Carlistas dizem já ter palanque montado para ACM Neto 90% dos municípios

Articuladores da oposição já concluíram acordos que garantiram ao prefeito ACM Neto (DEM) alianças com caciques políticos em mais de 90% dos 417 municípios do interior baiano. A conta inclui tanto atuais prefeitos quanto candidatos derrotados na disputa de 2016, mas que possuem musculatura eleitoral em seus redutos e controlam parte das lideranças de base.

Na conta dos oposicionistas, há palanques montados em aproximadamente 380 cidades, incluindo todos os maiores colégios eleitorais. Restam ainda finalizar as negociações em cerca de 40, quase todas pequenas localidades. De acordo com um dos principais estrategistas do arco democrata, a quantidade de acordos fechados mostra um salto na quantidade de apoios reunidos em comparação com 2014, quando o ex-governador Paulo Souto, candidato do DEM ao Palácio de Ondina, concorreu com número bem menor de adesões.

Ponta do lápisO cenário é diferente hoje. Pelos nossos cálculos, estamos no poder em 40% das cidades, que somam 60% dos eleitores, proporção inversa ao do governador Rui Costa (PT)”, afirmou uma fonte que cuida da montagem de palanques no interior.

Troca de bandeira

Garantida no primeiro escalão do Palácio de Ondina, a ex-prefeita de Barreiras Jusmari Oliveira vai deixar o PSD e acertou em definitivo a ida para o PSB, em um acordo costurado entre o ex-governador Jaques Wagner (PT) e os dois maiores líderes do partido socialista na Bahia – a senadora Lídice da Mata e o deputado federal Bebeto Galvão. As negociações que levaram Jusmari, futura secretária estadual de Ciência e Tecnologia, a trocar de legenda e assumir um cargo no governo Rui Costa foram antecipadas pela coluna nas edições de ontem e domingo.

Blindagem de presente

No último dia 31 de maio, a ex-prefeita foi condenada a três anos de prisão por fraude em licitação para compra de remédios, materiais hospitalares e produtos odontológicos, teve a prisão comutada por serviço comunitário, foi proibida de ocupar cargo público e foi multada em R$ 8,3 milhões, mas recorreu ao Tribunal de Justiça (TJ), onde podia ser condenada em segunda instância e perder os direitos políticos pela Lei da Ficha Limpa. Agora, com a nomeação, ganha foro privilegiado perante o Pleno do TJ e só pode ser processada com pedido da procuradora-geral de Justiça, Ediene Lousado, chefe do Ministério Público do Estado.

Novos ares

O deputado estadual Zé Neto (PT) está decidido a trocar a Bahia por Brasília nas próximas eleições. Fontes ligadas ao petista garantem que ele prepara a candidatura a federal em 2018, aproveitando o vácuo de concorrentes em sua base, Feira de Santana. Fernando Torres (PSD) e Irmão Lázaro (PSC) afirmaram que não querem mais a Câmara e sim a Assembleia. O vice da cidade, Colbert Martins (PMDB), nome bem votado em Feira, vai assumir o lugar do prefeito José Ronaldo (DEM), virtual candidato ao Senado.

Uma lacuna

Há duas semanas, uma fatalidade deixou o campo mais aberto para quem quer concorrer a deputado federal por Feira: a morte de Ronny Mirand

Os comentários estão fechados.