Além da PM, professores estaduais e agentes da Polícia Civil anunciam paralisação

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa

Os professores da rede estadual de ensino da Bahia  e Policiais Civis do estado, anunciaram paralisação de 24 horas nesta quarta-feira (16).

De acordo com informações da APLB-Sindicato, os professores irão participar de assembleia conjunta dos servidores públicos, que será realizada às 9h desta quarta, no ginásio de esporte dos Bancários, na Ladeira dos Aflitos, centro de Salvador. A assembleia é promovida pela Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab).

Os policiais civis da Bahia informaram também que irão paralisar as atividades a partir das 8h desta quarta-feira e só retomarão os serviços no mesmo horário do dia seguinte. Durante o período, segundo o sindicato da categoria, será mantido 30% do efetivo trabalhando no atendimento para prisão em flagrante, levantamento cadavérico, crimes contra a criança e contra a vida.

Os servidores afirmam que não aprovam o Projeto de Lei que define o reajuste dos funcionários do Estado parcelado em duas vezes e decidiram intensificar a mobilização.

Por meio da assessoria de imprensa, a Polícia Civil da Bahia informou que quem precisar ter acesso aos serviços prestados por investigadores e escrivães da Polícia Civil, nesta quarta-feira, deverá procurar os delegados titulares das Delegacias Territoriais e Especializadas, que estarão abertas, atendendo ao público.

Os comentários estão fechados.