a todos para prestarem mais atenção na hora de fazerem suas compras no Meira e, principalmente uma reivindicação cobrando mais rigor da vigilância sanitária e as autoridades que ainda não fizeram uma fiscalização mais enérgica no referido estabelecimento.

Sem 13º salário, funcionários da Dom Parking ameaçam parar

Os monitores da Zona Azul, em Itabuna, ameaçam parar em protesto contra o atraso no pagamento do décimo terceiro salário, amanhã (28) à tarde. O serviço municipal de estacionamento rotativo é administrado pela empresa Dom Parking, de Santa Catarina.

De acordo com funcionários, a empresa está atrasando salários há, pelo menos, três meses e, agora, também não pagou o décimo terceiro a boa parte da equipe. Os atingidos são monitores e pessoal da área administrativa, que envolve desde fiscal e supervisores a coordenadores.

1937877_1520495001505804_565180335_n

“De três meses pra cá, eles escolhem a quem pagar primeiro. Nós ainda não recebemos o décimo terceiro salário”, disse ao PIMENTA um dos funcionários. Os atrasos, observa, coincidem com o período em que a empresa entrou na disputa pelo sistema de Zona Azul em Castanhal (PA).

Segundo um dos funcionários, que também teme ser identificado, a empresa tem recorrido à crise nacional para justificar o atraso. “Vendemos bem em dezembro, mas o salário e o décimo atrasaram”, diz uma das vítimas.

OUTRO LADO

A direção da Dom Parking em Itabuna disse desconhecer o protesto de amanhã, mas afirmou a este blog que aguardaria posicionamento da matriz da empresa quanto ao décimo terceiro salário.