Augusto Castro alerta que atraso nas indenizações da barragem em Itapé pode gerar desempregos

O deputado Augusto Castro (PSDB), em discurso hoje (12) na Assembleia Legislativa da Bahia, cobrou do Governo do Estado providências para o pagamento das indenizações dos produtores rurais da região de Itapé que tiveram suas terras desapropriadas para a construção da Barragem do Rio Colônia. Até o momento o máximo pago foi de 10% do valor da desapropriação. “Sem terras e sem recursos para investir em nova área os produtores enfrentam dificuldades que repercutem em toda a região, a exemplo do desemprego”, alertou o parlamentar. Em sua opinião, se os recursos das indenizações já estavam previstos no PAC, é fundamental que sejam efetivadas para garantir a manutenção e a abertura de novos empregos.

Em seu pronunciamento, o deputado também destacou a importância dessa barragem para que seja garantida a estabilidade do abastecimento de água em Itabuna, permitindo, inclusive, a instalação de novas indústrias que tenham como critério a regularidade do fornecimento de água na região.

Os comentários estão fechados.