Bancários rejeitam contraproposta dos bancos e marcam passeata em Salvador

Em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (7) os bancários rejeitaram a contraproposta dos bancos feita na última sexta-feira (4) e a greve, iniciada no dia 19 do mês passado, continua. Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Euclides Fagundes, a categoria vai fazer uma passeata pelo Centro de Salvador às 16h30 desta quarta-feira (9). Também está marcada uma assembleia, às 18h30, na próxima quinta-feira (10).

Os bancários estão de greve desde o último dia 19 (Foto: Divulgação)
Os bancários estão de greve desde o último dia 19 (Foto: Divulgação)

Na nova proposta, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) elevou de 6,1% para 7,1% (aumento real de 0,97%) o índice de reajuste sobre os salários e para 7,5% sobre o piso salarial (ganho real de 1,34%), além de propor alta de 10% na parcela fixa da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), cuja fórmula de cálculo será mantida, conforme informou a Agência Brasil.

Entre os itens da pauta de reivindicações dos trabalhadores, estão o reajuste salarial de 11,93%, PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários) para todos os bancários, piso salarial de R$ 2.860,21, calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos (Dieese), fim das metas e do assédio moral, além de mais contratações.

Matéria original iBahia

Os comentários estão fechados.