Funcionários da Trifil faltam o trabalho para ir a sepultamento

Corpo de Joadyson chega ao cemitério Campo Santo sob aplausos / Foto: Edinaldo Pinto

Nesta tarde de quinta-feira (19) o corpo do jovem Joadyson Bispo de Oliveira, 19 anos, morto em acidente sofrido na fábrica têxtil da Trifil, em Itabuna, estava sendo velado no bairro Fonseca, e após algumas horas o corpo foi levado até o Cemitério Campo Santo para ser sepultado.

Além do sepultamento, funcionários da fábrica e membros da Central de Trabalhadores do Brasil (CTB) estão neste exato momento fazendo um protesto pelas ruas da cidade em direção ao cemitério.

O grupo de manifestantes já desceu a avenida J. S. Pinheiro e está se dirigindo ao centro de Itabuna. Os trabalhadores estão reivindicando melhorias no trabalho e acusam empresas de trabalho escravo. Ao final do caminho, os funcionários irão se despedir do ex-funcionário no cemitério Campo Santo. A morte de Joadyson foi o estopim para tentarem chamar a atenção de empresários e governo do município. 

Os comentários estão fechados.