Após 130 mortes em apenas um mês, deputado cobra visita da Comissão de Saúde da AL-BA ao Hospital de Base de Itabuna

O deputado estadual José de Arimateia (PRB), membro da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia, voltou a cobrar uma providência em relação às mortes no Hospital de Base de Itabuna, que segundo ele aumentaram de forma considerável. O parlamentar cobrou uma visita do colegiado ao local e justificou: “já morreram, só no mês de julho, 130 pessoas. Fiz requerimento há uns 20 dias para que a comissão de Saúde da Assembleia fosse visitar pra ver de perto a real situação, mas não tive nenhum retorno. Hoje falei com o deputado Alan Castro, mas não tivemos êxito na votação do requerimento, do ofício pedindo a votação”.

Quando questionado se essas mortes poderiam ser decorrentes de pessoas de outros municípios da região que são encaminhadas para a referida unidade de saúde, Arimateira explicou: “olha, mesmo com essas informações nossa obrigação é ir lá pra saber de perto do que essas pessoas estão morrendo. O Hospital deu atestado de óbito, mas essas pessoas morreram como? O hospital tem que explicar, mostrar. Foram 130 mortes em julho, o habitual era 25, 27”.

O deputado também falou sobre a falta de repasses das outras prefeituras para a de Itabuna, que recebe pacientes de diversos municípios: “devido ao fato de a cidade atender 167 municípios que são pactuados, os deputados acharam melhor ouvir os prefeitos, porque muitos não estão tendo condições de pagar. Apesar de que os prefeitos recebem do Ministério da Saúde os valores que deviam repassar para a prefeitura de Itabuna, mas isso não está acontecendo. A inadimplência dos prefeitos é um ponto, o sucateamento é outro ponto, e as mortes são outro ponto. Morreram porque não tiveram assistência ou já chegaram mortas? Essa visita será boa pra esclarecer tudo isso”.

Deixar uma Resposta