Cai em 23% o número de acidentes no feriado da Semana Santa nas rodovias federais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerra a Operação Semana Santa com redução no número de acidentes nas rodovias federais. Números preliminares mostram que durante os quatro dias de operação o órgão registrou 854 acidentes que resultaram em 905 feridos. As ações de fiscalização e educação para o trânsito contaram com reforço do efetivo em pontos com maiores índices de acidentes.

As ações de fiscalização focaram nas condutas associadas com o maior número de acidentes como ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, alcoolemia ao volante e falta de equipamentos de segurança.

Ao todo, 113.196 pessoas e 108.602 veículos foram fiscalizados pela PRF durante os quatro dias de operação. As fiscalizações resultaram em 35.338 autuações. Ultrapassagem irregular e excesso de velocidade foram, assim como nos últimos feriados, as condutas mais registradas pela PRF. Foram 5.198 ultrapassagens indevidas e 59.673 imagens capturadas pelos radares fotográficos por excesso de velocidade. Essas são as condutas mais lesivas quando resultam em acidentes. Também foram autuados 760 condutores por alcoolemia e 460 por falta do uso de cadeirinha.

Redução de acidentes – Mesmo com as ações educativas e fiscalizações em pontos estratégicos, o órgão contabilizou 854 acidentes, uma redução de 23% em comparação a Operação de 2017, quando foram registrados 1.115. A queda no número de acidentes refletiu positivamente na redução do total de vítimas. Foram registradas 905 pessoas feridas, contra 1.155 no último ano. Isso representa uma decréscimo de 22%. Neste ano os acidentes foram responsáveis por 70 vítimas fatais – redução de 16% em relação ao mesmo feriado do ano passado, quando foram registrados 83 óbitos.

Os comentários estão fechados.