Agentes de Transito da Transalvador são afastados

No dia 25 deste mês ao inicio de um jogo entre Vitoria contra o Corinthians, a noite no estádio Barradão. Agentes de Transito barraram fotografo e motorista do jornal Correio que estavam autorizados a realizar a cobertura do jogo, alêm de terem sido agredidos e um dos ter o equipamento quebrado pelos agentes. O repórter Beto Júnior precisou levar pontos na cabeça por ter sofrido um corte profundo após ser socorrido e liberado ali mesmo, Beto Júnior prestou queixa.

Foto: Simõesfilho

Segundo o jornal Correio, a equipe foi barrada no local pelo fato de que o carro não apresentava identificação da empresa. Os funcionários apresentaram os crachás e a autorização para fazer a cobertura do jogo, que foi negada pelo agente de trânsito.

Em uma nota a imprensa a Transalvador informou que “já tem conhecimento da suposta agressão entre um agente do órgão e um fotógrafo de um jornal da cidade, pouco antes do início do jogo no Estádio Manoel Barradas, e já está buscando informações sobre o ocorrido. A Transalvador reitera que não corrobora com nenhum tipo de violência, e o fato será apurado para que sejam tomadas as medidas cabíveis”. O orgão em questão efetivou o afastamento dos funcionários dia 26.

O sindicado dos jornalistas solidarizado com o ocorrido com  o repórter e o motorista, emitiu uma nota pedindo transparência na divulgação da apuração da Transalvador sobre o ocorrido.

Os comentários estão fechados.